Coletividade Evolutiva , Suprimir a inflamação e combater o câncer com um remédio fitoterápico antigo , Bem-estar , Curas-naturais , Ervas medicinais ,

Suprimir a inflamação e combater o câncer com um remédio fitoterápico antigo

Esta planta medicinal, também é conhecida com o nome Olíbano, é popularmente usada na medicina Ayurveda, comum na Índia.


Suprimir a inflamação e combater o câncer com um remédio fitoterápico antigo

Boswellia Serrata é um anti-inflamatório natural excelente para combater dores articulares devido a artrite reumatoide e para acelerar a recuperação depois de fazer exercícios porque contém propriedades que ajudam no combate ao processo inflamatório, até mesmo as inflamações crônicas como asma e osteoartrite.

Esta planta medicinal, também é conhecida com o nome Olíbano, é popularmente usada na medicina Ayurveda, comum na Índia. Ela pode ser comprada em algumas lojas de produtos naturais ou em forma de suplemento, extrato ou óleo essencial. A parte do Olíbano utilizado para fins medicinais é a resina da árvore.

Embora o setor farmacêutico convencional possa minimizar sua importância, pesquisas científicas emergentes sugerem que Boswellia, um remédio fitoterápico antigo, pode desempenhar um papel fundamental. De fato, estudos recentes indicam que Boswellia pode não apenas inibir a propagação do câncer, mas também pode servir como uma medida preventiva contra o seu início.

Boswellia traz nova esperança na batalha contra a inflamação e o câncer


Boswellia, uma substância natural usada por milhares de anos em sistemas de cura herbáceas e ayurvédicas, é derivada da resina produzida pela Boswellia serrata, uma árvore nativa da Ásia, Oriente Médio e África. A propósito, Boswellia também é conhecido como incenso – um dos presentes supostamente oferecidos ao menino Cristo ao nascer.

Agora, os pesquisadores modernos estão intrigados com a capacidade da Boswellia de combater a inflamação – e seu método único de ação, que difere completamente dos mecanismos dos medicamentos farmacêuticos convencionais.


O que a pesquisa científica revela


Em um estudo de célula de laboratório publicado na farmacologia molecular, os pesquisadores descobriram que o extrato de Boswellia funcionou melhor do que as drogas quimioterápicas padrão camptotecina, amsacrina, e etoposide para inibir as enzimas que promovem o crescimento do câncer.

Um estudo realizado na Cleveland Clinic e publicado na Planta Medica mostrou que um extrato de Boswellia foi eficaz contra as células do meningioma – que causam tumores da cobertura do cérebro. Boswellia também ajuda a matar células de câncer de próstata humano, células de leucemia e células de câncer cerebral.

Além disso, em um estudo de 2006 publicado na Antioxidants and Redox Signaling, os pesquisadores descobriram que Boswellia altera a expressão do fator de necrose tumoral alfa – que, em quantidades excessivas, pode produzir bioquímicos que promovem o crescimento de células tumorais, juntamente com a adesão celular relacionada à disseminação do câncer.

E, finalmente, Boswellia ajuda a combater o melanoma – a forma mais letal de câncer de pele – interferindo na capacidade de metástase das células do melanoma.

Quando é indicada

A boswellia serrata pode ser usada para tratar a dor articular, recuperação de lesões musculares após atividade física, combater a asma, colite, doença de Crohn, inchaço, artrite reumatoide, osteoartrite, feridas, furúnculos e para descer a menstruação atrasada desde que a mulher não esteja grávida.

Suas propriedades incluem a ação anti-inflamatória, adstringente, aromática, anti-séptica, estimulante, tônica e rejuvenescedora.

Como usar

Boswellia serrata deve ser tomado conforme a orientação do médico ou do fitoterapeuta, mas geralmente é indicado:

  • Em cápsulas: Tomar cerca de 300 mg, 3 vezes ao dia para o tratamento da asma, colite, edema, artrite reumatoide ou osteoartrite;
  • Em óleo essencial: pode ser usada como cataplasma para feridas, basta adicionar óleo essencial em uma compressa e aplicar sobre a região afetada.

Em forma de cápsulas, a dose recomendada de boswellia serrata varia entre 450 mg a 1,2 g por dia, sempre divididos em 3 doses diárias, que devem ser tomados a cada 8 horas mas o médico poderá indicar outra dosagem, se achar que é melhor para você.

Naturalmente, você vai querer consultar com um fitoterapeuta de confiança ou um profissional de saúde holístico para determinar a quantidade certa para você. Uma nota de cuidado: se estiver grávida, não tome boswellia; Pode estimular o fluxo sanguíneo no útero e induzir um aborto espontâneo.

Como um remédio tradicional, Boswellia tem sido, sem dúvida, valorizado por sua capacidade de reduzir a inflamação e dor nas articulações. Agora (esperançosamente), com a ajuda de alguns ajustes modernos, esta substância benéfica está pronta para tomar seu lugar como uma solução natural de ponta na luta contra o câncer.

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR