Luteína tem benefícios tanto para os olhos quanto para o cérebro, revela estudo

Compartilhar - estamos no |Telegram
Luteína tem benefícios tanto para os olhos quanto para o cérebro, revela estudo

Novos estudos confirmam os importantes benefícios para a saúde ocular da luteína, mas esses estudos mais recentes estão descobrindo algo novo - a luteína também desempenha um papel essencial na saúde do cérebro. Além de prevenir doenças oculares relacionadas à idade, esta nova pesquisa mostra que pode prevenir o declínio cognitivo relacionado à idade e também melhorar a saúde geral do cérebro. Obter altos níveis dos dois carotenóides ajuda a prevenir doenças oculares relacionadas à idade, incluindo degeneração macular e catarata.

A luteína e a zeaxantina são os únicos carotenoides obtidos a partir de uma dieta que se acumulam na retina, particularmente na região da mácula, localizada na parte posterior do olho;De acordo com pesquisadores da Universidade de Sydney, Austrália, como são encontrados em quantidades concentradas na mácula, eles são conhecidos como pigmentos maculares.  A luteína e a zeaxantina também atuam como um bloqueador solar natural ao absorver o excesso de energia luminosa. Pesquisadores da Universidade de Nova Iorque (EUA), acreditam que elas protejam olhos principalmente do espectro azul da luz.

Esses carotenoides podem ser encontrados principalmente em vegetais de folhas verdes escuras, assim como em outras frutas e vegetais mais coloridos. O repolho, agrião e espinafre são boas fontes de luteína, enquanto milho, gema de ovo e pimentão amarelo, de zeaxantina.

Meta-análise recente revela os benefícios da luteína para a saúde


Uma meta-análise de estudos randomizados publicados pela revista PLoS One no final de 2019 examinou mais de perto os efeitos dos suplementos de luteína em vários fatores de saúde ocular, como a densidade óptica do pigmento macular - que está relacionada à quantidade de carotenóides zeaxantina e carotenóides encontrado na parte central da retina.



A luteína macular ajuda a filtrar a luz azul prejudicial e evita danos oxidativos, prevenindo problemas oculares relacionados à idade. Os pesquisadores descobriram, analisando nove ensaios diferentes, que a suplementação de luteína estava associada a uma melhor acuidade visual, sensibilidade ao contraste e níveis mais altos de densidade óptica do pigmento macular.

Pesquisadores descobrem que a luteína também oferece benefícios cerebrais


Também no final de 2019, o The Journal of Aging Research fez uma investigação sobre luteína e zeaxantina, dando a 33 participantes 10 mg de luteína e 2 mg de zeaxantina e dando a 14 participantes um placebo. Eles não apenas mediram a densidade óptica do pigmento macular para verificar os níveis retinianos de zeaxantina e luteína, mas também realizaram ressonância magnética (MRI) do cérebro antes e após o tratamento.

Entre os participantes que tiveram um aumento significativo na densidade óptica do pigmento macular como resultado da suplementação, eles descobriram que houve menos declínio no volume cerebral pré-frontal e total da massa cinzenta quando comparados àqueles que não responderam bem aos suplementos de luteína e zeaxantina .

Outros estudos nos últimos anos também descobriram que níveis mais altos de luteína estão ligados a respostas neurais mais jovens , e acredita-se que alimentos e suplementos ricos em luteína possam ter um efeito protetor contra o declínio cognitivo relacionado à idade.

Verificou-se que a luteína oferece outros benefícios à saúde além da saúde ocular e cerebral. Estudos também descobriram que:

  • Combinar esse carotenóide natural com zeaxantina e vitamina E melhora a função pulmonar
  • Dietas ricas em carotenóides podem ajudar a reduzir o excesso de colesterol
  • Existe uma ligação entre baixos níveis de carotenóides e câncer de próstata
  • A gravidade da insuficiência cardíaca congestiva é pior se os níveis plasmáticos de antioxidantes forem baixos

Como você pode obter mais desse carotenóide em sua dieta? É encontrado principalmente em vegetais folhosos e verdes, como couve, couve e acelga. Também está em frutas e legumes amarelos e alaranjados, e as gemas são uma excelente fonte também. Outros alimentos incluem brócolis, abacate, cereja, framboesa, pimentão amarelo e vermelho e cenoura.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Compartilhar

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram