Vacinação

Covid-19: FDA, aprova 4ª dose da "vacina" de mRNA para maiores de 50 anos e 5ª dose para imunocomprometidos

Vacinação: O FDA, órgão dos Estados Unidos equivalente à Anvisa, autorizou em 29 de março de 2022, a aplicação da quarta dose da terapia genética cham...

Coletividade Evolutiva
Compartilhe:
Nos Apoie
Covid-19: FDA, dos Estados Unidos, aprova 4ª dose da vacina para maiores de 50 anos e 5ª dose para imunocomprometidos

O FDA, órgão dos Estados Unidos equivalente à Anvisa, autorizou em 29 de março de 2022, a aplicação da quarta dose da terapia genética chamada de vacina supostamente contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech ou da Moderna em pessoas com mais de 50 anos. 

Até então, a quarta dose só estava autorizada para pessoas com mais de 12 anos que apresentassem algum grau de imunossupressão.

Pessoas imunocomprometidas que já receberam quatro doses de vacina, sendo a última há pelo menos quatro meses, passam a ter direito a uma quinta dose do imunizante.

Em nota, a FDA disse ter baseado a decisão em evidências de que uma dose de reforço adicional, aplicada quatro meses depois da última, melhorou a proteção contra a Covid-19 grave e não esteve associada a novos problemas.

“As evidências atuais sugerem algum declínio da proteção ao longo do tempo contra formas graves da Covid-19 em indivíduos mais velhos e imunocomprometidos. Com base em uma análise de dados emergentes, uma segunda dose de reforço da vacina Pfizer/BioNTech ou da Moderna pode ajudar a aumentar os níveis de proteção para esses indivíduos de alto risco”, afirmou o diretor do Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica do FDA, Peter Marks, em nota.

“Além disso, os dados mostram que uma dose inicial de reforço é fundamental para ajudar a proteger todos os adultos das complicações potencialmente graves da Covid-19. Portanto, aqueles que não receberam sua dose inicial de reforço são fortemente encorajados a fazê-lo”, reforçou Marks.

Publicidade
Publicidade
Explore mais em: Coronavírus , Covid-19 , Vacina , Vacinação
Compartilhe:
Nos Apoie com um donativo
Este artigo pode conter afirmações que refletem a opinião do autor

Para impulsionar sua saúde:

MAIS RECENTES