6 hábitos para colocar em prática hoje e evitar demência no futuro

Educação, exercícios e mais: descubra os hábitos essenciais para prevenir a demência e proteger seu cérebro


6 hábitos para colocar em prática hoje e evitar demência no futuro
6 hábitos para colocar em prática hoje e evitar demência no futuro - artigo original em: Catraca Livre

A estimativa é que até 2050, os diagnósticos de demência vão triplicar no mundo. Esse cenário pode parecer assustador, porém, cientistas apontam que é possível prevenir essa condiçãoUma série de hábitos saudáveis ao longo da vida podem proteger o cérebro e reduzir as chances de desenvolver a doença.

A demência é uma condição que provoca alteração progressiva de áreas do cérebro, resultando em alterações da memória, comportamento, linguagem e personalidade, que podem interferir diretamente na qualidade de vida.

Embora o aparecimento da demência possa ser causado por diversos fatores, está mais frequentemente associado ao envelhecimento. Ainda assim, é normal que as causas variem de acordo com o tipo de demência apresentada.

Quais são os momentos-chave para prevenção?


Segundo pesquisadores, algumas fases da vida são especialmente essenciais para adotar hábitos que previnem o desenvolvimento de demência, como a infância, a adolescência e a fase adulta.

É nessas etapas que adotar comportamentos saudáveis é mais crucial. A seguir, entenda quais são esses comportamentos.

1) Estudar e estimular a atividade cognitiva é essencial


A manutenção de atividades cognitivas a partir dos 45 anos e a continuação da educação até o final da adolescência são fundamentais para garantir um melhor funcionamento cerebral na velhice.

2) Controle da pressão arterial


Estudos indicam que a hipertensão está ligada a um maior risco de desenvolvimento de demência na terceira idade. Por isso, é fundamental manter a pressão arterial sob controle.

3) Prevenir lesões cerebrais


Evitar lesões cerebrais é um dos passos para prevenir a demência. O uso de capacete em determinadas atividades esportivas, por exemplo, é uma medida eficaz de proteção.

4) Cuidados com a audição


Acredita-se que há um aumento no risco de demência para cada 10 decibéis de comprometimento auditivo. Portanto, é essencial proteger a audição, evitando ambientes muito barulhentos e controlando o volume do fone de ouvido.

5) Evitar o diabetes


Ter uma alimentação equilibrada, praticar exercícios regulares e manter um peso adequado são algumas das principais formas de evitar o diabetes, condição que está entre os fatores de risco para a demência.

6) Prática de exercícios físicos


Os exercícios físicos são benéficos para a saúde do cérebro. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda pelo menos 150 a 300 minutos de atividade aeróbica por semana.

Lembrando que essas são apenas algumas das principais ações para proteger o cérebro da demência. Outras atitudes podem incluir parar de fumar, ter uma vida social e evitar o consumo exagerado de álcool.

O importante é manter um estilo de vida saudável para garantir um futuro saudável e com qualidade.

Artigo originalmente em Catraca Livre - 6 hábitos para colocar em prática hoje e evitar demência no futuro
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.