Cerca de 70% dos embalsamadores relatam coágulos sanguíneos estranhos desde meados de 2021 - início da vacinação COVID

Em uma entrevista exclusiva ao The Defender, o ex-major da Força Aérea Thomas Haviland compartilhou o resultado de sua pesquisa com embalsamadores.

Coletividade EvolutivaCoronavírusCerca de 70% dos embalsamadores relatam coágulos sanguíneos estranhos desde meados de 2021 - início da vacinação COVID

Cerca de 70% dos embalsamadores relatam encontrar coágulos sanguíneos estranhos desde meados de 2021 - início da vacinação COVID

Em meados de 2021, embalsamadores começaram a retirar coágulos de sangue fibrosos e brancos de cadáveres. Alguns dos embalsamadores preservaram alguns desses coágulos e falaram sobre suas descobertas em filmes independentes e canais de mídia independentes.

Esse fenômeno coincidiu com o lançamento das vacinas experimentais contra a COVID-19. Essas injeções já estavam causando inflamação cardíaca, coágulos sanguíneos incomuns e trombocitopenia trombótica induzida por vacina, mas nada parecido com isso havia sido visto antes. 

Desde que surgiram as notícias sobre os estranhos coágulos sanguíneos, um major da Força Aérea chamado Thomas Haviland vem investigando. Ele pesquisou embalsamadores ao redor do mundo para saber mais sobre essa realidade abominável.

Misteriosos Coágulos Sanguíneos Fibrosos em Cadáveres Intrigam Profissionais


Um recente estudo conduzido pelo ex-engenheiro elétrico da Força Aérea dos EUA, Major Haviland, revelou uma descoberta alarmante entre embalsamadores em quatro grandes países e três continentes. 

Os profissionais relataram a presença de estranhos coágulos de sangue fibrosos em cadáveres que não era possível encontrar antes das vacinações experimentais mRNA COVID-19 - uma observação que levanta questões significativas sobre as correlações com eventos recentes, como a pandemia de COVID-19 e a campanha global de vacinação.

A Pesquisa e Resultados Inquietantes


A pesquisa abrangeu 269 embalsamadores, uma amostra diversificada espalhada globalmente, incluindo profissionais dos Estados Unidos, Europa, Ásia e África. Foram abordados temas como o tipo de coágulos sanguíneos encontrados, a porcentagem de corpos afetados e a faixa etária dos falecidos.

Os resultados foram surpreendentes. Cerca de 70% dos embalsamadores relataram encontrar coágulos brancos fibrosos que nunca haviam encontrado antes em suas carreiras. Esses coágulos desconhecidos, que nãos eram vistos antes do advento da vacina contra a COVID-19, geram preocupações adicionais sobre possíveis ligações entre a vacinação em massa e essas anomalias sanguíneas.

Alerta Ignorado: Comunidade Médica em Silêncio


Major Haviland enviou os resultados preocupantes ao CDC, à FDA e ao NIH em 9 de janeiro, buscando uma resposta oficial. No entanto, até o momento, o silêncio persiste. A falta de reconhecimento por parte das autoridades médicas levanta questionamentos sobre o possível envolvimento dessas instituições na crise, apontando para a relutância em abordar um tema que pode implicar erros médicos em larga escala e possíveis consequências fatais.

Histórico de Major Haviland e Resistência aos Mandatos de Vacinas


Major Haviland, com uma carreira distinta na Força Aérea dos EUA, teve seus 20 anos de serviço desonrados em 2021 devido a mandatos ilegais de vacinas contra a COVID-19. Discordando dessas imposições, ele optou por deixar seu emprego na defesa, destacando a extensão dos abusos e discriminações resultantes dessas medidas.

Em outubro de 2021, Haviland manifestou-se contra a obrigatoriedade da vacina, citando dados que indicavam uma alta incidência de casos de COVID-19 entre os "totalmente vacinados". Essa postura resultou em sua demissão, mas desde então, Haviland tem se dedicado a destacar questões críticas, incluindo os recentes achados sobre coágulos sanguíneos.

Apelo por Conscientização e Documentação Contínua


A pesquisa de Haviland destaca a necessidade urgente de uma investigação mais aprofundada sobre essa questão. O aparente silêncio das instituições médicas é preocupante, e a comunidade funerária é instada a documentar sistematicamente a presença desses coágulos sanguíneos em seus procedimentos.

Dada a gravidade do problema, esse relatório deve servir como um chamado à ação, com diretores funerários incentivando embalsamadores a registrar e compartilhar essas observações. A transparência e a disseminação de informações são cruciais para entender completamente a natureza desses coágulos sanguíneos e seu possível impacto na saúde pública global.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Siga-nos: | | e | Nos Apoie: Doar

OBTENHA aqui o Extrato de Própolis Verde com essa combinação: Vitamina B, E, C, D3, A, Selênio e Zinco. Aumente suas defesas naturais! Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui. Fortalece o sistema imunológico, Poderosa ação antioxidante (antienvelhecimento), Atua contra o processo de inflamação do organismo - anti-inflamatório, Combate problemas de saúde ocasionados nas vias respiratórias e Tem poderosa ação antifúngica, antibiótica, acelerando a cicatrização
Fechar Menu
Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco, Imunidade e Proteção, Fortalvit, 60 Cápsulas

VER

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR