Coletividade Evolutiva , Por que efeito colateral mortal induzido por vacina COVID está sendo escondido , Coronavírus , Covid-19 , Vacina , Vacinação ,

Por que efeito colateral mortal induzido por vacina COVID está sendo escondido

Os efeitos mortais das vacinas Covid estão acontecendo em todo o mundo - miocardite, pericardite e morte


Por que efeito colateral mortal induzido por vacina COVID está sendo escondido
Os efeitos mortais das vacinas Covid que está acontecendo em todo o mundo,[ inclusive no Brasil ], foi admitido pelo Ministério da Saúde do Japão - 2021

Conforme relato o renomado internista e cardiologista, Dr. Peter McCullough, ele tem visto cardiologistas ocasionalmente que olham perplexos e dizem que "nunca" veem miocardite induzida por vacina COVID-19. No entanto, dois estudos de coorte prospectivos mostram que a taxa de miocardite da vacina COVID-19 é de 2,5% por injeção.

Estou vendo casos quase todos os dias no consultório como internista e cardiologista. Como outros cardiologistas podem ficar cegos para esse maremoto de casos? - Dr. Peter McCullough

Aqui estão algumas explicações simples:

  • Quando um paciente morre repentinamente no campo, muitas vezes o médico nunca é notificado. Familiares distantes podem não conhecer os médicos assistentes. No caso dos jovens, pode não haver médico. Assim, o médico legista assina o atestado de óbito, muitas vezes, sem autópsia.
  • Os prontuários eletrônicos em clínicas e hospitais não estão bem vinculados aos registros de óbitos estaduais ou nacionais. Então, olhando em um gráfico por acaso, seria impossível saber se alguém havia morrido.

Pareceu-me que não eram suficientes. Algo mais deve explicar a cegueira entre os cardiologistas, particularmente para os casos não fatais. Então fiz uma enquete no Twitter (X).

Como você pode ver, uma vez que um paciente sofre miocardite vacinal, ele não retorna ao mesmo médico que recomendou a vacina. Os pacientes sentem-se decepcionados e queimados por não receberem o consentimento livre e esclarecido completo. Eles vão a outro médico que provavelmente os teria avisado para não tomar a vacina desde o início.

 Dr. Peter McCullough legendado, vale apena rever:


Análise mostra que estudos de miocardite induzida por vacina COVID esconderam sinal crítico de segurança


Uma nova análise revisada por pares de estudos sobre miocardite induzida por vacina COVID-19 em homens jovens mostra que muitos estudos esconderam um sinal de segurança importante ao não fornecer "estratificação adequada", de acordo com Vinay Prasad, M.D., M.P.H., coautor da revisão.

Uma nova análise revisada por pares de estudos sobre miocardite induzida por vacina COVID-19 em homens jovens mostra que muitos estudos esconderam um sinal de segurança importante ao não fornecer "estratificação adequada".

"Muitos estudos agrupam todos para esconder um sinal de segurança legítimo", disse Vinay Prasad, M.D., M.P.H., coautor da análise publicada no mês passado no European Journal of Clinical Investigation.

Estratificação significa isolar as pessoas em um estudo em grupos com base em fatores pertinentes, como idade e sexo, de acordo com Prasad, hematologista-oncologista e professor da Universidade da Califórnia, em São Francisco.

Ao agrupar todas as idades, sexos, dosagens e fabricantes de vacinas COVID-19, os pesquisadores "têm escondido e obscurecido o diálogo muito necessário - que é que nossas políticas de vacinas não precisam ser as mesmas para um homem de 16 anos e uma mulher de 87 anos", disse Prasad.

A estratificação é uma habilidade básica para desenvolver estatísticas médicas significativas, disse Prasad. Mas a revisão sistemática que ele conduziu descobriu que apenas um quarto dos estudos usou as quatro "variáveis elementares de estratificação" (ou seja, sexo, idade, número de dose e fabricante) ao relatar o maior risco de miocardite.

Prasad escreveu esta semana que o benefício líquido da vacinação para uma mulher na casa dos oitenta anos era diferente do benefício líquido da vacinação para um homem no final da adolescência.

"Já em julho de 2021, com colegas de matemática, cardiologia e pediatria, nos preocupamos que a dose 2 [da vacina COVID-19] fosse desfavorável em meninos adolescentes", disse Prasad. "Com dados emergentes do Reino Unido, ficou claro que, para alguns produtos e algumas doses, a miocardite pós-vacina excedeu a miocardite pós-doença."

Acontece que, quando você olha para a miocardite apenas nos grupos demográficos de maior risco - homens jovens que recebem uma segunda dose da Moderna - o risco é substancialmente maior do que quando você agrupa "meninos de 16 anos com sua bisavó".

"Isso deveria ser óbvio", acrescentou Prasad.

Prasad disse acreditar que os mandatos de vacinas contra a Covid-19 foram "sempre injustificados" e que apoia fortemente a revogação de qualquer lei desse tipo - especialmente os mandatos de vacina universitária que foram criados por "algum burocrata de nível médio" que não tinha conhecimento científico.

Obtenha o Extrato de Própolis Verde, Vitamina C, D e Zinco para melhor Imunidade e Proteção contra doenças oportunistas - Clique aqui


Siga-nos: | | e | Inscreva-se na nossa | Nos Apoie: Doar
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Fechar Menu
Entre em nosso Telegram

Entre para nosso canal do Telegram

ENTRAR

Nos siga no X (Twitter)

Compartilhamos nossos artigos e outras informações

SEGUIR

Apoie Coletividade Evolutiva - Doação

Apoie nosso projeto com uma contribuição.

DOAR