COP27: ONU quer PROIBIR combustíveis fósseis do planeta, o que levaria à fome e à morte de bilhões de pessoas

Os combustíveis fósseis são essenciais não apenas para a economia, mas também para a continuidade da própria civilização.


COP27: ONU quer PROIBIR combustíveis fósseis do planeta, o que levaria à fome e à morte de bilhões de pessoas

O presidente supostamente eleito pelo povo, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está completamente alinhado com a agenda genocida dos globalistas: Ele viajou à Conferência das Partes das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas 27 (COP27) no jatinho de José Seripieri Junior, ex-dono da Qualicorp, preso por esquema de corrupção. A reunião globalista da COP27 que ocorreu recentemente no Egito veio com apelos abertos para uma eliminação global e eventual proibição de todos os combustíveis fósseis. Se isso realmente acontecesse, bilhões de pessoas morreriam.

A Organização das Nações Unidas (ONU), uma das anfitriãs da COP27, parece estar de acordo com a eliminação dos combustíveis fósseis, embora nunca tenha feito uma análise de custo-benefício sobre a perspectiva. Uma pequena ilha no Pacífico Sul chamada Tuvalu, fez a proposta usando a seguinte declaração citada:

“Nós, portanto, nos unimos com 100 ganhadores do Prêmio Nobel da Paz e milhares de cientistas em todo o mundo para exortar os líderes mundiais a aderirem ao Tratado de Não Proliferação de Combustíveis Fósseis, para gerenciar uma transição justa dos combustíveis fósseis.”

Alguém se pergunta: o que Tuvalu quer dizer com o termo “transição justa?” Acabar com a maior parte da vida humana na Terra é considerado pelos globalistas a coisa “justa” a se fazer? Porque isso é o que a eliminação de todo o uso de combustível fóssil faria. (Relacionado: Hackeando o planeta: as consequências catastróficas da engenharia climática
)

Os combustíveis fósseis são essenciais não apenas para a economia, mas também para a continuidade da própria civilização. A população global atual é muito alta para ser sustentada com as técnicas da Idade da Pedra, cultivo e captura de alimentos e propagação.

Tuvalu está realmente CRESCENDO, não encolhendo


Tuvalu tem um machado para moer enquanto a ilha está desaparecendo lentamente. Não se sabe exatamente por que está desaparecendo, mas, como geralmente acontece, o “aquecimento global” está levando a culpa. (Relacionado: A mudança climática é um mito malicioso e perigoso
)

Políticos globalistas insistem que atividades humanas como cultivar alimentos, dirigir um carro e criar gado estão causando o aumento da temperatura do planeta, o que por sua vez está causando o aumento do nível dos oceanos e inundando países como Tuvalu.

Vamos supor, sem qualquer evidência, que Tuvalu poderia ser salvo eliminando o uso de combustível fóssil da economia global. Realmente valeria a pena se, digamos, dois bilhões de pessoas em outros lugares tivessem que morrer para que isso acontecesse? (Relacionado: A ditadura Corona foi apenas o teste - agora o controle total de CO2 está por vir
)

“Eu entendo que os membros de Gilligan's Island formaram um forte vínculo com sua casa, mas se eu tivesse que escolher entre sacrificar uma faixa de terra ou salvar 2 bilhões de pessoas, eu ficaria com o último”, diz Zero Hedge .

Outra pessoa compartilhou um artigo de “verificação de fatos” publicado em 2018, confirmando que Tuvalu não está, de fato, encolhendo como foi alegado na COP27. Pelo contrário, Tuvalu está crescendo em tamanho, o que desmascara completamente a narrativa anticombustível fóssil.(Relacionado: Mudanças climáticas são baseadas em narrativas falsas, diz ex-fundador do Greempeace, Patrick Moore
)

A verdade oculta na agenda globalista

É a farsa do aquecimento global que vai nos destruir. São os verdes loucos, falsos ambientalistas, hipócritas e presunçosos, que vão nos matar forçando-nos a abandonar os combustíveis fósseis e viver em um mundo frio e cruel onde os mais pobres morrerão de fome ou congelarão até a morte e onde os escolhidos poucos, a autodenominada elite, ignorarão a realidade, adorarão a eletricidade (feita a partir da diminuição dos combustíveis fósseis) e criarão uma crise pseudocientífica do nada para oprimir, suprimir e banir a humanidade, a decência, a dignidade e o respeito de nossas vidas..- Referência: Naturalnews
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico



Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.