Advogado abre processo contra o CDC por encobrir 45.000 mortes causadas por vacinas corona

Vacinação: Advogado abre processo contra o CDC por encobrir 45.000 mortes causadas por vacinas corona - Advogado abre processo contra o CDC com base na “declaração juramentada” do denunciante, alegando que 45.000 mortes são relatadas ao VAERS

Fabio Allves
Advogado abre processo contra o CDC com base na “declaração juramentada” do denunciante, alegando que 45.000 mortes são relatadas ao VAERS - tudo dentro de 3 dias após os disparos do COVID-19
Vídeo no final do artigo
O advogado de Ohio , Thomas Renz, foi um dos vários palestrantes no último fim de semana em uma conferência em Anaheim, Califórnia, onde anunciou que, com a ajuda do Frontline Doctors da América, estava entrando com um processo federal no Alabama com base em uma “declaração juramentada, sob ameaça de perjúrio”, de um suposto denunciante que afirma ter conhecimento de um encobrimento de mortes relatadas arquivado no Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS), operado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças CDC dos Estados Unidos.

Este denunciante alegou, sob juramento, que há pelo menos 45.000 mortes relatadas que ocorreram dentro de 3 dias após o recebimento de uma "vacina" COVID-19. O advogado Thomas Renz afirma que este relatório de 45.000 mortes é apenas de “um sistema” que reporta ao VAERS. Se realmente for o caso, é de se entender que no Brasil e em outros países não estão sendo diferentes.

Tohmas Renz anunciou que um denunciante apresentou uma declaração juramentada sob juramento atestando o fato de que o complexo militar-industrial americano está tentando encobrir o número massivo de mortes por vacinas que não estão sendo relatados publicamente.

“Estou entrando com papéis no tribunal federal hoje”, disse Renz a uma plateia animada - você pode assistir ao clipe abaixo.

“Jane Doe me deu algumas informações, ela é uma fonte, ela é uma denunciante. Estamos hoje submetendo à Justiça Federal, com base em declaração juramentada, sob ameaça de perjúrio essa mulher atestou isso, e é perita. Sabemos, com base no que ela disse, que houve pelo menos 45.000 mortes por esta vacina. ”

Realisticamente, mais de meio milhão de americanos estão mortos por causa de vacinas Covid


De acordo com Renz, existem até 12 sistemas diferentes que relatam mortes e ferimentos causados ​​por vacinas ao governo. Isso significa que o verdadeiro número de mortes por injeção do vírus chinês pode ser próximo a 540.000 pessoas.

“Quantos morreram realmente?” Renz perguntou. “E por que eles estão encobrindo isso? Essas pessoas estão assassinando pessoas. Isso é cumplicidade, no mínimo. As pessoas precisam estar na prisão. ”

Sabendo que os gigantes da tecnologia como o Google, YouTube, Facebook, Twitter etc, seriam rápidos em censurar seu discurso no YouTube e nas plataformas de mídia social - não se preocupe, você sempre encontrará esse tipo de conteúdo no Brighthon.com que nunca é censurado - Renz também deixou uma mensagem para a cabala tecnológica.

“Você (gigantes da tecnologia) é cúmplice de causar a morte, e mal posso esperar para processá-lo indefinidamente”, disse Renz, (referindo-se a corporações multinacionais como Google, Facebook e Twitter, todas envolvidas em um encobrimento maciço da verdade.)

Renz agradeceu aos médicos da linha de frente da América (
 Frontline Doctors da América,) por autorizá-lo a entrar com o processo no Alabama. Ele se dirigiu pessoalmente à Dra. Simone Gold e outros na organização que se manifestou no ano passado contra os esforços do estado médico profundo para silenciar os fatos.

“Obrigado a todos vocês que estão fazendo isso”, afirmou Renz.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, por sua vez, afirmam, com base no que foi publicamente relatado no Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS), que apenas cerca de 11.000 pessoas morreram devido às vacinas contra a Covid. Muitos deles foram relatados bem além do cronograma de três dias pós-injeção avaliado pelo denunciante.

A Dra. Judy Mikovits e o Dr. Andrew Wakefield estiveram presentes no mesmo evento, o que alertou que Anthony Fauci é uma “doninha Luciferiana” que não deve ser levada a sério.

“Estarei orando muito pela segurança do denunciante e pelo discernimento da equipe jurídica”, escreveu um comentarista em Brighthon.com.

“Não há dia que passe sem uma admissão de cair o queixo de traição, assassinato descarado, roubo de dólares do contribuinte, fraude eleitoral e outros crimes contra o povo dos Estados Unidos por este governo falso eleito”, escreveu outro.

“Parece que o despovoamento está ocorrendo mais rapidamente do que o originalmente divulgado”, comentou outro. “Posso imaginar Bill Gates e seus companheiros gritando: 'A toda velocidade à frente!'”
CONTINUE LENDO APÓS PUBLICIDADE
CONTINUE LENDO APÓS PUBLICIDADE

Compartilhe :Advogado abre processo contra o CDC por encobrir 45.000 mortes causadas por vacinas corona

MARCADORES [Coletividade Evolutiva] Brasil | Ciência | Coronavírus | Covid-19 | descobrindo | Governo | manipulação | saúde | Sociedade | Sociedade e governo | Vacina | Vacinação


Autor: Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. REDES:Telegram -Instagram -BomPerfil -Likabout