Eleições 2022 faça sua escolha: "há uma conspiração contra às liberdades e a democracia"?

O Brasil vive um tempo escuro para o exercício da liberdade política


Eleições 2022 faça sua escolha: "há uma conspiração contra às liberdades e a democracia"?

Estamos prestes tomar a decisão que pode ser o ponto de ruptura para o avanço da agenda globalista nessas eleições. E como cidadão não poderia ficar aqui sem deixar minhas considerações. Alguns dos Poderes do Brasil e instituições, tem agido de forma totalitária, privando e pisando tanto nos direitos constitucionais da população, quanto na "democracia": favorecendo um lado e desfavorecendo o outro, favorecendo o "representante dos banqueiros" e desfavorecendo o atual representante do povo — e isso fez o povo ver que suas diferenças que os dividem não podem continuar, mas sim, se unir em uma só voz: respeitem nossos direitos e nossa democracia.

Precisamos se opor às grandes invasões do governo e do estado na vida individual, precisamos apoiar nossa estrutura constitucional e defender as liberdades civis, além de defender os direitos de propriedade privada. Os sites são de fato propriedade privada, tanto quanto a casa de uma pessoa é propriedade privada. O Brasil vive um tempo escuro para o exercício da liberdade política – um dos piores, possivelmente, que já teve em sua história moderna.

Não estão mais em vigor o AI-5 e outras leis de repressão à atividade pública, mas constrói-se com empenho no Poder Judiciário, no Ministério Público e no Congresso Nacional, dia após dia, um sistema de perseguição oficial aos adversários políticos, às ideias não aprovadas nos consórcios da grande mídia, onde se decide hoje o que é o bem e o mal para a sociedade e a tudo aquilo que, de uma forma ou de outra, pode ser considerado como conservador, ou “de direita”.

Uma parte dos cidadãos, por este ordenamento, tem direito à proteção da lei; outra, aquela que o mecanismo judicial-parlamentar (e seus aliados) considera “nociva à democracia”, não tem. Ou melhor: pode ter ou não ter, conforme o caso, mas isso não dá segurança legal para ninguém – ou a lei vale sempre, e de forma igual para todos, ou não vale.

Lembre-se:
Não se pode ter uma forma de democracia quando o governo (ou representante) se considera superior aos cidadãos, quando não opera mais em benefício do povo, quando o povo não é mais capaz de agir pacificamente para reformar seu governo, quando os funcionários de instituições públicas deixarem de agir como servidores públicos, quando os eleitos não representarem mais a vontade do povo, quando o governo ou instituições violar rotineiramente os direitos do povo e perpetrar mais violência contra os cidadãos do que contra a classe criminosa, quando o governo os gastos são inexplicáveis ​​e inexplicáveis ​​quando o judiciário atua como tribunais de ordem em vez de justiça, e quando o governo ou representantes de instituições não está mais sujeito às leis da Constituição. 

Lembra quando a esquerda política foi o bastião do debate da liberdade de expressão contra a censura da direita religiosa? Bem, agora os esquerdistas têm uma religião (ou culto) própria e mudaram de ideia sobre a importância do diálogo aberto.

A Arte da Guerra: Dividindo para conquistar


Se você olhar para o mundo ao seu redor, parece haver uma grande agitação e divisão acontecendo. Você tem que ser a favor disso ou contra aquilo, senão você é uma pessoa terrível que merece ser punida de alguma forma. Essa instabilidade e desequilíbrio nas psiques pessoais e coletivas não é um acidente. Na verdade, é um recurso intencional que foi instigado inúmeras vezes, por eras. Toda essa divisão está sendo orquestrada por psicopatas em posições de poder e influência na tentativa de nos dividir.

Eles dominaram as técnicas da Arte da Guerra do antigo general chinês Sun Tzu , que inclui semear a divisão, promover o engano e atacar enquanto o inimigo está fraco e despreparado. A luta racial é uma de suas táticas mais valorizadas, mas há muitas outras.

Alguém realmente acredita que um dia teremos regras, regulamentos e agentes públicos suficientes para impor paz e harmonia à humanidade? Uma vez que tenhamos criminalizado todo tique de desrespeito ou discriminação contra outras raças, religiões, gêneros, formas corporais e sexualidades, alcançaremos a harmonia social? Uma vez que cada comunicação entre seres humanos seja monitorada pelos serviços centrais de segurança, teremos o fim de todos os crimes de violência? Quando todas as crianças forem vacinadas contra todas as doenças conhecidas, vamos exterminar as doenças?

Nossa sociedade é moldada pela crença de que 'Sim' é a resposta para as perguntas acima, aceitando que um Estado central forte é o único mecanismo através do qual alcançar a ordem social, saúde, segurança alimentar, bem-estar, padrões médicos, educação, ar limpo , segurança e uma lista de funções 'vitais' que variam de nação para nação.

A mente psicopata: Quem ataca severamente o povo e quem defende o povo?


Não esqueçamos que os psicopatas representam apenas cerca de 1% da população geral. Eles são atraídos para posições de poder, onde podem praticar um comportamento extremo de serviço a si mesmo, independentemente das consequências. Quanto mais alto na estrutura de poder 3D na Terra eles ficam, menos consequências eles enfrentam por suas ações. Isso se torna um jogo para ver o quão poderosos, controladores e influentes eles podem se tornar..

Lembre-se de que os psicopatas explorarão qualquer situação em seu próprio benefício e interesse próprio. Quanto mais cedo todos entendermos que esse é o modus operandi que eles seguem, não mais concordaremos tacitamente com o ciclo do Ordem pelo Caos. Dividir para conquistar será uma estratégia insidiosa que não funcionará mais em um coletivo desperto.

Os psicopatas que conquistaram posições de poder e controle querem nos manter artificialmente divididos. Eles têm interesse em nos manter focados em lutar um contra o outro para que a lente do escrutínio esteja fora deles. Eles estão absolutamente apavorados de que percebamos coletivamente o poder que temos. Eles temem o dia em que acordarmos e compreendamos que eles estão orquestrando situações que nos deixam com medo uns dos outros e com raiva uns dos outros. 

Vamos exercitar a dissolução das fronteiras artificiais que nos dividem. Caso contrário, seremos confusos, divididos e controlados. Nossas percepções serão distorcidas e desalinhadas com a verdade. Desconfie de qualquer meme cultural ou vírus da mente wetiko que justifique o dano intencional de outros, seja fisicamente, emocionalmente, financeiramente ou de outra forma, é algo a ser jogado fora na lata de lixo da consciência primitiva. Desconfie de qualquer ideologia que coloque um determinado grupo de pessoas acima ou abaixo de outros, dividindo-os do resto de nossa família humana.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Suplemento Multivitamínico

Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.