A pandemia é a vacina: 80% de grupo de freiras contraiu COVID-19 2 dias após tomar vacina

- Coletividade Evolutiva

A pandemia é a vacina: 80% das freiras contraíram COVID dois dias após tomar vacina

A pandemia é a vacina matando primeiro os idosos e enfermos, enquanto assassinam os meios de subsistências dos próximos usando os lockdown generalizados - No início deste mês, 35 freiras em um convento do norte de Kentucky, Estados Unidos, receberam uma vacina COVID-19 desenvolvida por tecnologia mRNA ( Moderna e Pfizer). Apenas dois dias depois, duas morreram e 26 outros testaram positivo para o vírus.

A freira Aileen Bankemper, chefe do grupo, observou que o mosteiro foi completamente fechado, sem movimento de pessoas para dentro ou para fora do local por algum tempo antes de vacinar o grupo:

“Nós [a comunidade Beneditina ] ficaram chocados com tantos casos [COVID-19], já que estávamos sendo extremamente cuidadosas, não saíamos e não recebíamos visitantes desde o início da pandemia”, relatou Fox19 NOW . Ela até afirmou que as irmãs “redobraram os esforços após o aumento do feriado [de Natal]”. Fonte

“Vinte e oito freiras testaram positivo para COVID-19”, escreveu Bankemper em um post no Facebook sobre o que aconteceu depois que as mulheres foram vacinadas com vacinas de RNA mensageiro (mRNA).

“A maioria delas foi capaz de obter os anticorpos monoclonais [infusões de anticorpos] por meio do St. Elizabeth's Senior Services. Seus sintomas estão sendo controlados muito bem. ”

As freiras Charles Wolking e Rita Biltz, por outro lado, não se saíram tão bem. As duas morreram no dia 3 de fevereiro, dois dias depois de tomarem a vacina que é experimental. Nenhum dos dois mostrou quaisquer sintomas antes de suas mortes, nem testou positivo para o novo vírus antes de serem vacinadas.

“Ambos eram idosas e tinham alguns problemas de saúde e não eram capazes de competir com a Covid”, disse a subprioresa Nancy Kordenbrok a um meio de comunicação local.

Terceira freira morre após tomar o tiro de vacina contra coronavírus


Uma terceira freira, Margaret Mary Gough, foi admitida na UTI do Hospital St. Elizabeth Fort Thomas com problemas respiratórios após o teste ser positivo para o vírus chinês imediatamente após sua primeira dose da vacina.

No início, acreditava-se que essa irmã se recuperaria. No entanto, ela piorou e morreu em 10 de fevereiro “de complicações do vírus Covid”, de acordo com o hospital.

Isso se traduz em uma taxa de mortalidade de quase 10% entre as freiras vacinados em Beneditinas de St. Walburg. Se mais freiras desenvolverem complicações ou morrerem - Deus me livre - nos próximos dias e semanas, esse índice aumentará ainda mais.

Como sempre minimizar os problemas com as vacinas perigosas está sendo uma forma de banalizar as mortes induzidas por elas . De fato, para a acalmar os temores sobre a maldita vacina matando pessoas, o Dr. Steven Feagins, diretor de saúde pública da região, anunciou que efeitos colaterais como a morte são "na verdade muito mais comuns do que você imagina".

Ele acrescentou que, nos casos em que os pacientes sofrem efeitos colaterais graves após a primeira injeção, a solução simples é atrasar a segunda por mais algum tempo.

“Sempre que você consegue, você consegue, então consideramos o mínimo de 21 dias [entre os jabs]”, disse ele.

As freiras que ainda permanecem nas Irmãs Beneditinas de St. Walburg devem receber sua segunda dose da vacina em maio. O fato de eles precisarem receber uma segunda dose indica que eles estão na linha de vacinas da Pfizer-BioNTech, e não na linha de Moderna.

Desde o lançamento da vacina Pfizer-BioNTech COVID-19, os dados mais recentes do Sistema de Notificação de Eventos Adversos de Vacinas (VAERS) do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) registraram um total de 929 mortes de 15 de dezembro de 2020, até 12 de fevereiro de 2021, responsável por quase 6% de 15.923 eventos adversos no relatório do sistema.
Continue lendo após publicidade
Continue lendo após publicidade
Tags:[Coletividade Evolutiva] Bill gates | Coronavírus | Covid-19 | saúde | Sociedade | Vacinação
Precisamos do seu apoio para continuar nosso jornalismo baseado em pesquisa independente e investigativa sobre as ameaças do Estado Profundo que a humanidade enfrenta. Sua contribuição, por menor que seja, nos ajuda a nos mantermos à tona. Por favor, considere apoiar o nosso site.

Você pode nos ajudar e ajudar você mesmo, comprando o E-book (Cultivando Horta Orgânica)- Nessa "pandemia" um colapso está chegando, principalmente de alimentos, - Cultive seus próprios alimentos em casa enquanto há tempo, mesmo sendo iniciante produza alimentos orgânicos, livres de agrotóxicos e fique preparado para o colapso...COMPRAR AGORA!

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram