Pandemia da Vacina: Excesso de Mortes Relacionado a Vacina Covid-19, Revela Estudo

O estudo analisou dados de 47 países ocidentais e encontrou mais de 3 milhões de mortes em excesso desde 2020, revela o jornal The Telegraph.


Pandemia da Vacina: Excesso de Mortes Relacionado a Vacina Covid-19, Revela Estudo

Pesquisadores da Vrije Universiteit, em Amsterdã, revelaram que as vacinas contra a COVID-19 podem ter contribuído para o aumento das mortes em excesso observadas desde o início da pandemia. O estudo, que analisou dados de 47 países ocidentais, encontrou mais de 3 milhões de mortes em excesso desde 2020, conforme noticiado pelo jornal britânico The Telegraph em 4 de junho de 2024.

Os pesquisadores destacaram que os números "sem precedentes" levantam "sérias preocupações". Eles apelam aos governos para que conduzam uma investigação completa das causas subjacentes, incluindo possíveis danos das vacinas. 

Publicado no respeitado periódico BMJ Public Health, o artigo alerta sobre a necessidade de investigar os efeitos adversos das vacinas contra a covid-19: "Embora as vacinas contra a covid-19 tenham sido fornecidas para proteger os civis do sofrimento e da mortalidade pelo vírus, eventos adversos suspeitos também foram documentados", escreveram.

O estudo revelou que, na Europa, EUA e Austrália, houve mais de 1 milhão de mortes em excesso em 2020, durante o auge da pandemia. Em 2021, esse número aumentou para 1,2 milhão, e em 2022, para 800 mil. Esses números incluem mortes por covid-19 e “efeitos indiretos das estratégias de saúde para conter a disseminação e a infecção do vírus”.

Os autores do estudo enfatizam que tanto profissionais médicos quanto cidadãos relataram lesões graves e mortes após a vacinação em vários bancos de dados oficiais no mundo ocidental. "Durante a pandemia, os políticos e a mídia enfatizaram diariamente que cada morte por covid-19 importava e que cada vida merecia proteção por meio de medidas de contenção e vacinas contra a covid-19. No pós-pandemia, o mesmo moral deve se aplicar", afirmaram no artigo.

Efeitos Colaterais das Vacinas


Os cientistas destacaram que os efeitos colaterais relacionados à vacina contra a covid-19 incluíam acidente vascular cerebral isquêmico, síndrome coronariana aguda e hemorragia cerebral, entre outros. Pesquisadores alemães observaram que o início da mortalidade em excesso em 2021 coincidiu com a introdução das vacinas, o que requer uma investigação mais aprofundada pelos governos.

Contudo, dados recentes sobre efeitos colaterais não foram disponibilizados ao público, e os países mantêm seus próprios bancos de dados individuais de danos, que dependem do relato do público e de médicos.

Impacto dos Lockdowns e Medidas de Contenção


Gordon Wishart, diretor médico da Check4Cancer e professor visitante de cirurgia oncológica na Anglia Ruskin University, alertou que atrasos no diagnóstico de câncer levariam a mortes. “Foi previsto no início do período de lockdown que o acesso limitado aos cuidados de saúde para condições não relacionadas à covid levaria a atrasos no diagnóstico e no tratamento de condições críticas, como câncer, doenças cardíacas, diabetes e demência, resultando em mortes em excesso dessas condições”, disse ao The Telegraph.

Dados do serviço de saúde da Inglaterra (NHS) mostram que a incidência de câncer por 100 mil pessoas caiu de 521 no ano pré-lockdown para 456 em 2020-2021, sugerindo que cerca de 45 mil casos de câncer foram perdidos no primeiro ano da pandemia. A taxa de incidência subiu para 540 por 100 mil no ano seguinte, indicando diagnósticos tardios, quando o tratamento seria menos eficaz.

Conclusões e Futuras Investigações


Wishart acrescentou que “os autores estão corretos ao revelar que muitos eventos adversos graves relacionados às vacinas podem não ter sido relatados, e apontam que o início simultâneo da mortalidade em excesso e a vacinação contra a covid-19 na Alemanha merece mais investigação por si só”.

Ele concluiu que “o artigo levanta mais perguntas do que respostas”, mas “é difícil discordar da conclusão de que uma análise mais aprofundada é necessária para entender as causas subjacentes da mortalidade em excesso e melhor se preparar para o gerenciamento futuro de crises pandêmicas”.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.