Reabilitação oral: o que é e como é feita

Vida saudável: Reabilitação oral: o que é e como é feita - Reabilitação oral pode ser a solução mais eficaz para trazer de volta o prazer e qualidade ao sorrir.

Colaboradores
Reabilitação oral: o que é e como é feita

Muitas pessoas sofrem com os impactos físicos, psicológicos e sociais que os problemas bucais causam no cotidiano e na autoestima. Para esses pacientes, a reabilitação oral pode ser a solução mais eficaz para trazer de volta o prazer e qualidade ao sorrir.

Essa técnica de tratamento odontológico consiste em uma unificação de tratamentos, possibilitando acompanhamento multidisciplinar que tem como objetivo restabelecer a harmonia bucal.

Assim, ela trabalha na realização de todos os procedimentos necessários para garantir a melhora da aparência, a funcionalidade e a saúde bucal. Desta forma, o tratamento é personalizado para cada paciente visando as suas necessidades individuais e as preferências estéticas. Para isso, o tratamento pode incluir o trabalho de:

  • Periodontistas;
  • Endodontistas;
  • Clínicos gerais;
  • Implantodontistas;
  • Ortodontistas, entre outros.

Por isso, esses cuidados acontecem no decorrer de um longo período e devem ser realizados por profissionais capacitados, experientes e de confiança, conforme um planejamento prévio.

Como é feito o tratamento?


O processo se inicia com a solicitação de exames radiológicos e laboratoriais, tomografias, fotografias bucais e a confecção do molde da arcada dentária – que pode ser físico ou digital.

Esses exames são necessários para a realização de uma análise detalhada sobre as estruturas bucais e a identificação dos problemas que devem ser corrigidos.

Em função disto, o planejamento deve levar em consideração as gengivas e os ossos maxilares, a saúde de todos os tecidos, a qualidade do encaixe dos dentes, entre outros aspectos.

Após essa constatação, o dentista irá montar o cronograma de tratamento que pode incluir desde a limpeza profunda, até a remoção de cáries, a confecção de próteses dentárias ou mesmo o clareamento dental, conforme necessidades e desejos avaliados junto ao paciente.

Quais são os procedimentos mais comuns


Os procedimentos escolhidos buscam reabilitar as disfunções estruturais, restabelecer a funcionalidade e a beleza do sorriso.

Isso ocorre, principalmente, porque esses defeitos, que muitas vezes podem parecer supérfluos, são capazes de afetar a nutrição, a mastigação, o processo de fala e até de respiração. Além disso, pode causar dores e desconfortos constrangedores como o mau hálito.

Os tratamentos mais comuns que são incluídos nesse cronograma são:


Implante


O implante dentário é recomendado para qualquer paciente maior de 18 anos que tenha perdido um ou mais dentes devido à progressão de doenças bacterianas, como a cárie e a periodontia, ou por traumas na região bucal.

O procedimento consiste na fixação de uma prótese de titânio no osso maxilar, abaixo da linha da gengiva. Esse dispositivo agirá como sustentação para o dente postiço, que irá ocupar o espaço vazio do original faltante.

Apesar de ser um procedimento cirúrgico, é bastante seguro e tem uma durabilidade de até 15 anos. Pode demorar de quatro a seis meses para cicatrizar por completo e é uma opção bem mais conveniente do que as dentaduras móveis.

Para sua colocação, no entanto, avaliações sobre a massa óssea e a idade do paciente precisam ser consideradas.

Tratamento de canal


Essa é possivelmente a técnica mais utilizada pelos dentistas e é a mais conhecida pela população geral. Na prática, ela foca, especialmente, nas fraturas dentárias ou nos casos em que os microrganismos cariogênicos tenham atingido os tecidos moles do dente.

Aqui o dentista irá remover a parte lesionada da superfície dentária e, posteriormente, irá extrair a polpa infectada. Depois é feita a desinfecção química do local e o preenchimento da cavidade.

Esse é um tratamento simples e bastante rápido, podendo ser finalizado em apenas uma consulta.

Facetas de porcelana


A lente de contato dental, como é popularmente conhecida, é um tratamento estético que visa harmonizar a aparência dos dentes e melhorar a estética do sorriso.

Ela consiste na confecção de placas ultrafinas de porcelana, que podem medir entre 0,3 e 0,5 milímetros e que são fixadas ao redor dos dentes originais para cobrir os defeitos aparentes como o escurecimento, trincos, quebras e disparidades de tamanho.

As facetas podem ser confeccionadas em diversos materiais diferentes, e são eles que determinam o quanto custa lente de contato dental e qual a sua durabilidade. No entanto, estima-se que elas possam resistir por até 20 anos.

Se realizado por um profissional experiente e qualificado, esse é um procedimento bastante seguro e rápido, podendo ser concluído em até três sessões. Contudo, é preciso alertar que pode ser necessário o desgaste dos dentes originais para a realização do processo.

Aparelho ortodôntico


O tratamento ortodôntico é responsável por consertar os problemas na formação estrutural dos dentes, ou seja, o encaixe incorreto das arcadas, o espaçamento inadequado entre os dentes, a falta de espaço no palato, entre outros aspectos da estrutura da cavidade.

Para que isso seja possível, o ortodontista irá utilizar a ajuda de aparelhos ortodônticos, como o aparelho invisível, que realizará a movimentação necessária para realocar os dentes na posição desejada.

Esse tipo de tratamento é mais demorado e exige muita colaboração do paciente, seja no compromisso com as manutenções ou na higienização adequada da cavidade bucal.

Quem pode fazer a reabilitação oral


A reabilitação oral é indicada para qualquer paciente que possua problemas estruturais ou estéticos, que estejam atrapalhando as tarefas diárias ou que causem algum tipo de insegurança ou desconforto social. É também recomendado para as pessoas que estejam sofrendo com dores, sensibilidade, perda de dentes ou escurecimentos.

Assim, caso haja interesse, é preciso verificar junto ao profissional a melhor forma de realizar os tratamentos, bem como a viabilidade. As consultas de rotina também se mostram fundamentais para a beleza e saúde bucal, sendo um momento que contribui para a identificação de tratamentos que possam ser necessários.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade

Compartilhe :Reabilitação oral: o que é e como é feita

MARCADORES [Coletividade Evolutiva] Bem-estar | Estilo de vida saudável | Recrie-se | saúde | Vida saudável


Autor: Colaboradores
São os parceiros ou escritores convidados que contribuem com o Coletividade Evolutiva com informações de qualidade sobre os diversos tópicos que cobrimos neste blog.