Fluoretação da água NÃO protege dentes de cáries, comprova estudo governamental em larga escala

Um estudo publicado recentemente e muito grande revelou que não há nenhum benefício em beber água fluoretada no que diz respeito à saúde bucal.

Fluoretação da água NÃO protege dentes de cáries, comprova estudo governamental em larga escala

Quão perigoso é o flúor para o desenvolvimento mental das crianças? Acontece que a chamada "maior conquista de saúde pública do século XX" já foi exposta há muito tempo como uma fraude total.

O estudo abrangente da Inglaterra afirma que a fluoretação resulta em apenas dois por cento menos cáries do que a não fluoretação, sendo dois por cento um número estatisticamente insignificante que pode muito bem ser zero por cento. Além disso, a fluoretação não impede que os dentes caiam.

A alegação de longa data de que a fluoretação artificial da água resulta em benefícios econômicos líquidos ao reduzir os custos odontológicos públicos também é um mito, afirma o estudo. Ao contrário, a fluoretação da água resulta em uma perda econômica líquida quando considerados os custos de capital de fazê-lo.

Este estudo inovador financiado pelo Departamento de Saúde do Reino Unido, conhecido como LOTUS, analisou registros de seguro odontológico de 6,4 milhões de adultos na Inglaterra, marcando o maior estudo já conduzido sobre os efeitos da fluoretação na saúde bucal de adultos. 

Os resultados, no entanto, não revelaram essencialmente nenhuma redução significativa nas cáries dentárias para aqueles que vivem em áreas fluoretadas. Atualmente, apenas 10% da Inglaterra é fluoretada, mas há planos de expandir essa prática para toda a nação. 

O estudo visava informar os formuladores de políticas sobre os possíveis resultados odontológicos e econômicos dessa expansão. Os pesquisadores descobriram reduções "extremamente pequenas" nas cáries, que a maioria das pessoas não consideraria significativas.

Uma análise econômica de custo-benefício apresentou resultados pouco animadores, indicando que a economia individual em despesas odontológicas seria de apenas cerca de US$ 1 por ano. 

Uma economia que, segundo os pesquisadores, nem mesmo cobriria o custo de uma xícara de café. Importante notar que essa análise não incluiu os custos de capital associados à expansão da fluoretação, o que poderia reverter suas estimativas econômicas.

Consumir água fluoretada causa perdas de saúde


Por outro lado, os riscos de consumir água fluoretada superam em muito qualquer economia no melhor cenário de US $ 1 por pessoa, por ano, incluindo a fluorose dentária ou a descoloração e degradação dos dentes e do esmalte dentário.

Além disso, o estudo omitiu os custos potenciais para a saúde causados pela fluoretação. Com 70% das crianças em áreas fluoretadas dos EUA apresentando fluorose dentária, os custos de odontologia estética para corrigir essa condição poderiam exceder a redução marginal de 2% nas cáries dentárias identificada pelo estudo LOTUS.

Os efeitos neurotóxicos do flúor em crianças


É crucial observar que os efeitos neurotóxicos do flúor, conhecidos por prejudicar o desenvolvimento cerebral e reduzir o QI em crianças, não foram abordados no estudo. Embora tenha sido enviado ao CDC, FDA e NIH, até o momento, não houve resposta dessas entidades.

O LOTUS é seguido por um estudo semelhante em crianças, conhecido como CATFISH, que também revelou benefícios mínimos da fluoretação. Com apenas 0,3 cáries a menos por criança, esse estudo levanta dúvidas sobre a eficácia da fluoretação, especialmente quando comparada às taxas gerais de cárie dentária em declínio desde a década de 1970, independentemente da fluoretação.

Os defensores da interrupção da fluoretação argumentam que a prática não apenas carece de eficácia comprovada, mas também apresenta riscos potenciais à saúde bucal e mental, tornando o estudo LOTUS uma peça fundamental na reconsideração das políticas de fluoretação.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Siga-nos: | | e | Nos Apoie: Doar

OBTENHA aqui o Extrato de Própolis Verde com essa combinação: Vitamina B, E, C, D3, A, Selênio e Zinco. Aumente suas defesas naturais! Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui. Fortalece o sistema imunológico, Poderosa ação antioxidante (antienvelhecimento), Atua contra o processo de inflamação do organismo - anti-inflamatório, Combate problemas de saúde ocasionados nas vias respiratórias e Tem poderosa ação antifúngica, antibiótica, acelerando a cicatrização
Fechar Menu
Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco, Imunidade e Proteção, Fortalvit, 60 Cápsulas

VER

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR