O supercondutor:"Sol artificial" da Coreia do Sul quebra recorde mundial

Consciência e tecnologia - O supercondutor:"Sol artificial" da Coreia do Sul quebra recorde mundial

Compartilhe
O supercondutor:"Sol artificial" da Coreia do Sul quebra recorde mundial

Um dispositivo de fusão da Coreia do Sul conhecido como “sol artificial” estabeleceu um novo recorde mundial ao conseguir manter um plasma com temperatura iônica superior a 100 milhões de graus Celsius por 20 segundos. 

No dia 24 de novembro (2020), o Centro de Pesquisa KSTAR do Instituto Coreano de Energia de Fusão (KEF) anunciou que, em pesquisa conjunta com a Universidade Nacional de Seul (SNU) e a Universidade de Columbia dos Estados Unidos, conseguiu operação contínua de plasma por 20 segundos com uma temperatura de íons superior a 100 milhões de graus, que é uma das principais condições da fusão nuclear na Campanha de Plasma 2020 KSTAR

Para recriar as reações de fusão que ocorrem no Sol na Terra, os isótopos de hidrogênio devem ser colocados dentro de um dispositivo de fusão como o KSTAR para criar um estado de plasma onde íons e elétrons são separados, e os íons devem ser aquecidos e mantidos em altas temperaturas.

O KSTAR começou a operar o dispositivo em agosto passado e planeja continuar seu experimento de geração de plasma até 10 de dezembro, conduzindo um total de 110 experimentos de plasma que incluem operação de plasma de alto desempenho e experimentos de mitigação de interrupção de plasma, que são experimentos de pesquisa conjunta com pesquisas nacionais e internacionais organizações.

Além do sucesso na operação de plasma de alta temperatura, o Centro de Pesquisa KSTAR conduz experimentos em uma variedade de tópicos, incluindo pesquisas ITER, projetadas para resolver problemas complexos na pesquisa de fusão durante o restante do período de experimento.

O KSTAR vai compartilhar seus principais resultados de experimentos em 2020, incluindo este sucesso com pesquisadores de fusão em todo o mundo na Conferência de Energia de Fusão da IAEA, que será realizada em maio.

O objetivo final do KSTAR é ter sucesso em uma operação contínua de 300 segundos com uma temperatura de íons superior a 100 milhões de graus até 2025.


Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Por favor, considere apoiar o nosso site.Fazer uma doação agora!
Mais sobre Consciência e tecnologia
Compartilhe
Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade
Coletividade Evolutiva é uma mídia independente e alternativa, sem financiamento ou apoio por donos bilionários, políticos ou acionistas. Se gostou que acabou de ler, mostre seu apoio curtindo ou seguindo nas redes sociais, ou inscrevendo-se por E-mail para receber as últimas notícias. Siga.
Instagram | Facebook |Twitter |Telegram |>>NOS POIE

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram