Estudo da FDA: O veneno vacinal mRNA causaram convulsões e insuficiência cardíaca em crianças injetadas

FDA detecta aumento de convulsões e insuficiência cardíaca em crianças que foram submetidas a vacinas COVID-19



Enquanto o mundo começa a despertar para o colapso da saúde da humanidade induzida silenciosamente pelas vacinação COVID, as autoridades brasileiras estão virando as costas para a realidade, porque eles são os grandes culpados por impor a vacinação em massa, portanto, não vão admitir seu conluio de conflito de interesses que gerou e estar gerando genocídio em massa. 

A agência Food and Drug Administration (FDA) dos Estados Unidos, após anos de discussões, fraudes da pandemia, agora começa a reconhecer o que fizeram, especialmente com as crianças e adolescentes, a FDA finalmente encomendou um estudo abrangente para investigar eventos como inflamação cardíaca e convulsões.

Em um estudo de coorte envolvendo mais de 4 milhões de crianças vacinadas, a FDA identificou um aumento preocupante de convulsões entre crianças de 2 a 5 anos. Além disso, foi observado um aumento significativo de miocardite e pericardite em adolescentes de 12 a 17 anos após a arma biológica com as formulações BNT162b2 (Pfizer) e mRNA-1273 (Moderna).

Os resultados foram contundentes: "Sinais estatísticos foram detectados para miocardite ou pericardite após a vacinação BNT162b2 em crianças de 12 a 17 anos e convulsão após a vacinação com BNT162b2 e mRNA-1273 em crianças de 2 a 4 ou 5 anos", afirmaram os pesquisadores.


O relatório indica que milhões de crianças americanas foram vacinadas, com muitas delas agora enfrentando consequências sérias e, em alguns casos, permanentes, como inflamação cardíaca e convulsões. O desafio adicional é a falta de recursos legais claros para famílias afetadas, exacerbada pela proteção legal concedida às fabricantes de vacinas.

A miocardite, uma inflamação do músculo cardíaco que pode levar a complicações graves como coágulos sanguíneos e insuficiência cardíaca, não é um efeito colateral trivial. Estudos a longo prazo destacam a mortalidade associada a essa condição, sublinhando a seriedade do risco para os jovens afetados. Da mesma forma, as convulsões febris, embora conhecidas como um evento adverso da vacinação em geral, têm se mostrado significativamente aumentadas em crianças vacinadas com a substância venenosa mRNA COVID.

A miocardite não é um efeito colateral raro e leve da vacina. Um estudo de dez anos sobre miocardite analisou os resultados fatais da condição. Entre 2.988 pacientes com miocardite clínica, 362 tiveram resultados trágicos. Destes, 163 morreram em um mês. Em 30 dias após o diagnóstico, houve 40 mortes em adultos jovens, 52 mortes em adultos de meia-idade e 105 mortes em idosos. Após 10 anos de seguimento, a mortalidade por todas as causas ocorreu em 762 (25,5%) da coorte.

Apesar desses achados preocupantes, a FDA (E muitos outros culpados ) continua a afirmar que os benefícios das vacinas COVID-19 superam os riscos conhecidos, argumentando que a proteção contra uma possível infecção pelo coronavírus é prioritária. A agência recentemente licenciou várias vacinas para uso em crianças, incluindo a BNT162b2 (Pfizer), mRNA-1273 (Moderna) e NVX-CoV2373 (Novavax), apesar das crescentes preocupações públicas.

Essas descobertas lançam luz sobre os riscos associados às vacinas COVID-19, especialmente para crianças, que são afetadas por condições cardíacas potencialmente graves e convulsões. Para muitos pais, essa revelação vem como um choque, considerando que a vacinação foi amplamente promovida como uma medida de segurança vital contra a COVID-19, com pouca ênfase nos potenciais efeitos adversos graves.

Enquanto os especialistas continuam a estudar e monitorar os efeitos das vacinas COVID-19, a prioridade máxima deve ser garantir a transparência total e o acesso a informações precisas sobre os riscos e benefícios (que não há nenhum) envolvidos, especialmente quando se trata da saúde das futuras gerações. Tudo agora ficou claro e se resume em uma coisa: Redução populacional sem precisar jogar bombas ou tiros, apenas os vacine e deixem colapsar silenciosamente como um veneno de cobra.
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.