Cobaias humanas da Moderna e Pfizer sofrem exaustão extrema, falta de ar, dores de cabeça, etc.

Compartilhar - estamos no |Telegram
Cobaias humanas da Moderna e Pfizer sofrem exaustão extrema, falta de ar, dores de cabeça, etc.

Prepare-se para vacinas de despovoamento em massa que causam graves danos neurológicos e lobotomize qualquer um estúpido o suficiente para tomá-las. Até mesmo o canal de mídia convencional, umas das principais da mídia internacional CNBC.com está admitindo agora que os testes de vacinas em cobaias humanas conduzidos pela Moderna e Pfizer estão produzindo efeitos colaterais extremos em indivíduos do teste.

“Febre alta, dores no corpo, dores de cabeça e exaustão são alguns dos sintomas que os participantes dos testes das vacinas contra o coronavírus da Moderna e da Pfizer disseram que sentiram depois de receber as injeções”, relata a CNBC :

Luke Hutchison acordou no meio da noite com calafrios e febre após tomar a vacina de reforço Covid-19 no teste da vacina da Moderna. Outro participante do ensaio da vacina contra o coronavírus, testando a candidata da Pfizer, também acordou com calafrios, tremendo tanto que quebrou um dente após tomar a segunda dose.

Febre alta, dores no corpo, fortes dores de cabeça e cansaço são apenas alguns dos sintomas que cinco participantes de dois dos principais testes de vacinas contra o coronavírus disseram que sentiram após receber as injeções.

A CNBC continua explicando que os participantes do estudo alegaram que toda a dor "valeu a pena". Vale a pena pelo quê? Para uma pandemia que já acabou para pessoas com menos de 50 anos?

Todos esses são sintomas de danos neurológicos ocorrendo em tempo real


Aqui está uma descrição mais detalhada dos efeitos colaterais relatados por um participante do ensaio pró-ciência e pró-vacina:

Depois de receber a primeira injeção em 18 de agosto, ele disse que se sentiu um pouco indisposto por vários dias com febre baixa. Ele teve sua segunda dose em uma clínica em 15 de setembro. Oito horas depois, ele disse que estava acamado com uma febre de mais de 101, tremores, calafrios, uma forte dor de cabeça e falta de ar. Ele disse que a dor em seu braço, onde recebeu a injeção, parecia um “ovo de ganso no meu ombro”. Ele quase não dormiu naquela noite, registrando que sua temperatura ficou acima de 100 graus por cinco horas.

Após 12 horas, Hutchison disse que se sentiu de volta ao normal e seus níveis de energia voltaram. Depois de assinar um longo formulário de consentimento, Hutchison estava ciente de que poderia apresentar sintomas. Mas ele ainda ficou impressionado com a gravidade e a duração, tweetando em 16 de setembro que experimentou "sintomas semelhantes aos da Covid".

Isso soa como uma vacina “segura” para administrar a centenas de milhões de pessoas? Sintomas parecidos com os do Covid? ( Nota do editor - Como relatei antes, as vacinas são formuladas com o próprio vírus atenuado ou modificado, ou seja, se uma pessoa saudável toma-lá será mais um infectado assintomático ou não. Veja aqui)

O que a CNBC não está dizendo, é claro, é que todos esses sintomas - cansaço extremo, dores de cabeça de longa duração e tremores violentos - são sinais de danos neurológicos acontecendo em tempo real. (Danos internos que durarão todo o resto da vida, que pode permanecer, ou permanecer assintomático)

Esses são sinais óbvios de que um tipo de lobotomia por vacina que está ocorrendo, causando danos neurológicos permanentes e de longo prazo aos participantes do ensaio (que podem já estar com danos cerebrais para começar, pois, se ofereceram para esses experimentos médicos).

Fascinantemente, a CNBC também explica que algumas pessoas são burras o suficiente para levantar as mãos e realmente se voluntariar para serem usadas como cobaias humanas para esses experimentos médicos insanos:

Hutchison, um biólogo computacional de 44 anos de Utah, disse que se inscreveu no estudo de fase três da Moderna porque é saudável, está fisicamente apto e acredita muito em vacinas. Ele queria apoiar especificamente o esforço da Moderna, pois estava intrigado com a abordagem baseada em RNA da empresa.

A CNBC diz que Luke Hutchison “se inscreveu para um teste de vacina contra o coronavírus porque ele é 'pró-ciência'”. É quase hilário, se não fosse tão trágico. Mal ele sabe que a vacina não se preocupa nada com a ciência, mas tudo com os lucros , o que significa levar vacinas perigosas ao mercado por meio do uso de experimentos médicos humanos que sem dúvida matarão algumas pessoas ao longo do caminho.

Duvido que Hutchison se sinta bem com tudo isso com seu sistema nervoso começando a se desintegrar. Mas cada um com o seu ... As pessoas que pensam que as vacinas estão enraizadas na “ciência” terão um despertar muito rude.
Os participantes do ensaio de vacinas “pró-ciência” podem estar encobrindo os efeitos colaterais para proteger as empresas de vacinas

Também está claro que esses participantes do teste agora estão sendo usados ​​como fantoches de relações públicas para a indústria de vacinas, e isso é uma nova e perigosa agenda de propaganda médica que não tínhamos visto antes. Quando os participantes do ensaio entram nos ensaios com um viés de torcida “pró-vacina”, é provável que minimizem a gravidade dos efeitos colaterais que experimentam, e isso faz com que o fabricante da vacina avalie inadequadamente os eventos adversos reais associados à vacina.

Na verdade, as cobaias humanas "pró-ciência" manipulam os testes, encobrindo os efeitos colaterais da vacina, permitindo que os fabricantes da vacina obtenham a aprovação da Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA dos EUA) para vacinas tóxicas e perigosas que podem ferir ou matar muito mais pessoas do que a pandemia em si.

Em algum ponto, todos nós temos que dizer: “Se essas pessoas querem cometer suicídio por vacina, deixe-as cometer suicídio por vacina”, porque não há nada que você possa dizer para impedi-las. Se eles querem sacrificar suas próprias vidas em nome da “pró-ciência falsa”, então essa é sua livre escolha.

Afinal, alguém deve estar entre os primeiros pioneiros a dar os tiros mortais. Por que não deixar as pessoas se auto-selecionarem para isso e ganharem o prêmio Darwin por estupidez pró-ciência?

Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Compartilhar

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram