Autoridades de saúde IGNORAM a ciência quando ela não serve à sua narrativa, alerta Dr. Joseph Ladapo

De acordo com o cirurgião geral da Flórida, Dr. Joseph Ladapo, as principais autoridades de saúde pública dos Estados Unidos estão ignorando os riscos


Autoridades de saúde IGNORAM a ciência quando ela não serve à sua narrativa, alerta Dr. Joseph Ladapo

As autoridades de saúde adoram dizer à população para "seguir a ciência", mas é exatamente isso que evitam fazer quando isso não serve à sua narrativa ou objetivo. É o caso das vacinas contra a Covid mRNA, embora não sejam realmente vacinas e sua comprovação não passou de um grande experimento global.

Na verdade, as proteínas spike viajam do local da injeção e cruzam por todo o sistema vascular, poluindo os órgãos mais vitais, incluindo cérebro, fígado, rins, pâncreas, útero e coração. As injeções de mRNA causam até câncer de turbo. 

De acorco com o Dr. Joseph: Talvez todos os médicos precisem participar de um seminário que mostre as autópsias de muitas pessoas injetadas que morreram com entupimentos de proteína spike em seus órgãos vitais, e ver o quão perigosas as vacinas contra coágulos realmente são para a humanidade. Isso não é teoria da conspiração. Acompanhe o pessoal da ciência. Siga a ciência.

De acordo com o cirurgião geral da Flórida, Dr. Joseph Ladapo, as principais autoridades de saúde pública dos Estados Unidos estão ignorando os riscos associados às injeções de terapia gênica de mRNA e estão evitando a ciência que os comprova.

Ladapo disse que a "falta de transparência só prejudica a fé das pessoas na ciência" e implorou aos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e aos comissários e diretores da FDA que expliquem por que não estão seguindo a ciência sobre isso e sendo transparentes com o povo americano (que está pagando pelas vacinas e sofrendo com seus efeitos mortais).

Ladapo aconselha os americanos a NÃO confiarem no sistema de saúde americano


Aqui está o aviso do cirurgião-geral da Flórida aos funcionários do CDC e da FDA: "Sua decisão contínua de ignorar muitos dos riscos associados às vacinas de mRNA COVID-19, juntamente com seus esforços para manipular o público a pensar que elas são inofensivas, resultou em uma profunda desconfiança no sistema de saúde americano".

Ele continuou a ensiná-los sobre responsabilidade, falta de transparência e perigo para cada pessoa que está sendo injetada com neurotoxinas experimentais (proteínas spike que imitam o vírus do ganho de função). 

"Começando com a pandemia vacinal o governo federal forçou implacavelmente uma vacina prematura nos braços do povo americano com pouca ou nenhuma preocupação com as graves ramificações adversas", disse ele.

As vacinas COVID-19 causaram um aumento de 1.700% no Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS) e um salto de 4.400% em "condições de risco de vida". Ladapo pediu ao CDC e à FDA que expliquem publicamente por que eles foram escondidos do público, médicos, enfermeiros e todos que já questionaram a segurança e eficácia desta campanha de terror contra a vacina.

Ladapo chegou a chamar os funcionários do CDC e da FDA de "charlatães" que estão envolvidos em "charlatanismo médico". Na verdade, eles nunca sequer realizaram testes clínicos com as doses de reforço, enquanto adiavam relatórios que revelavam que as vacinas causam coágulos e fazem com que as massas desenvolvam miocardite e prejudiquem mulheres grávidas. 

Se sua desculpa é "hesitação vacinal", então a palavra "hesitação" precisa ser redefinida como "apavorada com os resultados", porque a ciência revela que as vacinas Covid são MUITO mais prejudiciais do que úteis, se houver ALGUM benefício em obtê-las de qualquer maneira. Os alertas de Ladapó não se concentram em eventos "raros", como o CDC quer fazer crer.

As fontes para este artigo incluem:

NaturalNews.com
ChildrensHealthDefense.org
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Fechar Menu