Vacinação

ÔMICRON: Eventos adversos das vacinas Covid sendo encoberto por sintomas de variantes

Vacinação: ÔMICRON: Eventos adversos das vacinas Covid sendo encoberto por sintomas de variantes... A nova variante 'Ômicron' do COVID-19 foi detectada pela primeira vez em quatro pessoas que foram totalmente vacinadas,

Fabio Allves
Compartilhe:
Eventos adversos das vacinas sendo encobrido por sintomas de variante ômicron

De acordo com uma declaração pública do governo do Botswana, a nova variante 'Ômicron' do COVID-19 foi detectada pela primeira vez em quatro pessoas que foram totalmente vacinadas. Isso por si só, nos faz retroceder aos especialistas independentes, que alertaram que vacinação em massa, iria desencadear variantes mais transmissíveis e muito mais mortais levando a uma catástrofe incontrolável.

De acordo com o relatório, quatro casos da nova variante foram relatados e registrados em 22 de novembro. “O relatório preliminar revelou que todos os quatro haviam sido completamente vacinados contra COVID-19”, de acordo com as autoridades de Botswana. Isso também quebra a falsa narrativa da grande mídia, que tem repetidamente feito falsas narrativas, acusando principalmente que variantes são consequências de pessoas não vacinadas.

Numa declaração subsequente, o governo revelou que a nova variante “foi detectada em quatro estrangeiros que entraram no Botswana a 7 de novembro de 2021, numa missão diplomática”.

Um dos sintomas listados da nova Variante Ômicron do Coronavírus; inclui o seguinte:

Uma série de complicações relacionadas ao coração podem ocorrer, incluindo insuficiência cardíaca, arritmias, inflamação do coração e coágulos sanguíneos - todos esses efeitos já são bem conhecidos que as injeções da Covid tem desencadeado.

Estes são alguns dos principais efeitos negativos das vacinas COVID principalmente entre os homens; o que levou a um aumento de 5 vezes nas mortes cardíacas súbitas e inexplicáveis ​​em jogadores da FIFA em 2021. Na verdade, desde dezembro, 183 atletas e treinadores profissionais entraram em colapso repentinamente, 108 mortos.

Parece que os genocidas que promoveram e impuseram repetidamente as injeções de morte lenta,  já estão usando os efeitos negativos das injeções sobre o pretexto de que surgiu do nada uma nova Variante Ômicron para disfarçar o rápido aumento de mortes "súbitas", cardíacas entre outras doenças repentinas e inexplicáveis ​​entre os vacinados; assim como fizeram com as variantes como Delta, beta, alfa, gama, etc.

Do Presidente do Botswana, onde a variante foi descoberta pela primeira vez:

O relatório preliminar revelou que todos os quatro [pacientes] haviam sido previamente vacinados contra COVID-19.

Aqui está a carta:


Alguns atletas começaram a questionar publicamente a narrativa dominante a respeito desses eventos cardíacos súbitos entre os vacinados.

Marque esta história importante. Você precisará compartilhar com seus amigos covidianos que culpam os não vacinados por essa variante do Nu Ômicron.

Atualização: O Gateway Pundit tem mais informações sobre o Nu Ômicron. Dê uma olhada .

Atualização 2: Zerohedge tem um ótimo resumo de tudo o que sabemos sobre a variante Nu Ômicron. Aqui estão alguns destaques:

  • Considerada a variante mais mutada do Coronavírus, até agora, já que possui 32 mutações na proteína spike e 50 no total. Mais especificamente, os cientistas destacaram que existem 10 mutações versus 2 na variante Delta em relação ao domínio de ligação ao receptor, que é a porção do vírus que faz contato inicial com as células.
  • A variante Nu foi identificada há 5 dias, inicialmente em Botswana, com subsequente confirmação e sequenciamento na África do Sul com cerca de 100 casos confirmados. Já foram detectados casos em Israel e Hong Kong e, a partir desta manhã, na Bélgica.
  • Os dados de sequenciamento sugerem que 8.1.1.529 tem uma via evolutiva diferente, mas compartilha algumas mutações comuns com as variantes C.1.2, Beta e Delta.
  • Dito isso, como advertimos na noite passada, um número significativo de mutações pode não ser necessariamente "negativo", pois depende de como essas mutações funcionam, que os cientistas ainda não estabeleceram. Então, novamente, uma vez que é trabalho da ciência fomentar o medo para que a Pfizer possa comprar um iate ainda maior, suponha que será " muito horripilante" até que se prove inócuo .
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Veja mais sobre:

Colapso Coronavírus Covid-19 Vacina Vacinação
Compartilhe:
RELATAR ERROS:

: Ao reproduzir este artigo: Uso não comercial OK, cite | coletividade-evolutiva.com.br | com um link clicável. Siga Coletividade Evolutiva nas | REDES SOCIAIS | Se você gosta de informações como as que publicamos, por favor, considere fazer uma doação para nos ajudar a manter nosso trabalho e o Coletividade Evolutiva disponível | FAZER UMA DOAÇÃO |

MAIS RECENTES