Óleo de coco virgem acelera recuperação de pacientes COVID em apenas 11 dias, estudo

O óleo de coco como óleo medicinal foi reconhecido na medicina ayurvédica há quase 4000 anos.


Óleo de coco virgem acelera recuperação de pacientes COVID em apenas 11 dias, estudo

Um recente ensaio clínico randomizado e controlado, publicado no Journal of Nutritional Science, apresenta evidências convincentes de que o 
óleo de coco virgem ou mais conhecido popularmente de óleo de coco extra virgem, pode acelerar a recuperação de pacientes com COVID-19. 

óleo de coco tem uma longa história de combate eficaz as infecções virais, bacteriana, embora uma vacina nunca tenha sido desenvolvida para o HIV, estudos sobre o óleo de coco o encontraram eficaz para o HIV / AIDS há mais de 20 anos.

O óleo de coco como óleo medicinal foi reconhecido na medicina ayurvédica há quase 4000 anos. Há estudos relatados na literatura cientifica que mostra benefícios antivirais, antibacterianos e antifúngicos do óleo de coco. Além disso, possui ação antimicrobiana, anti-inflamatória e ativação do sistema imune.

Estudo mostra o poder do óleo de coco contra COVID


estudo, envolveu 76 pacientes confirmados com COVID-19, exibindo sintomas leves a moderados. Os pacientes receberam doses de óleo de coco virgem após as refeições, resultando em uma recuperação completa até o 14º dia, com sintomas aliviados e inflamação reduzida.

O grupo que recebeu suplementação de 
óleo de coco virgem apresentou uma recuperação significativamente mais rápida em comparação com o grupo controle, que recebeu apenas cuidados regulares. 

Enquanto o grupo óleo de coco virgem estava assintomático até o 14º dia, o grupo controle permaneceu sintomático até o 23º dia. Os resultados indicam uma clara vantagem do óleo de coco virgem na aceleração da recuperação e na redução da severidade dos sintomas da COVID-19.


Mecanicamente, os componentes-chave do 
óleo de coco virgem, ácido láurico e monolaurina, são apontados como impulsionadores das ações antivirais e anti-inflamatórias que aceleram a recuperação. 

Estudos anteriores mostram que esses componentes podem desintegrar envelopes virais e suprimir a atividade de genes pró-inflamatórios, atenuando assim a replicação do vírus e acalmando respostas imunes excessivas.

Embora este estudo forneça evidências promissoras, são necessárias pesquisas adicionais para corroborar e estender essas descobertas. Investigações futuras devem explorar estratégias de dosagem ideais e preparações padronizadas mais ricas em componentes bioativos. 

No entanto, as melhorias rápidas dos sintomas já observadas destacam o potencial clinicamente significativo do óleo de coco virgem na recuperação da COVID-19.

Em resumo, este ensaio clínico reforça a ideia de que a suplementação de óleo de coco virgem pode ser uma terapia adjuvante eficaz para melhorar a recuperação de pacientes com COVID-19, destacando a importância de explorar terapias naturais e acessíveis para aprimorar os cuidados durante pandemias presentes e futuras.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.