"Não há crise climática": Ganhador do Prêmio Nobel Dr. John F. Clauser assinou a "Declaração Mundial do Clima"

Clauser foi o segundo Prêmio Nobel a assinar a declaração, o Dr. Ivar Giaever foi o primeiro.


"Não há crise climática": Ganhador do Prêmio Nobel Dr. John F. Clauser assinou a "Declaração Mundial do Clima"

John F. Clauser, vencedor do Prêmio Nobel de Física de 2022 por seu trabalho sobre mecânica quântica, assinou a Declaração Mundial do Clima da Clintel onde mais 1.600 cientistas também apoiam com uma mensagem central: "não há emergência climática".

Clauser foi o segundo Prêmio Nobel a assinar a declaração, o Dr. Ivar Giaever foi o primeiro. O número de cientistas e especialistas que assinam a Declaração Mundial do Clima está crescendo rapidamente.

John F Clauser distanciou-se publicamente do alarmismo climático e este ano também se juntou ao Conselho de Administração do CO2 Coalizão. No anúncio do CO2 Coligação, Clauser foi citado da seguinte forma:

"A narrativa popular sobre as mudanças climáticas reflete uma perigosa corrupção da ciência que ameaça a economia mundial e o bem-estar de bilhões de pessoas. A ciência climática equivocada metástase se transformou em uma pseudociência jornalística de choque massiva. Por sua vez, a pseudociência tornou-se um bode expiatório para uma ampla variedade de outros males não relacionados. Ela foi promovida e ampliada por agentes de marketing empresarial igualmente equivocados, políticos, jornalistas, agências governamentais e ambientalistas. Na minha opinião, não há uma verdadeira crise climática. Existe, no entanto, um problema muito real em proporcionar um nível de vida decente à grande população mundial e a uma crise energética associada. Este último está sendo desnecessariamente exacerbado pelo que, na minha opinião, é uma ciência climática incorreta."

IPCC está espalhando desinformação perigosa


Em julho, Clauser deu uma palestra no evento Quantum Korea 2023. Ele alertou o público sobre a crescente quantidade de pseudociência e desinformação.

"Agora não sou o único a observar a perigosa proliferação da pseudociência. Recentemente, a Fundação Nobel formou um novo painel para tratar do tema chamado Painel Internacional sobre Ambiente de Informação. Eles planejam modelá-lo após o Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas da ONU, o IPCC.

Pessoalmente, acho que eles estão cometendo um grande erro nesse esforço porque, na minha opinião, o IPCC é uma das piores fontes de desinformação perigosa. O que eu vou recomendar é em prol disso, dos objetivos desse painel. [...]

Tenho um segundo elefante na sala que descobri recentemente sobre as alterações climáticas. Penso que as alterações climáticas não são uma crise. [...]

Cuidado. Se você está fazendo boa ciência, isso pode levá-lo a áreas politicamente incorretas. Se você é um bom cientista, você vai segui-los. Tenho vários que não terei tempo para discutir, mas posso dizer com confiança que não há uma crise climática real e que as mudanças climáticas não causam eventos climáticos extremos."

Como a Clintel demonstrou em seu recente livro The Frozen Climate Views of the IPCC, o IPCC realmente cometeu erros graves em seu último relatório. Pouco depois de sua palestra na Coreia, o Fundo Monetário Internacional (FMI) cancelou uma palestra programada por Clauser sobre modelos climáticos. 

Em entrevista ao Epoch Times, Clauser disse em relação à ciência climática: "Estamos totalmente inundados de pseudociência".

Guus Berkhout, professor emérito de geofísica da TU Delft e presidente da Clintel, dá as boas-vindas ao professor Clauser na Comunidade Clintel.

"É muito encorajador quando cientistas de alto perfil, como o Dr. Clauser, estão dispostos a falar sobre a corrupção gritante da ciência pelo establishment climático. Nosso objetivo é fazer da Clintel uma contraparte de pleno direito do IPCC. Quanto mais excelentes cientistas na rede Clintel, mais forte será a nossa posição no debate com o IPCC, bem como com os líderes de organizações políticas supranacionais."

A Declaração Mundial do Clima da Clintel foi publicada em 2019, ano em que a Clintel foi fundada. A força da declaração é sua acessibilidade e sua mensagem poderosa: não há crise climática. Isso vale independentemente de você acreditar em uma grande ou pequena contribuição de CO2 ao aquecimento dos últimos 150 anos. Cientistas e especialistas que queiram assinar a declaração podem enviar sua solicitação aqui.

ENTREVISTA EM INGLÊS: Uma ótima maneira de aprender mais sobre a vida e a obra do Dr. Clauser é assistir a esta entrevista do Prêmio Nobel com ele:

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Fechar Menu