Coletividade Evolutiva , Pandemia vacinal: CDC registra mais mortes por vacinas COVID do que o total de todas as vacinas anteriores combinadas , Coronavírus , Covid-19 , Pandemias , Vacina , Vacinação ,

Pandemia vacinal: CDC registra mais mortes por vacinas COVID do que o total de todas as vacinas anteriores combinadas

Os médicos não devem seguir cegamente os ditames da "Saúde Pública", nem devem recomendar essas injeções de morte.


CDC registra mais mortes por vacinas COVID do que o total de todas as vacinas anteriores combinadas

As provas estão aí. As vacinas COVID matam. As autópsias comprovam-no. (1) O Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS) dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos registra mais mortes por vacinas COVID do que o total de todas as vacinas anteriores combinadas (embora as vacinas de mRNA não sejam vacinas), e apenas uma porcentagem muito pequena de eventos adversos é relatada ao VAERS. (2)

Os médicos não devem seguir cegamente os ditames da "Saúde Pública", nem devem recomendar essas injeções de morte. 
Os governos garantiram a segurança porque alegaram falsamente que a terapêutica não estava disponível. Eles estão disponíveis e estavam disponíveis. A ivermectina é um exemplo.

O CDC e a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA (Equivalente a Anivsa) administram conjuntamente o VAERS, um banco de dados que permite que profissionais de saúde e outros registrem relatórios sobre lesões relacionadas à vacina.

Embora os relatos de eventos adversos do VAERS não provem causalidade, o CDC considera o VAERS um "sistema de alerta precoce" fundamental para detectar padrões incomuns ou inesperados de notificação de eventos adversos que podem sinalizar problemas de segurança com uma vacina.

Os governos, subservientes à Organização Mundial da Saúde (OMS), são em grande parte indenizados porque anunciaram uma Emergência inventada e deram Autorização de Uso de Emergência (EUA) para medicamentos experimentais que, de outra forma, não seriam autorizados.



Alguns dos impactos dessas vacinas são miocardite, acidentes vasculares cerebrais, problemas cardíacos (3). Inúmeros outros "efeitos colaterais" também existem.

Os experimentos clínicos da Big Pharma são corruptos. 


A Pfizer tem antecedentes criminais. Eles mentem. O próprio "Relatório Confidencial" da Pfizer, que eles tentaram manter em segredo, reconhece 1.200 relatos de mortes atribuídas à vacina e dezenas de milhares de eventos adversos em um breve período de tempo.

A bula para as vacinas nas farmácias está em branco. Nenhum dos testes de COVID é adequado para o propósito. Nenhum. A codificação da Declaração de Óbito foi alterada de um formato revisado por pares que funcionou bem por cerca de 17 anos para um formato manipulado que eleva falsamente os números da COVID (4). 

Os hospitais recebem mais dinheiro para diagnósticos de Covid etc. Em uma senão na maioria das jurisdições, as pessoas que entram nos hospitais são rotuladas como não vacinadas nas primeiras duas ou três semanas, embora a maioria esteja vacinada. O banco de dados está corrompido.

Quando os governos introduziram a vacina contra a gripe suína, eles a retiraram do mercado após cerca de 50 mortes atribuídas à vacina. As mortes atribuídas pela vacina COVID mesmo pelas estatísticas do CDC estão na casa das dezenas de milhares (36.080) (5). Globalmente, os números são genocidas. 

Os atuários colocam o excesso de mortes atribuídas pela vacina nos EUA em centenas de milhares (Ver Ed Dowd e Josh Stirling) (6). Os pedidos de seguro de vida por morte de pessoas em idade ativa são altíssimos. A censura, o governo e os meios de comunicação de massa escondem tudo isso.

Durante o período "COVID" das operações psicológicas de grau militar impostas pelos governos, as pessoas se doutrinaram a aceitar bobagens, e os médicos que se manifestam contra a narrativa estabelecida foram perseguidos por sua honestidade e profissionalismo. Máscaras são prejudiciais (7), mandatos não funcionam, injeções matam. Especialistas ouvidos na TV e no mainstream são os mais ricos do mundo, quer percebam isso ou não.

A propaganda da COVID foi e é uma campanha despropositada do Medo.


Encontre um médico que não empurre injeções experimentais de mRNA em pessoas. Esses jabs prejudicam a imunidade natural(8) e criam uma miríade de problemas, incluindo cânceres turbo. Ninguém deve tomá-los.

As pessoas devem seguir protocolos que ajudem a neutralizar os patógenos introduzidos pelas injeções experimentais de mRNA. Esses protocolos existem. Confira o Dr. McCullough.

Considerações

1) Dr. Peter McCullough, "74% das mortes por autópsia da vacina COVID foram causadas pela vacina". Daily Cloudt, (74% das mortes por autópsia da vacina COVID foram causadas pela vacina/influência diária) Acesso em 06 de setembro de 2023.

(2) Suporte Eletrônico para Saúde Pública – Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (ESP:VAERS) (Suporte Eletrônico para Saúde Pública – Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (ESP:VAERS) (ahrq.gov) ) Acesso em 06 de setembro de 2023.

(3) Um em cada trinta e cinco receptores de reforço de MRNA tinha lesão miocárdica associada à jab, marktaliano.net

Um em cada trinta e cinco receptores de reforço de MRNA teve lesão miocárdica associada a jab – Global ResearchPesquisa Global – Centro de Pesquisa sobre Globalização

Veja também:

John Leake, "O principal cardiologista britânico, Dr. Aseem Malhotra, e Dr. Peter McCullough chegam independentemente à mesma conclusão." (O principal cardiologista britânico, Dr. Aseem Malhotra, e o Dr. Peter McCullough chegam independentemente à mesma conclusão/ Por John Leake) Acesso em 06 setembro, 2023

(4) Mark Taliano, "Dados COVID inválidos impulsionam políticas públicas catastróficas globalmente". Pesquisa Global, 20 de dezembro de 2022. (Dados inválidos de Covid impulsionam políticas públicas catastróficas globalmente – Pesquisa GlobalPesquisa Global – Centro de Pesquisa sobre Globalização) Acesso em 06 de setembro de 2023.

(5) Dados da vacina COVID – OpenVAERS

Acesso em 06 de setembro de 2023.

(6) Vídeo: Achados chocantes nos dados do CDC sobre excesso de mortalidade: Edward Dowd

(7) Dr. William Makis, "MASK TOXICITY – Estudo alemão expõe perigos da re-respiração de CO2 – morte de neurônios e dificuldade de aprendizagem (crianças), natimortos e defeitos congênitos (mulheres grávidas), toxicidade testicular (adolescentes)" Substack, 28 de agosto de 2023. (TOXICIDADE MASCARADA – Estudo alemão expõe perigos da re-respiração de CO2 – morte de neurônios e dificuldade de aprendizagem (crianças), natimortos e defeitos congênitos (mulheres grávidas), toxicidade testicular (adolescentes) (substack.com) Acesso em 06 setembro, 2023

(8) Stephanie Seneff, Greg Nigh, Anthony M. Kyriakopoulos, Peter A McCullough, " Supressão imunológica inata por vacinas de mRNA SArS-CoV-2: O papel de G-quadruplexes, exossomos e microRNAs." authorea.com (Supressão imune inata por vacinas de mRNA SARS-CoV-2: O papel de G-quadruplexes, exossomos e microRNAs (authorea.com))

Acesso em 06 setembro, 2023 - Referência: Global Research

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR