Sociedade

ARMADILHA: Ministério da Saúde fornece "consulta pública" com coleta de dados e perguntas que induzem ao consentimento da vacinação de crianças

Sociedade: ARMADILHA: Ministério da Saúde fornece "consulta pública" com coleta de dados e perguntas que induzem ao consentimento da vacinação de crianças... A consulta fica claramente não publica, mais privada, porque os cidadãos não podem acompanhar em tempo real.

Coletividade Evolutiva
Compartilhe:


É incrível, se não trágico ver um órgão de tal magnitude recorrer a um formulário da plataforma Microsoft Forms para uma consulta pública em todo o Brasil, no qual, coleta dados importantes dos cidadãos e não forneceram nenhuma diretriz sobre a privacidade dos dados ou garantias.

Porque a consulta não foi no site do Governo como tantas outras é que torna ainda mais suspeito a trama. A consulta fica claramente não publica, mais privada, porque os cidadãos não podem acompanhar em tempo real o que está sendo votado, isso é plausível de possível fraude, porque os dados ficam a critérios dos bastidores do formulário.

Marcos Oliari🇧🇷 Canal observa alguns pontos importantes: Depois de responder várias perguntas sobre sexo, raça, data de nascimento, CPF, telefone e até sobre onde conseguiu a informação que está havendo uma consulta pública, você chegará às perguntas que realmente importam. Abaixo segue exemplo;

14 - Você concorda com a vacinação em crianças de 5 a 11 anos de forma não compulsória conforme propõe o Ministério da Saúde?

(x ) Sim ( ) Não

👉 Essa 14 é pegadinha (Armadilha). Já estabelece a premissa de que você concorda com a vacina para crianças, só quer saber se você aceita de forma compulsória (obrigatória) ou não, mas que já concorda com a vacinação de crianças.

15 - Você concorda com a priorização, no Programa Nacional de Imunização, de crianças de 5 a 11 anos com comorbidades consideradas de risco para COVID-19 grave e aquelas com deficiência permanente para iniciarem a vacinação? 

( ) Sim (x) Não

16 - Você concorda que o benefício da vacinação contra a COVID-19 para crianças de 5 a 11 anos deve ser analisado, caso a caso, sendo importante a apresentação do termo de assentimento dos pais ou responsáveis?

( x) Sim ( ) Não

17 - Você concorda que o benefício da vacinação contra a COVID-19 para crianças de 5 a 11 anos deve ser analisado caso a caso, sendo importante a prescrição da vacina pelos pediatras ou médico que acompanham as crianças?

(x) Sim ( ) Não

18 - Você concorda com a não obrigatoriedade da apresentação de carteira de vacinação para que as crianças frequentem as escolas ou outros estabelecimentos comerciais?

(x) Sim ( ) Não

19 - Você tem contribuições acerca do documento apresentado?

(x) Sim ( ) Não - comente seus motivos.

Na pergunta 14 não nos deixa opção (responda SIM), pois faltou o questionamento se você concorda em vacinar crianças com drogas experimentais, que obviamente seria NÃO.

[24/12 11:07] Marcos Oliari: 👆CONSULTA PÚBLICA VACINAÇÃO EM CRIANÇAS - Formulários suspeito para "consulta pública" aqui

A consulta vai ficar aberta até 2 de janeiro e qualquer pessoa pode participar preenchendo um formulário online. De acordo com o texto publicado no Diário Oficial da União, o período é aberto para que "sejam apresentadas contribuições, devidamente fundamentadas".

Além de apresentar perguntas que refletem o ponto de vista do governo em relação à vacinação infantil, o sistema adotado para coletar os dados apresentou problemas na manhã desta sexta, pois o primeiro formulário publicado atingiu o limite de contribuições em algumas horas e o ministério teve que publicar um novo link com um segundo formulário. 
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Veja mais sobre:

Brasil Governo manipulação Opinião Sociedade
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Se você gosta de informações como as que publicamos, por favor, considere fazer uma doação para nos ajudar a manter nosso trabalho e o Coletividade Evolutiva disponível | FAZER UMA DOAÇÃO |

MAIS RECENTES