Coronavírus covid-19: Risco de infecção mais alto devido à deficiência de vitamina D

Compartilhar - estamos no |Telegram
Coronavírus covid-19: Risco de infecção mais alto devido à deficiência de vitamina D

A deficiência de vitamina D tornou-se uma preocupação global nos últimos anos, com estudos mostrando que cerca de 1 bilhão de pessoas em todo o mundo têm deficiência de vitamina D. E, para ser mais específico, estamos falando sobre o colecalciferol ( vitamina D3). Embora esses números já sejam preocupantes, eles provavelmente são ainda mais altos quando os pesquisadores descobrem que os níveis de vitamina D recomendados anteriormente eram muito baixos.

Essa deficiência generalizada é preocupante devido aos muitos papéis que a vitamina D desempenha em um corpo saudável. Embora a maioria das pessoas esteja familiarizada com o papel que desempenha na saúde do coração e na força óssea, muitas não percebem o quanto essa vitamina é essencial para um sistema imunológico saudável. De fato, estudos mostram que uma deficiência de vitamina D pode aumentar seu risco de influenza e infecção do trato respiratório, algo preocupante à medida que o mundo continua a combater o COVID-19.



Vários estudos mostram níveis de vitamina D fortemente ligados à função imunológica


Muitos estudos demonstraram a importância do colecalciferol para a função imunológica saudável. Mas os pesquisadores também descobriram que a uma ligação entre a deficiência de colecalciferol, influenza e infecções respiratórias.

Um estudo publicado na Epidemiology and Infection descobriu que crianças com deficiência de colecalciferol têm maior probabilidade de contrair infecções respiratórias, e a falta de vitamina D pode ser um estímulo sazonal da gripe. Outro estudo descobriu que há uma ligação entre a deficiência de colecalciferol e infecções do trato respiratório superior, e os cientistas acreditam que essa associação pode ser ainda mais forte em indivíduos que já têm doenças respiratórias.

A ligação entre a deficiência de colecalciferol e infecções respiratórias é crítica, pois atualmente estamos enfrentando o COVID-19 . Em muitas pessoas, o vírus resulta em infecções respiratórias graves e pode até causar danos aos pulmões.

Embora atualmente não haja estudos indicando que o colecalciferol possa ajudar especificamente a prevenir ou "tratar" o coronavírus, o vínculo entre a função imunológica e a vitamina D é irrefutável.



Veja o que o especialista em saúde Dr. Lair Ribeiro diz sobre a vitamina D.




Fatores comuns que causam uma deficiência de colecalciferol


Manter níveis saudáveis ​​de vitamina D não é fácil com o estilo de vida e a dieta moderna de hoje, por várias razões. Primeiro, a maioria das pessoas não está recebendo exposição solar suficiente, que é a principal maneira de obter mais dessa vitamina. Hoje, gastamos muito menos horas ao ar livre, e a maioria das pessoas usa protetores solares cheios de toxinas que reduzem a capacidade do corpo de absorver o colecalciferol.

Embora não haja muitos alimentos ricos em colecalciferol, mesmo aqueles que o fazem não são populares na dieta moderna de hoje. Os alimentos ricos em colecalciferol incluem gemas de ovos, óleo de fígado de peixe, carnes de órgãos e salmão.

Como o colecalciferol é solúvel em gordura, o intestino deve ser capaz de absorver gorduras alimentares para obter o suficiente dessa vitamina. Muitas pessoas lidam com problemas como intestino permeável como resultado da ingestão de alimentos inflamatórios e da ingestão de toxinas, o que dificulta a absorção de vitaminas pelo organismo.

No entanto, não é impossível aumentar seus níveis de colecalciferol. Profissionais de saúde integrados sugerem tomar 5.000 UI diariamente para adultos saudáveis, a fim de prevenir a deficiência de vitamina D. Também é fundamental garantir que seu suplemento inclua vitamina K2 e outros cofatores como boro, zinco e magnésio - pois eles trabalham juntos para melhorar a taxa de absorção.

Lembre-se de que, como o colecalciferol pode se acumular ao longo do tempo - se você optar por suplementar com quantidades maiores - é essencial verificar os níveis de vitamina D a cada poucos meses enquanto toma um suplemento. É um ótimo lema para viver de acordo com "teste, não adivinhe."




Fonte: N aturalhealth365.com/
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Compartilhar

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram