A ID2020 e as VACINAS: coletar dados das pessoas para uma marca de rastreamento global

Tecnologia: A ID2020 e as VACINAS: coletar dados das pessoas para uma marca de rastreamento global... A implementação da Agenda ID2020 , defendida e projetada por Bill Gates, é um tipo de programa centralizado para coleta de dados

Fabio Allves
Compartilhe:
A ID2020 e as VACINAS: coletar dados das pessoas para uma marca de rastreamento global

A implementação da Agenda ID2020 , defendida e projetada por Bill Gates, é um tipo de programa centralizado para coleta de dados, e traçar o perfil de cada pessoa do planeta para um rastreamento global, isso inclui contas bancárias das pessoas, hábitos de compras, registros de saúde, incluindo registros de vacinação, inclinações políticas e provavelmente até hábitos de namoro. - essa e a próxima fase do lançamento global da Marca da Besta que está ocorrendo na sequência da "pandemia" do coronavírus Wuhan (COVID-19).

Este programa centralizado de coleta de dados eletrônicos gerais traçará o perfil de cada cidadão e concederá acesso a todas as agências governamentais, departamentos de polícia e agências de três letras, bem como ao setor privado. Até 200 pontos de informação, e possivelmente mais com o passar do tempo, serão incluídos no programa.

Em um futuro breve, o programa provavelmente incluirá um chip implantável com transmissores de radiofrequência (RF) integrados que serão usados ​​para rastrear pessoas, bem como gerenciar suas finanças e atribuir-lhes créditos de pagamento pelo trabalho que fazem para que possam continuar a comprar e vender.

O parlamento alemão validou a Agenda ID2020 e o "pacote de vacinação" de Bill Gates para o despovoamento global


Em 29 de janeiro, o parlamento alemão validou a implementação da Agenda ID2020, que também estão ligados com informações de quem é vacinado ou não. Bill Gates já preparou o palco para um tipo de dispositivo que haverá microagulhas de ponto quântico, uma marca de identificação digital da ID2020 e um dispositivo humano implantável para comprar e vender criptomoeda com o número de patente de # 060606 . O ID digital virá na forma de algo chamado passaporte de imunidade.

Se o governo pode usá-lo contra você, a Alemanha quer abrigá-lo no banco de dados da Agenda ID2020, que foi projetado por nada menos que o eugenista bilionário Bill Gates como parte de seu "pacote de vacinação".

Apoiado pela Fundação Rockefeller, Accenture, Fórum Econômico Mundial (WEF) e Aliança Global para Vacinas e Imunização (GAVI), o programa visa injetar em cada ser humano microchips que podem ser acessados ​​remotamente usando 5G e tecnologias 6G subsequentes.

Os parceiros privados do programa incluem muitos nomes das gigantes farmacêuticas, como Johnson & Johnson (J&J), GlaxoSmithKline (GSK), Merck & Co. e, claro, a Fundação Bill & Melinda Gates como sempre envolvido na globalização e redução populacional.

De acordo com Peter Koenig, que escreve para a Global Research (Canadá), o ID2020 está se preparando para ser "implantado para rastreio de vacina" e "acessível remotamente por computadores, robôs ou algoritmos com EM".

A Comissão Corona extra-governamental alemã, composta por centenas de médicos, virologistas, imunologistas, professores universitários - e advogados, incluindo o Dr. Reiner Füllmich , co-fundador da Comissão, tem preocupações especiais que as atuais vacinas Corona (Pfizer, Moderna), pode incluir nanopartículas que podem ser acessíveis à radiação eletromagnética, ou seja, 5G e 6G subsequente.

A adoção da Agenda ID2020 ainda precisa ser aprovada pelo Conselho Federal Alemão, mas há poucas chances de que o Conselho a rejeite.

Marca da besta da Agenda ID2020 da Suíça vai ser votada no início de março


Na vizinha Suíça, os eleitores terão a chance em 7 de março de aprovar a versão daquele país da Agenda ID2020, um sistema de identificação totalmente eletrônico que vinculará “tudo a tudo de cada cidadão”.

Se a medida for aprovada, o governo suíço planeja terceirizar a gestão do programa para o setor privado, o que significa que empresas farmacêuticas, grandes bancos e seguradoras comprarão e venderão dados privados de pessoas para obter lucro.

Os primeiros testes dessa tecnologia já ocorreram em vilas remotas de Bangladesh, onde pessoas pobres foram injetadas com microchips sob o pretexto de serem "vacinadas".

Este é exatamente o tipo de coisa que Bill Gates e outros maníacos genocidas querem ver implementado em todo o mundo. Cada pessoa eventualmente terá que receber um chip de identificação e de confirmação de “vacina” (passaporte de imunidade), e os sistemas 5G / 6G sendo instalados em cada telhado de igreja e poste de canto serão usados ​​para programar e controlar esse rebanho global de seres humanos que restarem na nova ordem mundial.

Tudo isso com o propósito de manter as pessoas “seguras” contra os germes chineses, é claro. Simplesmente não há outra maneira de manter o “vírus” sob controle, insiste a elite.

“Com um campo eletromagnético e com ondas EM 5G / 6G permitindo entradas e acesso de dados em seu corpo - o controle de cada indivíduo é quase completo”, alerta Koenig. “O 'quase' refere-se ao acesso planejado às suas ondas cerebrais.”

“Isso deveria estar acontecendo por meio de uma Brain Computer Interface (BCI), chamada Neurolink - desenvolvida por Elon Musk. Apresenta uma interface de ondas eletrônicas com o cérebro humano que, a essa altura, já terá sido convertida em um campo eletromagnético (EMF), para que possa receber comandos digitais que influenciarão nosso comportamento, ou poderá ser desligada - RIP - como talvez seja mais conveniente para a Cabala Global. ” Concluiu, o analista de geopolítica Peter Koenig
Publicidade
Publicidade

Publicidade

Veja Também

Explore mais sobre:

Bill gates , Ciência , Ciência e tecnologia , Coronavírus , Covid-19 , descobrindo , Governo , Tecnologia , Coletividade Evolutiva , A ID2020 e as VACINAS: coletar dados das pessoas para uma marca de rastreamento global ,
Compartilhe:
RELATAR ERROS:
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.