Como o açúcar causa deficiência de 5 nutrientes essenciais no corpo

O açúcar faz isso esgotando e reduzindo a absorção de vitaminas e minerais essenciais, o que pode levar a deficiências de nutrientes.


Como o açúcar esgota seu corpo de 5 nutrientes essenciais

A maioria das pessoas sabe que comer muito açúcar pode causar glicose alta no sangue, picos de insulina e obesidade. Também pode elevar o risco de doenças crônicas, como doenças cardíacas, diabetes e câncer. No entanto, o excesso de glicose também pode levar a deficiências de nutrientes que afetam os níveis de vitaminas e minerais em suas células, muito antes de uma doença se desenvolver.

O açúcar faz isso esgotando e reduzindo a absorção de vitaminas e minerais essenciais, o que pode levar a deficiências de nutrientes. As seguintes vitaminas e minerais são os mais em risco de depleção da presença de muita glicose no corpo.

Açúcar x vitamina C: um equilíbrio precário


A relação entre açúcar e vitamina C revela um equilíbrio precário dentro do nosso corpo. Como seres humanos, não temos a capacidade de produzir vitamina C, tornando-se crucial obter este nutriente essencial de fontes externas. No entanto, o consumo excessivo de açúcar interrompe a absorção de vitamina C, prejudicando sua disponibilidade e funcionalidade. Essa interferência pode ter consequências profundas para o nosso sistema imunológico e processos de reparo tecidual.

A vitamina C desempenha um papel vital no fortalecimento de nossas respostas imunológicas, tornando sua deficiência uma questão preocupante. Além disso, a competição entre açúcar e vitamina C afeta o reparo e a regeneração tecidual. Sem vitamina C adequada, a síntese de colágeno, uma proteína crítica para a integridade dos tecidos, fica prejudicada. Isso leva a uma falta de integridade celular, cicatrização de feridas atrasada, recuperação comprometida de lesões e, mais importante, um aumento do risco de crescimento de células cancerígenas.

O magnésio se esgota por comer muito açúcar


O magnésio, um mineral vital, desempenha um papel crucial no bom funcionamento de quase todos os órgãos do nosso corpo. Suas funções incluem regular a atividade nervosa e muscular, contribuindo para a síntese de proteínas e formação de DNA, promovendo a saúde óssea e regulando os níveis de açúcar no sangue. Sua importância em vários processos corporais ressalta a importância de manter níveis adequados de magnésio.

No entanto, a presença de glicose no sangue elevada e níveis aumentados de insulina podem representar uma dupla ameaça à retenção de magnésio. O açúcar elevado no sangue e a insulina levam os rins a excretar mais magnésio, levando ao seu esgotamento das reservas do corpo.

Risco de deficiência de vitamina D aumenta com consumo de açúcar


A deficiência de vitamina D é comum em regiões com exposição solar limitada, mas o consumo de açúcar pode complicar ainda mais a questão. A presença de açúcar pode intensificar a deficiência de vitamina D, estimulando a produção de uma enzima envolvida na sua síntese.

Baixos níveis de vitamina D têm sido associados a vários problemas de saúde, incluindo inflamação, aumento da suscetibilidade a infecções, condições autoimunes, demência e certos tipos de câncer.

A absorção de cálcio é inibida pela ingestão de açúcar


Como você sabe, o cálcio desempenha um papel vital em várias funções corporais, incluindo a manutenção da saúde óssea, auxiliando a coagulação do sangue e facilitando as contrações nervosas e musculares. No entanto, a absorção de cálcio depende da vitamina D. Aqui entra o efeito indireto do açúcar: ele pode suprimir a ingestão de cálcio do corpo, interferindo no metabolismo e absorção da vitamina D.

Além disso, a glicose, um tipo de açúcar, tem sido associada ao aumento da excreção de cálcio por meio de seus efeitos na regulação hormonal e na inibição da reabsorção de cálcio nos rins. Este mecanismo agrava ainda mais o impacto do açúcar no equilíbrio de cálcio dentro do corpo. Como resultado, manter uma ingestão equilibrada de açúcar e garantir níveis adequados de vitamina D são cruciais para promover a absorção ideal de cálcio.

O consumo de açúcar drena o corpo de cromo


O cromo, um mineral traço, desempenha um papel crucial na regulação da glicose no sangue e no metabolismo de macronutrientes. Embora o corpo requer apenas pequenas quantidades de cromo, o consumo excessivo de açúcar pode levar a uma deficiência, desencadeando sua excreção do corpo.

A deficiência de cromo pode ter implicações significativas para o controle glicêmico e tolerância à glicose, uma vez que o cromo é essencial para a ligação à insulina. Quando os níveis de cromo são inadequados, podem ocorrer níveis mais elevados de glicose no sangue e baixa tolerância à glicose.


Então, qual é a linha de fundo? Enquanto muitas pessoas já estão cientes dos efeitos negativos para a saúde de comer muitos doces, seu impacto sobre as deficiências de nutrientes e a supressão de vitaminas e minerais vitais no corpo pode não ser amplamente reconhecido. Isso serve como um incentivo adicional para optar por escolhas mais saudáveis, como frutas orgânicas e outras frutas quando surgem desejos por doces.

Dr. Lair Ribeiro


Referência: naturalhealth365
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.