Açafrão-da-terra: Cúrcuma mata vírus e bactérias, incluindo da hepatite, herpes, chikungunya / Dengue, influenza-A, HIV, HPV e mais

Açafrão (Cúrcuma) mata vírus, incluindo da hepatite, herpes, chikungunya ou / Dengue , influenza-A, HIV, HPV e mais


Açafrão-da-terra: Cúrcuma mata vírus e bactérias, incluindo da hepatite, herpes, chikungunya / Dengue, influenza-A, HIV, HPV e mais

A cúrcuma, também conhecida como açafrão-da-terra, tem se revelado uma verdadeira mina de ouro no mundo da saúde, oferecendo uma gama extraordinária de benefícios medicinais. 
Dentre esses benefícios, destaca-se a capacidade surpreendente da cúrcuma em inibir o desenvolvimento de vários vírus, conforme evidenciado por numerosos estudos científicos. 

Essa propriedade faz dela uma aliada valiosa na proteção contra doenças viraisEstudos mostram que seu potencial de combate: incluindo hepatite, herpes, chikungunya/ dengue, influenza-A, HIV, HPV, anti-câncer e mais.  

Além disso, a cúrcuma (Curcuma longa), ou açafrão-da-terra, tem forte ação antioxidante, cicatrizantes e anti-inflamatória, ajudando a diminuir o colesterol, prevenir a diabetes e aliviar as dores. Ela deve esses efeitos a seus componentes bioativos como a curcumina, a demetoxicurcumina e a bisdemetoxicurcumina, por exemplo.

Comprando pelo nosso link de indicação abaixo, você também estará apoiando nosso trabalho aqui no Coletividade Evolutiva:

A cúrcuma também é muito usada como ingrediente de cremes, pois ajuda no tratamento de problemas de pele, como psoríase ou acne, devido a uma outra propriedade antibacteriana. Cúrcuma é facilmente encontrada em lojas de produtos naturais, alguns supermercados e feiras de rua. 

Além disso, a cúrcuma também é comercializada na forma de cápsulas orais e cremes. - Você deseja usar um suplemento diário, sugerimos o mais bem válido pelos clientes aqui: Curcuma Plus - 60 Cápsulas 

A curcumina (diferuloilmetano) é o principal curcuminóide derivado do rizoma da planta Curcuma longa [1,2], e é normalmente usado tanto como um corante alimentar forte e consumido como uma especiaria na forma de cúrcuma [1]. Além disso, a curcumina tem visto amplo uso na medicina tradicional em toda a Ásia, devido às suas propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes [3,4]. A pesquisa moderna também demonstrou que a curcumina tem diversas funções biológicas, com relatado anti-câncer, antioxidante e propriedades antimicrobianas [3,5,6]. A curcumina pode atuar não apenas como um composto antifúngico e antibacteriano, mas também como um composto antiviral, inibindo a replicação em uma ampla gama de vírus [7], como resumido em Tabela 1.


Pó do açafrão misturado com água pode matar lavas da dengue em 3 horas


Pesquisadores do Instituto de Física (IFSC) da Universidade de São Paulo (USP) de São Carlos (SP) criaram um extrato a partir do açafrão da terra, também conhecido como cúrcuma, que mata em 3 horas a larva do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue e outras doenças.

O extrato tem aplicação simples. É só misturar o pó com um pouco de água e aplicar nos locais que podem servir de criadouro do mosquito, como pratos de plantas e pneus. As larvas estarão mortas em, no máximo, 48 horas. Os testes foram feitos em quintais de seis casas de São Carlos por três meses.


Cúrcuma e sua Ação Antiviral: Evidências Científicas


Um estudo conduzido por pesquisadores do renomado Instituto Pasteur, na França, revelou que a cúrcuma não apenas inibiu o desenvolvimento dos vírus zika e chikungunya/ dengue, mas também interrompeu sua capacidade de infectar células saudáveis. 

A dosagem da curcumina, principal composto ativo da cúrcuma, demonstrou impactar a habilidade desses vírus prejudiciais de se ligarem a outras células, revelando um efeito dependente da dose na inibição viral.

Estudos também mostram que a curcumina inibiu a propagação do vírus, afetando sua expressão gênica precoce. Outros estudos revelaram que o composto de cúrcuma impediu que os vírus simplex-1 e herpes simplex-2 se espalhassem, impedindo a replicação dos vírus em células T infectadas.

Proteção Contra a Hepatite C: Um Avanço Significativo


Pesquisas publicadas na revista Gut oferecem insights cruciais sobre a eficácia da curcumina na prevenção da entrada do vírus da hepatite C nas células do fígado humano. 

Esse achado é particularmente relevante, considerando o impacto global da hepatite C, afetando milhões de pessoas. A curcumina não afetou a replicação viral, mas mostrou-se eficaz na co-incubação, potencialmente inibindo a entrada do vírus.

Cúrcuma e Influenza-A: Uma Defesa Contra a Gripe


Estudos realizados pelo Instituto de Pós-Graduação em Microbiologia e Saúde Pública da Universidade Nacional Chung Hsing, em Taiwan, destacaram que a cúrcuma interfere na atividade de hemaglutinação do vírus da gripe A. 

Isso significa que o composto bloqueia a capacidade do vírus de se ligar aos glóbulos vermelhos, proporcionando uma defesa contra a infecção. Outro estudo revelou que a curcumina reduziu a replicação viral em mais de 90% em células infectadas com influenza-A.

Herpes Sob Controle: Ação da Cúrcuma na Expressão Gênica


A cúrcuma mostrou sua eficácia no controle do vírus do herpes simplex-1 e herpes simplex-2. Pesquisadores da Universidade Estadual de Michigan identificaram que a curcumina impacta a expressão gênica precoce desses vírus, limitando sua capacidade de lançar o ciclo infeccioso lítico. 

Em outro estudo, realizado pela McMaster University, observou-se que o composto de cúrcuma impediu a propagação do vírus herpes simplex, evidenciando seu potencial antiviral.

Conclusão: Integrando a Cúrcuma na Rotina de Saúde


Diante dessas descobertas promissoras, a integração da cúrcuma na rotina de saúde pode ser uma estratégia valiosa na prevenção e no combate a várias doenças virais, cânceres e bacterianas. 

Seja na forma de suplementos, chás ou incorporada em receitas, aproveitar os benefícios da cúrcuma pode ser uma decisão inteligente para fortalecer o sistema imunológico e manter a saúde em dia.

Lembramos que, embora a cúrcuma tenha propriedades notáveis, é crucial buscar orientação profissional ao considerar alterações significativas na dieta ou ao iniciar qualquer forma de suplementação. A sabedoria da natureza aliada à ciência oferece um caminho promissor para uma vida mais saudável.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.