A nova vacina quimera de Gates para poliomielite recebeu autorização de uso emergencial da Organização Mundial da Saúde

O eugenista Bill Gates e um dos maiores financiadores da OMS, lança nova vacina da poliomielite, doença causada por vacina.


A nova vacina quimera de Gates para poliomielite recebeu autorização de uso emergencial da Organização Mundial da Saúde

Foi apenas uma questão de tempo até que o bilionário eugenista Bill Gates e um dos maiores financiadores da Organização Mundial da Saúde (OMS), descobrisse que poderia capitalizar o financiamento de novas “vacinas” para doenças que ele mesmo causou com suas injeções anteriores. A doença que ele está perseguindo agora é a poliomielite – poliomielite causada pela vacina , só para esclarecer – e sua “cura” é outra nova injeção atualmente em desenvolvimento.

Atualmente, existem 25 países diferentes relatando casos de poliomielite causada por vacinas, e as autoridades de saúde pública se recusam a reconhecer a conexão com as vacinas. Em vez disso, eles estão promovendo mais vacinas, embora essas estejam sendo ajustadas para supostamente tornar a reativação menos provável.

Ananda Bandyopadhyay, vice-diretora de poliomielite da Fundação Bill & Melinda Gates, diz que três “modificações independentes” foram feitas na vacina para torná-la mais segura e menos propensa a causar poliomielite.

“Por exemplo, eles alteraram a polimerase, uma das principais enzimas responsáveis ​​pela introdução de mutações, reduzindo sua capacidade de misturar e combinar genes de diferentes vírus”.

A nova vacina de Gates já está disponível sob autorização de uso emergencial da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ele ainda não recebeu aprovação total, assim como as “vacinas” do coronavírus (COVID-19), o que significa que ainda está tecnicamente em desenvolvimento/experimento.

Desde março de 2021, 265 milhões de doses foram administradas a crianças em 14 países, a maioria deles na África. A poliomielite causada pela vacina é desenfreada em toda a África porque é onde Gates concentrou grande parte de sua atenção ao longo dos anos.

A fim de erradicar o flagelo da poliomielite induzida por injeções em todo o terceiro mundo, que ele desencadeou em grande parte pela vacinação em massa de pessoas pobres com vacinas contra a poliomielite nos últimos 15 anos, Gates está financiando a criação de outra que supostamente reverterá esse dano.

Bilhões de dólares já foram gastos para “erradicar” a pólio no mundo em desenvolvimento, e agora outros bilhões estão sendo gastos para erradicar seus efeitos colaterais, que ironicamente incluem a própria pólio.

Um relatório da NPR atribui o aumento da poliomielite às vacinas orais que contêm o vírus vivo. Nos Estados Unidos e em outros países ocidentais, um vírus inativado é usado.

A alegação é que as vacinas orais com o vírus vivo são baratas e conferem imunidade vitalícia. Mas como isso pode acontecer quando as próprias injeções estão fazendo com que as pessoas contraiam poliomielite? Esta é a resposta da NPR :

“Aqueles que foram imunizados com vírus vivo podem expulsá-lo nas fezes, que pode se espalhar pelo esgoto em locais com saneamento precário. Se o vírus permanecer fraco, pode expor os não vacinados à poliomielite e dar-lhes imunidade. Mas se sofrer uma mutação e recuperar a virulência, alguém que não seja vacinado pode ficar doente com poliomielite derivada da vacina após o contato com as águas residuais contaminadas”.

“Foi tudo uma mentira propagada por Julian Huxley e pela UNESCO”.“O irmão de Julian Huxley, Aldus, escreveu sobre o plano de envenenar a humanidade com 'remédios... Um Admirável Mundo Novo , eu me pergunto de onde ele tirou a ideia?”

Deixo aqui mais essa citação de Aldous Leonard Huxley para sua reflexão - Mais conhecido pelos seus romances, como o livro Admirável Mundo Novo e diversos outros ensaios.

Haverá, na próxima geração, um método farmacológico de fazer as pessoas amarem sua servidão e produzirem ditadura sem lágrimas, por assim dizer, produzindo um tipo de campo de concentração indolor para sociedades inteiras, de modo que as pessoas terão de fato suas liberdades tiradas, mas preferirão apreciar isso, porque elas estarão distraídas de qualquer desejo de se rebelar por conta de propaganda ou lavagem cerebral (Mídia- TVs = a medo de algo), ou lavagem cerebral aprimorada por métodos farmacológicos (Doenças). E esta parece ser a revolução final. 
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Uma pequena pausa antes de continuar


Este site usa cookies e outros serviços para melhorar sua experiência. Ao usar nosso site, você concorda com nossa Política de Privacidade e Termos.