Laser falante pode irradiar mensagens em sua cabeça e podem estar aqui em 5 anos, diz o Pentágono

Compartilhar
Laser falante pode irradiar mensagens em sua cabeça e podem estar aqui em 5 anos, diz o Pentágono

Pode soar como algo que você só vê na ficção científica, mas os especialistas dizem que podemos estar a apenas alguns anos de “lasers falantes” que têm o poder de enviar mensagens direto para nossas cabeças. Esse tipo de tecnologia não é novidade para quem está desperto, tecnologias de modificação e manipulação do clima já estão em ativa há um bom tempo. A arma laser ou Arma de Energia Direcionada, também é um fato real. Você também pode ver que os EUA concedeu 175 patentes de armas de modificação climática entre armas lasers entre outras.

Agora mais um aparato de arma para controlar sociedades no governo tecnocrata da nova ordem mundial está sendo preparado -  como parte de uma iniciativa militar chamada Diretoria Conjunta de Armas Não-Letais (JNLWP), o projeto visa criar armas a laser que podem transmitir fragmentos claros da fala humana a longas distâncias. Para realizar essa tarefa, a arma usa um princípio chamado Efeito de plasma induzido por laser, que envolve disparar um laser incrivelmente poderoso para criar uma bola de plasma e , em seguida, disparar um segundo laser para oscilar o plasma, criando ondas sonoras. Com rajadas de laser suficientes disparadas nas frequências certas, as vibrações de plasma podem realmente imitar a fala humana.

De acordo com o site de notícias MilitaryTimes.com , uma versão militar da arma pode estar disponível em apenas cinco anos. Em um vídeo compartilhado pelo The Times, uma versão inicial da arma mostra a frase "pare ou seremos forçados a atirar em você" em uma parede a vários metros de distância, usando apenas luz intermitente. Essa tecnologia permitirá que o pessoal militar direcione mensagens ou avisos a pessoas específicas, enquanto se expõe a um risco mínimo.

Cientistas do Pentágono disseram ao The Times que eles esperam implementar uma versão do laser que pode enviar mensagens claras a centenas de quilômetros de distância. Esse laser poderia disparar ordens de uma aeronave, comandar uma multidão distante ou dispersar ou alertar invasores para longe de instalações militares (como, digamos, a Área 51 que logo será invadida ).

O laser falante seria principalmente uma ferramenta de comunicação, disseram os pesquisadores - no entanto, pequenas variações podem tornar a arma útil para um controle mais agressivo de multidões. Por exemplo, os cientistas do JNLWP também estão testando lasers de plasma que podem queimar roupas e irritar a pele humana, e lasers que podem pulsar em frequências semelhantes às granadas flashbang (uma granada não letal que produz uma explosão de luz cegante e um som intensamente alto) . De acordo com o The Times, uma bola de laser de plasma que gera ondas sonoras a 155 decibéis (85 decibéis é o limite para danos auditivos ) poderia servir como um flashbang incrivelmente alto e infinitamente reutilizável.

Enquanto os militares continuam aprimorando essas granadas de laser de plasma, os pesquisadores do MIT estão trabalhando em uma versão do laser falante com foco mais civil . Esse laser prototípico, descrito na revista Optics Letters em janeiro, usa um feixe de laser para mexer as moléculas de água no ar perto do ouvido do ouvinte, causando colisões moleculares calculadas que produzem ondas sonoras. De acordo com os pesquisadores, seus lasers podem ser usados ​​para se comunicar com pessoas específicas em uma sala lotada ou alertar os indivíduos sobre uma situação perigosa.

Originalmente publicado na Live Science .
Compartilhar
Ajude-nos abrindo uma publicidade - Cique aqui
Ajude-nos abrindo uma publicidade - Cique aqui
Continue lendo após publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram