Vacinação

Evidência: “Vacinas” COVID podem levar um ano ou mais para assassinar suas vítimas silenciosamente

Vacinação: Em todos os lugares pessoas estão dizendo que estão vendo familiares, amigos e vizinhos totalmente vacinados caindo mortos de repente ou sof...

Coletividade Evolutiva
Compartilhe:
Nos Apoie
Evidência: "Vacinas" COVID podem levar um ano ou mais para assassinar suas vitimas silenciosamente

Em todos os lugares pessoas estão dizendo que estão vendo familiares, amigos e vizinhos totalmente vacinados caindo mortos de repente ou sofrendo algum problema de saúde grave, mesmo quando antes, eram completamente saudáveis. Surgiram novas provas  mostrando que a morte pela “vacina” do coronavírus COVID-19 nem sempre é uma coisa imediata.

O Dr. Avindra Nath, um médico do Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) que cuida dos feridos pela vacina, disse que conheceu pessoalmente um homem de 61 anos anteriormente saudável que morreu cerca de um ano depois de ser injetado para Gripe Covid. Poucos dias após a injeção, o homem desenvolveu neuropatia grave. E ao longo do ano seguinte, seu corpo gradualmente coagulou antes que ele sofresse um derrame maciço e morresse.

O NHS sabe sobre este caso, mas ainda se recusa a reconhecê-lo – ou qualquer um dos outros casos semelhantes, para esse assunto. “O legista confirmou que a vacina causou a morte”, relatou o pesquisador Steve Kirsch. (Relacionado : O TIRO SAIU PELA CULATRA: Estação de TV busca relatos de mortes de pessoas não vacinados é inundada com relatos de ferimentos e morte por vacina)

“Este homem estava perfeitamente saudável antes da vacina e sua saúde mudou poucos dias depois, com sintomas consistentes com eventos adversos graves da vacina. Os coágulos sanguíneos na autópsia são exclusivos dos receptores da vacina COVID e não foram vistos em anos anteriores”.

Nenhuma agência governamental ou não governamental de saúde vão culpar vacinas por tantas mortes induzida pela vacina, sempre culparão as próprias pessoas por obter alguma doença, mas não dirão que foram por conta de vacinas, porque o lobby e dinheiro é o que manda e custa a vida dessas vítimas. (Recomendado: Vacinados contra COVID-19 poderão MORRER nos próximos anos, de acordo o virologista Luc Montagnier)

Confessar isso seria confessar seus próprios crimes contra a humanidade/ sociedade/ cidadãos, por que foram os mesmos que empurraram essas injeções mortais para o público desavisado - nunca deveriam ter sido lançados em primeiro lugar porque são perigosos e ineficazes na prevenção de doenças, e sabemos que são altamente eficazes para causar mortes e transmissões de novas doenças – embora possa demorar um pouco para que os eventos adversos apareçam.

“A linha de fundo é esta: a 'janela de morte' para a vacina não é de dias ou semanas; é pelo menos um ano e possivelmente mais ”, disse Kirsch. 

“Então, só porque você recebeu sua vacina e ainda está vivo 3 meses depois, isso não significa que você está fora de perigo.”

Kirsch pediu a seus leitores que relatassem quaisquer casos que eles conheçam em que uma pessoa tenha morrido por causa de uma ou mais injeções mais de um ano depois de ser injetado. A seguir, algumas de suas histórias. (Relacionado: PROJETADAS PARA MATAR LENTAMENTE: as vacinas Covid induzem a falha do sistema imunológico que pode causar morte por qualquer doença
)

Uma pessoa escreveu que conhece pelo menos quatro homens, todos na faixa dos 40 e 50 anos, que de repente caíram mortos em algum momento após serem injetados. Outra escreveu que seu filho de 41 anos estava anteriormente com boa saúde, mas de repente morreu de parada cardíaca depois de ser injetado com o veneno.

“Ele tomou duas injeções da Pfizer no ano passado”, escreveu a mãe. “O relatório do legista indicou que seu coração estava seriamente aumentado.”

Outra mulher chamada Margaret escreveu que sua amiga totalmente vacinada, que tinha 43 anos, morreu em 15 de abril de 2022. A amiga foi encontrada morta em sua cama e o relatório da autópsia disse que foi causado por um ataque cardíaco.

“Ela ganhou peso e tinha pressão alta”, explicou Margaret. “Quando você vê uma pessoa de 43 anos morrer durante o sono de um ataque cardíaco?”

Outra pessoa escreveu que sua prima de 60 anos, anteriormente saudável, sofreu uma série de mini-derrames após as injeções da gripe covid. Vários outros membros da família, também espetados, sofreram resultados ainda piores.

“Minha tia teve sua saúde arruinada por derrame e inflamação das artérias e teve que vender sua casa”, escreveu essa pessoa. “Meu tio saudável de 85 anos morreu, presumivelmente após a injeção de reforço, enquanto visitava sua família.”

“O parceiro da minha mãe teve deficiência cognitiva e morreu no hospital três semanas depois de relutantemente receber sua segunda injeção. Outro parente desenvolveu câncer pancreático súbito no estágio 4, enquanto o noivo do meu amigo sofreu convulsões que seu médico atribuiu à ansiedade pelo casamento.”

“Ninguém liga os pontos, mas é bastante óbvio”, concluiu esse mesmo comentarista sobre todos os incidentes. “Nunca tive tanta doença na família, nunca. Nenhum deles teve COVID, mas depois da injeção alguns pegaram.” Fonte
: / Steve Kirsch.substack.com 
Publicidade
Publicidade
Explore mais em: Coronavírus , Covid-19 , Mundo , Proteína Spike , Vacina , Vacinação
Compartilhe:
Nos Apoie com um donativo
Este artigo pode conter afirmações que refletem a opinião do autor

Para impulsionar sua saúde:

MAIS RECENTES