Giorgia Meloni: Existe um plano para destruir nossa sociedade através da migração em massa

Há também um plano para a desconstrução da sociedade.

Giorgia Meloni: Existe um plano para destruir nossa sociedade através da migração em massa

A nova premiê da Itália, Giorgia Meloni: Este é um golpe particularmente duro para os defensores da migração em massa - Meloni os critica duramente: Em uma entrevista, ela alertou que os migrantes estão sendo direcionados para a Europa para desconstruir a sociedade de lá.

Giorgia Meloni, apresentou nesta terça-feira, 25, os objetivos da política de seu governo, respondendo a críticos nacionais e estrangeiros que temem que sua política de extrema-direita possa prejudicar a unidade europeia ou os direitos civis dos cidadãos italianos.

Em um discurso na Câmara dos Deputados, Giorgia Meloni criticou a União Europeia (UE) por nem sempre estar pronta para desafios, como a crise de energia dramática que agora ameaça famílias e empresas. Entretanto, ela prometeu que seu governo de coalizão com apenas quatro dias, que inclui aliados de direita e centro-direita, permanecerá fiel aos acordos da UE enquanto trabalha por mudanças em alguns deles, inclusive na estabilidade monetária.

Giorgia Meloni discutiu textualmente no Campus da Rádio Cusano em 19 de junho:

“Temos que entender que por trás dessa grande questão de imigração descontrolada não há uma tentativa episódica de pessoas que esperam acabar na Europa. Há um movimento organizado. Há realidades que estão trabalhando para trazer centenas de milhares para a Europa , de africanos, paquistaneses, afegãos, porque eles têm um plano: trazer centenas de milhares de pessoas desesperadas para o mercado europeu porque isso lhes dará mão de obra barata. Não é coincidência que Soros, o especulador financeiro, financie essas ONGs.

Há também um plano para a desconstrução da sociedade. É como tentar nos roubar nossa identidade, construir uma sociedade multicultural sem identidade, sem raízes, sem consciência, para que as pessoas possam se tornar igualmente consumidores à mercê do capital. 

Por que não acolhemos os venezuelanos passando por uma crise e guerra civil e, em vez disso, acolhemos os nigerianos e paquistaneses? Como muitos venezuelanos são descendentes de italianos, europeus e cristãos, não estão longe de nós e não interessam a quem quer implementar esse modelo de destruição social.

Soros é culpado pelo colapso financeiro de alguns países, incluindo a Itália. Por que essa pessoa deveria ser tão humana com os migrantes? A esquerda persegue um globalismo exagerado, sem identidade e sem raízes.

Eles não estão cientes de que as primeiras vítimas desse conceito são de fato imigrantes. Na grande maioria dos casos, são traficadas para a Europa sob falsos pretextos, promessas de uma vida que nunca terão ou ritos de vodu, como no caso das mulheres nigerianas que são forçadas à prostituição. Eu digo que isso não é humano." - Referência report24
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Sugestão de suplemento

Postar um comentário

0 Comentários

Fechar Menu