Coletividade Evolutiva , Outro escândalo de abuso abalou a Igreja Católica , Ciência , Ivermectina , Mundo , Notícias alternativas ,

Outro escândalo de abuso abalou a Igreja Católica

Mais uma vez, a Igreja Católica está nas manchetes porque o abuso de centenas de crianças foi encoberto por décadas.


Outro escândalo de abuso abalou a Igreja Católica

Mais uma vez, a Igreja Católica está nas manchetes porque o abuso de centenas de crianças foi encoberto por décadas. O sofrimento indescritível que essas crianças tiveram de suportar não era motivo de preocupação para os líderes da igreja.

O procurador-geral de Maryland nos EUA divulgou um relatório contundente após uma investigação de quatro anos de que a arquidiocese católica de Baltimore encobriu sistematicamente décadas de abuso sexual de crianças por padres e outros clérigos. Assim, mais de 600 crianças foram abusadas sexualmente por cerca de 200 clérigos, freiras, seminaristas e diáconos. 

O número de casos não notificados é significativamente maior, especialmente porque a investigação remonta à década de 1940 e muitos dos afetados não estão mais vivos ou, mesmo depois de tantas décadas, não querem mais se pronunciar sobre o assunto.

“Este relatório ilustra a falha repreensível e sistemática da Arquidiocese em proteger os mais vulneráveis ​​– as crianças que deveria proteger ” , disse o procurador-geral Anthony Brown em um comunicado. O relatório constatou que "o número absoluto de perpetradores e vítimas, a depravação do comportamento dos perpetradores e a frequência com que perpetradores conhecidos tiveram a oportunidade de molestar crianças ainda mais são surpreendentes".

A arquidiocese, a mais antiga diocese católica romana nos Estados Unidos, falhou em apoiar e proteger as vítimas quando surgiram alegações de abuso, disse o relatório. Por exemplo, quando a diocese soube em 1987 que um pastor havia abusado sexualmente de uma menina de 14 anos e esta admitiu ter sido "excitada por algumas meninas", informou à vítima que o agressor receberia terapia e seria mantido longe das crianças. 

A diocese não tomou nenhuma outra ação até 1994, quando mais vítimas se apresentaram. Até então, disse o relatório, outras nove meninas haviam sido molestadas e havia evidências de outras vítimas que optaram por não se apresentar.

Nos últimos 70 anos, estima-se que cerca de 216.000 crianças foram molestadas pelo clero católico, com o número de vítimas possivelmente subindo para 330.000 se os incidentes cometidos por oficiais leigos da Igreja forem incluídos. Dos 115.000 padres e ministros que pertenceram à igreja durante esse período, cerca de 3.000 foram acusados ​​de abuso. - Referência: Report24

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR