Siga-nos no Telegram |Telegram |As redes sociais estão com uma extrema censura coordenada...

Coronavírus está no ar e um novo estudo comprova

Coronavírus está no ar e um novo estudo comprova

A Organização Mundial de Saúde, e as autoridades de "saúde" subjugadas dela, dizem sempre o mesmo, lave as mãos, tussa na manga, como se fossem uma solução realmente evitável, enquanto isso, não dizem sobre tomar remédios caseiros, vitaminas, e suplementação natural para manter o sistema imunológico poderoso, e assim manter-se blindado contra o vírus. Agora pesquisadores dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), da Universidade da Califórnia, em Los Angeles e da Universidade de Princeton colaboraram em um novo estudo sobre a capacidade de sobrevivência do novo coronavírus-covid-19 no ar e nas superfícies foram reveladas, e os resultados é alarmante.

Usando um nebulizador para colocar vestígios do novo vírus no ar, a equipe simulou o que acontece quando uma pessoa infectada tosse ou envia o patógeno para voar. Ao ar livre, ele permaneceu infectáveis por até três horas e em superfícies por até três dias, dependendo do tipo de superfície.

No cobre, que é inerentemente antimicrobiano, o coronavírus Wuhan (COVID-19) persistiu por até quatro horas. No papelão, sobreviveu por até um dia. E em plástico e aço inoxidável, o novo vírus durou dois ou três dias, dependendo da temperatura e da umidade.

"Não estamos dizendo de forma alguma que exista transmissão aerossolizada do vírus", afirmou o principal autor do estudo, Neeltje van Doremalen, do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID), acrescentando a ressalva de que essa transmissão é "teoricamente possível".




A SARS tinha capacidade de sobrevivência semelhante, mas não se espalhou tão amplamente quanto o COVID-19 - o que há de diferente neste?


Uma coisa importante a ser observada é que, comparado a testes semelhantes que esse grupo realizou no coronavírus SARS (síndrome respiratória aguda grave) de 2003, ambos os vírus se comportaram de maneira semelhante no ar e nas superfícies. A diferença é que o coronavírus Wuhan (COVID-19) está se espalhando muito mais amplamente e com muito mais seriedade, o que levanta a questão: por quê?

A maior diferença que sabemos é que o coronavírus Wuhan (COVID-19) é transmissível por um período muito longo, sem apresentar sintomas. Como os pesquisadores explicam, aqueles infectados com o coronavírus Wuhan (COVID-19) "eliminam e transmitem o vírus enquanto são pré-sintomáticos ou assintomáticos".

Outros fatores que a equipe afirma ter “probabilidade de desempenhar um papel incluem a dose infecciosa necessária para estabelecer uma infecção, a estabilidade do vírus no muco e fatores ambientais como temperatura e umidade relativa do ar”.

Embora o estudo ainda não tenha sido revisto por pares, seus resultados já se correlacionam com outros que também demonstraram evidências sólidas de que o coronavírus Wuhan (COVID-19) é totalmente capaz desse tipo de "disseminação comunitária".

"O que precisamos fazer é lavar as mãos , sabendo que as pessoas infectadas podem estar contaminando as superfícies", diz Julie Fischer, professora de microbiologia da Universidade de Georgetown, que descreveu esse último estudo como um "trabalho sólido" que responde a muitas das perguntas do público sobre como se engajar na higiene preventiva adequada.

Van Doremalen também sugere manter as superfícies limpas com soluções desinfetantes, como água sanitária diluída, conhecidas por afastar vírus.

"Convocamos todos os dias os países a tomarem ações urgentes e agressivas", afirmou Tedros Adhanaom Ghebreyesus, chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), como parte da recente declaração de uma pandemia global por sua agência. "Tocamos a campainha do alarme alto e claro."


Fontes:
TheEpochTimes.com
Pandemic.news .
Estamos preocupados com a censura e exclusão da nossa página no Facebook. Por isso, incentivamos todos que desejam continuar a receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar.
Siga-nos nas redes para atualizaçõe | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram