Especialista em vírus afirma que a pandemia de Covid-19 é "a maior farsa" já perpetrada no mundo

Saúde e medicina: Especialista em vírus afirma que a pandemia de Covid-19 é "a maior farsa" já perpetrada no mundo... Um virologista especialista, disse que a pandemia de coronavírus (COVID-19) é uma grande farsa.

Fabio Allves
Compartilhe:
Especialista em vírus afirma que a pandemia da Covid-19 é "a maior farsa" já perpetrada no mundo

Um virologista especialista, patologista e ex-presidente de uma importante associação médica no Canadá disse as autoridades na província de Alberta/ Edmonton, que a pandemia de coronavírus (COVID-19) é uma grande farsa. É por isso que as políticas e mandatos relativos a máscaras, distanciamento social e bloqueios econômicos destrutivos "devem parar imediatamente". Baseado nas evidências, o especialista Dr. Roger Hodkinson pode até está certo, você também pode saber mais sobre as doenças que sempre mataram no mundo aqui: Recomendado: Coronavírus: A humanidade está sofrendo um golpe eugenista de interesses oligárquicos

Em 13 de novembro, vereadores da capital provincial de Alberta, Edmonton, se reuniram para discutir a possibilidade de estender o mandato da máscara da cidade para locais públicos até o final do ano. Os ouvintes da reunião foram autorizados a telefonar para discutir seu apoio ou oposição ao mandato. Uma das pessoas que ligou foi o Dr. Roger Hodkinson .

Hodkinson se apresentou como ex-presidente do Comitê de Exame de Patologia do Royal College of Physicians e Surgeons of Canada e CEO da Western Medical Assessments, uma empresa de biotecnologia que fabrica testes COVID-19 e que tem escritórios em Edmonton e na Carolina do Norte.

Hodkinson também é um patologista geral certificado, um membro do College of American Pathologists e é reconhecido pelo Court of Queen's Bench em Alberta como um especialista em patologia.

“Há uma histeria pública totalmente infundada impulsionada pela mídia e pelos políticos”, disse Hodkinson, que deixou bem claro que era contra os mandatos das máscaras e qualquer tentativa de continuar ou fortalecer os bloqueios.

Hodkinson continuou chamando a pandemia de coronavírus de "a maior farsa já perpetrada contra um público desavisado". Ele acrescentou que acredita firmemente que COVID-19 foi "apenas mais uma gripe forte". Recomendado: Máscaras não protegem: uma revisão da ciência relevante para a política social do COVID-19

“Os resultados dos testes positivos não significam, sublinhados em neon, uma infecção clínica”, acrescentou ele, afirmando que muitas pessoas com COVID-19, mas são assintomáticas, devem parar de “conduzir a histeria pública” em torno do vírus porque está levando a mais vidas, arruinadas por ordens de máscara e bloqueios econômicos.

Hodkinson argumenta contra máscaras e bloqueios


Hodkinson continuou falando sobre como ele acredita que as máscaras não funcionam da maneira que as pessoas pensam que funcionam, dizendo que as políticas que promovem ou exigem o uso de máscaras de papel ou tecido "são simplesmente um sinal de virtude".

Ele continuou, dizendo que as máscaras são "totalmente inúteis", que "não há nenhuma base de evidências para sua eficácia" e que qualquer tentativa de forçar os mandatos das máscaras é "totalmente ridícula".

“Eles nem mesmo são usados ​​com eficácia na maioria das vezes. É totalmente ridículo. Ver essas pessoas infelizes e sem educação - não estou dizendo isso em um sentido pejorativo - vendo essas pessoas andando por aí como um "rato", obedecendo sem nenhuma base de conhecimento para colocar a máscara no rosto. ”

Hodkinson também criticou os protocolos de distanciamento social, chamando-os de tão inúteis quanto máscaras faciais porque o coronavírus é espalhado "por aerossóis que viajam 30 metros ou mais antes de pousar". As regras de distanciamento social em Alberta recomendam que as pessoas fiquem a pelo menos dois metros de distância umas das outras 

Existem muitas evidências para apoiar as afirmações de Hodkinson contra as máscaras e o distanciamento social. Um importante estudo dinamarquês descobriu que as máscaras faciais não fornecem "proteção clara" para o usuário de ser infectado pelo COVID-19.

Este estudo, que envolveu cerca de 6.000 participantes, descobriu que a diferença nas taxas de infecção entre pessoas que usavam máscaras regularmente e pessoas que não o faziam "não é grande o suficiente para concluir com certeza um benefício do uso de máscaras faciais no que diz respeito à proteção contra infecções. ”

Outro estudo concluiu que, embora as chamadas "intervenções não farmacêuticas", como distanciamento social, bloqueios e máscaras faciais, possam ajudar a desacelerar a disseminação do COVID-19, provavelmente resultará em um grande aumento de casos de gripe no próximo inverno .

Hodkinson continuou dizendo que nada pode realmente ser feito para impedir a disseminação do coronavírus e que tudo o que as pessoas podem realmente fazer é proteger os mais vulneráveis ​​e com maior probabilidade de sucumbir à doença, como os idosos e aqueles com sistema imunológico comprometido .

O virologista especialista observou que apenas “um em 300.000” com menos de 65 anos morreu de coronavírus em Alberta. Com base nessas estatísticas, é “ultrajante” para Alberta - e para o resto do Canadá, nesse caso - bloquear suas economias inteiras, especialmente por uma doença que ele acredita ser “apenas mais uma gripe forte” para a população mais jovem.

“É a política que joga a medicina e é um jogo muito perigoso”, conclui Hodkinson. “Estou absolutamente indignado que isto tenha alcançado este nível. Tudo deve parar imediatamente.

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Veja Também

Explore mais sobre:

Coronavírus , Covid-19 , descobrindo , Governo , manipulação , Notícias alternativas , Pandemias , saúde , Saúde e medicina , Coletividade Evolutiva , Especialista em vírus afirma que a pandemia de Covid-19 é "a maior farsa" já perpetrada no mundo ,
Compartilhe:
RELATAR ERROS:
Fabio Allves

Autor: Fabio Allves

Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar.