Vídeos

AO VIVO: Audiência Pública sobre vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra Covid

Vídeos: AO VIVO: Audiência Pública sobre vacinação de crianças entre 5 e 11 anos contra Covid... audiência pública debate sobre inclusão de crianças no Plano Nacional de Imunização contra a covid

Coletividade Evolutiva
Compartilhe:


A Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (Secovid) realiza nesta terça-feira (4) uma audiência pública para debater com especialistas na área de saúde sobre a vacinação contra a covid-19 das crianças de cinco a 11 anos. O encontro ocorre das 10h às 13h na sede da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), em Brasília.

O uso da injeção da Pfizer de tecnologia experimental de mRNA em crianças de cinco a 11 anos foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) no dia 16 de dezembro. Cabe ao Ministério da Saúde, no entanto, incluir a substância para esta faixa etária na campanha nacional.

Veja mais sobre vacinas abaixo;

“A prova está aí. Eles estão matando nossos filhos” “Essas vacinas estão matando jovens e velhos, estão matando nossos filhos” Diz especialista.

O Dr. Bhakdi explica como e porque as “vacinas” baseadas no gene COVID desencadeiam a quebra das defesas imunológicas contra agentes infecciosos que permanecem latentes (“dormindo”) em nossos corpos. Estes incluem muitos vírus, como Herpes zoster (zona), vírus Epstein-Barr (mononucleose infecciosa), citomegalovírus, bactérias - particularmente tuberculose - e parasitas.

Além disso, nossos linfócitos sentinela são de vital importância na proteção contra tumores, pois exterminam rapidamente as células cancerosas que surgem continuamente em nosso corpo. “Vacina” - a destruição mediada desses linfócitos sentinela terá consequências globais desastrosas.

Pacientes com infecções “antigas” temidas, como tuberculose e tumores malignos, inundarão hospitais em todo o mundo.

Dr. Suchrit Bhakdi passou sua vida praticando, ensinando e pesquisando microbiologia médica e doenças infecciosas. Ele presidiu o Instituto de Microbiologia Médica e Higiene da Universidade Johannes Gutenberg de Mainz, Alemanha, de 1990 até sua aposentadoria em 2012.

Ele publicou mais de 300 artigos de pesquisa nas áreas de imunologia, bacteriologia, virologia e parasitologia, e atuou de 1990 a 2012 como Editor-Chefe da Medical Microbiology and Immunology, uma das primeiras revistas científicas da área fundada por Robert Koch em 1887.


Somente no aniversário de um ano da implementação do experimento genético em massa nos EUA, o VAERS (Vaccine Adverse Event Report System) atingiu a tenebrosa marca de mais de um milhão de notificações em razão dos efeitos adversos da vacina Covid utilizada para supostamente combater a Covid-19. Números atualizados até 24 de dezembro:

  • - 1.000.227 notificações;
  • - 21.002 mortes;
  • - 23.892 riscos de morte; 
  • - 35.650 debilidades permanentes;
  • - 110.609 internações hospitalares;
  • - 109.245 atendimentos de emergência; 
  • - 156.456 visitas a consultórios médicos;
  • - 36.492 reações alérgicas graves;
  • - 8.673 casos de anafilaxia;
  • - 22.117 casos de miocardite ou pericardite; 
  • - 10.640 ataques cardíacos;
  • - 12.532 casos de Síndrome de Bell;
  • - 3.453 abortos;
  • - 11.462 casos de herpes zoster.

Infelizmente essa audiência pública está cheia de representantes de entidades possivelmente envolvidas com conflitos de interseres. Onde estão os especialistas que vem sendo silenciados para debater nessa chamada audiência pública, que parece mais audiência para convencimento das massas por parte de entidades possivelmente envolvidas em conflitos de interesses? As vacinas Covid não tem sido seguras e nem eficazes, nem mesmo para os adultos jovens e velhos como poderia ser segura e eficaz para crianças que raramente ficam doentes por Covid?
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Veja mais sobre:

Brasil Governo Sociedade Vacina Vacinação Vídeos
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Se você gosta de informações como as que publicamos, por favor, considere fazer uma doação para nos ajudar a manter nosso trabalho e o Coletividade Evolutiva disponível | FAZER UMA DOAÇÃO |

MAIS RECENTES