Nova ordem mundial

Fórum Econômico Mundial pede fim da propriedade de carros particulares

Coletividade Evolutiva
Nos Apoie: Doação
Fórum Econômico Mundial pede fim da propriedade de carros particulares

À luz do impulso para a energia verde, o Fórum Econômico Mundial disse que ações precisam ser tomadas para diminuir a dependência de metais críticos. Agora, o Fórum Econômico Mundial (WEF) está pedindo o fim da propriedade de carros particulares. (Claro que essa medida servirá apenas contra os pobres em primeira fase, depois se expande para outras classes sociais)

À medida que os países tentam migrar para fontes de energia renováveis, o Fórum Econômico Mundial está tentando diminuir a dependência global de metais críticos. Uma recomendação é limitar a propriedade privada de automóveis.

“Esta transição de combustíveis fósseis para renováveis ​​exigirá grandes suprimentos de metais críticos, como cobalto, lítio, níquel, para citar alguns”, disse o fórum em um relatório no início deste mês. “A escassez desses minerais críticos pode aumentar os custos das tecnologias de energia limpa.”

O grupo de lobby mundial com sede na Suíça sugeriu três maneiras de reduzir o preço de metais cruciais empregados em tudo, desde turbinas eólicas e iluminação eficiente até smartphones e automóveis elétricos.

O fórum mencionou que, apesar de ter programas de reciclagem em vigor, a mineração de minerais deverá aumentar cerca de 500% até 2050.

“Mais compartilhamento pode reduzir a propriedade de equipamentos ociosos e, portanto, o uso de materiais”, afirmou o grupo, citando dados que demonstram que o automóvel inglês médio é dirigido “apenas 4% do tempo”.

O fórum observou que programas para compartilhar veículos como “Getaround” e “BlueSG” ganharam popularidade em todo o mundo e são cruciais para reduzir a demanda por automóveis e tecnologia globalmente.

No entanto, não discutiu como o compartilhamento de carros pode ser usado com mais sucesso em um país como os EUA, onde a dependência de veículos particulares é alta e há escassez de transporte público nas áreas rurais e urbanas.

Embora a maioria das pessoas no mundo já possua telefones ou computadores pessoais, a pesquisa também observou que 39% dos trabalhadores internacionais também recebem laptops e telefones celulares.

Isso não é de todo eficiente em termos de recursos”, disse o relatório. “Manter um smartphone por cinco anos em vez de três reduz a pegada de carbono anual do telefone em 31%.”

De acordo com o relatório, as empresas precisam de incentivos para promover o reaproveitamento de produtos e recompensar os clientes comprometidos para impedir a abertura de novas minas. Fonte: GreatGameIndia.com
Publicidade
Publicidade

Continua após publicidade

Siga Coletividade Evolutiva nas redes sociais!
Publicidade
Compartilhe:
Nos Apoie com um donativo
Este artigo pode conter afirmações que refletem a opinião do autor
Ciência e tecnologia dinheiro Mundo Notícias alternativas Nova ordem mundial


RECENTES