Vacinação

ASILO triplamente vacinado sofre "surto de Covid" e atinge 18 idosos e 7 funcionários em jales... Reações agora são Covid?

Vacinação: De acordo com a Secretaria de Saúde, 18 idosos testaram positivo, sendo que três tiveram que ser internados na Unidade de Terapia Intensiva ...

Coletividade Evolutiva
Compartilhe:
Nos Apoie: Doação
ASILO triplamente vacinado sofre "surto de Covid" e atinge 18 idosos e 7 funcionários em jales... Reações agora são Covid?

De acordo com a Secretaria de Saúde, 18 idosos testaram positivo, sendo que três tiveram que ser internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa. Sete funcionários também foram diagnosticados com a doença apesar da vacinação tripla há 20 dias.

A prefeitura de Jales (SP) confirmou, que um surto de covid-19 atinge o Lar dos Velhinhos São Vicente de Paulo.

De acordo com a pasta, 18 idosos testaram positivo. Três tiveram que ser internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa, o que fez com que a ocupação subisse para 85%.

Sete funcionários também foram diagnosticados com a doença. Três estão supostamente recuperados e quatro seguem em isolamento domiciliar. Outros quarenta idosos aguardam resultado de exames para saber se foram infectados.

Ainda de acordo com a pasta, todos estavam imunizados contra a Covid-19, inclusive com a dose de reforço, que foi aplicada há 20 dias.

Em nota, a direção da instituição informou que está tomando todas as medidas visando a segurança dos idosos, tanto para resguardar a recuperação dos infectados quanto para não permitir uma proliferação ainda maior do "vírus" na entidade.

A Secretaria de Saúde disse que está acompanhando a situação e prestando toda assistência necessária.

"Não há registro de casos graves", diz a nota. Outros 41 testes foram realizados em moradores e funcionários do asilo, com resultado aguardado para os próximos dias. 

A comunidade médica e científica dizem que o maior benefício da vacina é coletivo, no entanto, o coletivo de lar de idosos totalmente vacinados mostram o contrário da narrativa médica e dita cientifica.

Essa não é a primeira vez que lar de idosos sofrem com suposto Covid após injeções


No Brasil, no Acre em um Lar de Idosos (Lar Vicentinos)- No dia 20 de janeiro de 2021, cerca de 69 pessoas, entre os idosos e os funcionários, começaram a ser vacinados com a primeira dose da vacina CoronaVac.

Especialistas dizem que a vacina leva 2 semanas para fazer efeito, no entanto, Agora mais que passado o prazo de efeito da vacina o Lar de repouso registrou um surto de Covid-19 em um grupo de 23 idosos, dos 54 que vivem no Lar Vicentinos, em Rio Branco, foram diagnosticados com Covid-19, nesse final de semana (para onde foram a eficácia e segurança?). A informação foi confirmada pela diretoria do abrigo, em nota, divulgada no domingo (28).

O lar de idosos El Salvador em Toledo, na Espanha, administrado pelos“ Mensageiros da Paz ”, começou a administrar as primeiras doses da vacina experimental da Pfizer em 13 de janeiro. Após seis dias, dez residentes começaram a demonstrar sintomas de COVID-19, o que resultou rapidamente em um grande número de residentes e funcionários apresentando sintomas. Em 2 de fevereiro, havia um total de nove residentes que morreram após a injeção, mais 5 no hospital e 33 membros da equipe que tiveram resultados positivos de acordo com os testes de PCR que na maioria das vezes acusam com falsos positivos.

No início de fevereiro, 35 religiosas católicas em Kentucky, Estados Unidos receberam a primeira dose da vacina da Pfizer. O convento foi completamente fechado, sem entrada ou saída, mas dois dias após as injeções, duas freiras morreram e 26 tiveram resultado positivo para o vírus.

Cenas semelhantes foram encontradas na Holanda , quando em 30 de janeiro de 106 residentes em uma casa de repouso em Amersfoort receberam sua primeira dose de uma injeção de COVID. Como em El Salvador, a casa não tinha visto nenhum caso do vírus desde o surgimento da infecção no ano passado. No entanto, em duas semanas, mais de 70 residentes testaram positivo para o vírus e, em 22 de fevereiro, vinte e dois residentes morreram.

Outro lar de idosos na Espanha administrou a primeira dose da vacina experimental da Pfizer no início de janeiro e, em 12 de janeiro, a equipe relatou um surto do vírus em casa. No final do mês, 46 residentes morreram, 28 dos 94 residentes testaram positivo para o vírus, bem como 12 funcionários. Saiba mais aqui

Publicidade

Explore mais em: Coronavírus , Covid-19 , Vacina , Vacinação
Compartilhe:
Nos Apoie com um donativo
Este artigo pode conter afirmações que refletem a opinião do autor

MAIS RECENTES