Klaus Schwab do WEF agora quer uma "humanocracia" em vez de uma tecnocracia

E, finalmente, acho que temos que estar preparados para um mundo onde vemos uma fusão de nossas dimensões físicas, digitais e biológicas - Schwab

Klaus Schwab agora quer uma "humanocracia" em vez de uma tecnocracia

Klaus Schwab, presidente do Fórum Econômico Mundial (WEF), surpreendeu recentemente ao sugerir uma mudança de paradigma em suas visões sobre o futuro. 
Schwab destacou a importância de uma fusão entre as dimensões físicas, digitais e biológicas para moldar o futuro que ele enxerga.

Durante a Cúpula de Governos Mundiais em Dubai, Schwab declarou que devemos abandonar a ideia de uma burocracia tecnocrática em favor de uma "humanocracia". Ele expressou sua visão de um mundo onde a tecnologia colabora com técnicos, filósofos e humanistas para criar um "mundo melhor".

Essa mudança na narrativa pode parecer uma tentativa de se apresentar como um humanista benevolente, afastando-se da imagem anteriormente associada ao tecnofuturismo impessoal do WEF.

Então, como será sua "sociedade humana"? Durante a conversa subsequente com o presidente do WGS, Mohammad Al Gergawi, Schwab disse:

E, finalmente, acho que temos que estar preparados para um mundo onde vemos uma fusão de nossas dimensões físicas, digitais e biológicas.

No entanto, críticos veem essa proposta como uma mera tentativa de ressignificar a sua imagem e, rotulando-a como uma tentativa "patética". 

O manual de Schwab, "Shaping the Future of the Fourth Industrial Revolution (Moldando o Futuro da Quarta Revolução Industrial)", inclui um capítulo intitulado "Altering the Human (Alterando o Humano)", levando alguns a questionar se suas ideias realmente se alinham a uma verdadeira humanocracia ou se estão mais próximas de uma robotocracia.

A proposta de Schwab levanta preocupações sobre a possibilidade de a humanidade se transformar em ciborgues, com uma supervisão intensificada da inteligência artificial (IA), muitas vezes referida como o "Olho que tudo vê". 

A ideia de uma fusão completa entre o físico, o digital e o biológico pode resultar em uma sociedade onde a tecnologia exerce um controle significativo sobre as vidas das pessoas.

A crítica mais contundente vem da associação das visões de Schwab com uma "robotocracia", sugerindo que, em vez de promover uma verdadeira humanocracia, ele está, na realidade, defendendo um futuro em que a IA assume o comando. 

A transformação da humanidade em seres cibernéticos guiados por uma presença onipresente de inteligência artificial levanta questões éticas e de privacidade.

A discussão sobre o futuro proposto por Schwab continuará certamente a gerar debates acalorados. Enquanto alguns veem sua visão como uma busca por um mundo melhor por meio da colaboração tecnológica, outros permanecem céticos, questionando se a proposta de uma "humanocracia" é uma mudança genuína ou uma estratégia de relações públicas para suavizar a imagem do WEF. 

O futuro da sociedade, à medida que avançamos em uma era cada vez mais interconectada e tecnologicamente avançada, permanece em aberto, sujeito a negociações e debates contínuos sobre os valores fundamentais que orientarão essa evolução.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Siga-nos: | | e | Nos Apoie: Doar

OBTENHA aqui o Extrato de Própolis Verde com essa combinação: Vitamina B, E, C, D3, A, Selênio e Zinco. Aumente suas defesas naturais! Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui. Fortalece o sistema imunológico, Poderosa ação antioxidante (antienvelhecimento), Atua contra o processo de inflamação do organismo - anti-inflamatório, Combate problemas de saúde ocasionados nas vias respiratórias e Tem poderosa ação antifúngica, antibiótica, acelerando a cicatrização
Fechar Menu
Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco, Imunidade e Proteção, Fortalvit, 60 Cápsulas

VER

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR