Covid-19: o seu próprio governo é quem definirá o seu fim

Compartilhar
O seu próprio governo é quem definirá o seu fim

Quem desistir da essencial Liberdade, para comprar um pouco de segurança temporária, não merece liberdade nem segurança."
- Benjamin Franklin

A suposta pandemia do "novo coronavírus" Covid-19 é o pretexto de distração e medo deliberadamente impulsionado pela grande mídia e pelo Partido Comunista Chinês e pela Organização Mundial de Saúde, para alcançar o poder total sobre a vida das sociedades. A distração criada sobre a forma de pandemia, levando restrições anti-democráticas e anti-constituição está elevando a pandemia de fome, morte por desnutrição, desemprego, fechamento de empresas, comércios, vacinação forçada e a total destruição da "democracia" e da constituição. Não é a pandemia que realmente está matando as pessoas; são os governos. E qualquer um que não se render à tirania será apontado como “ameaça” à saúde pública e então silenciado ou removido à força.

A liberação deliberada do coronavírus e o persistente encobrimento de sua disseminação pelo Partido Comunista Chinês e pela Organização Mundial da Saúde braço da (ONU, financiada por Bill Gates), autoridades e mídia convencional são apenas uma parte de um ataque multifacetado que visa enfraquecer e aterrorizar as nações ao redor do mundo para, finalmente alcançar os objetivos de uma agenda ainda maior, a redução populacional global, e finalmente controlar as pessoas em um sistema de fascismo médico e controle comunista.

Se você não está mantendo seu sistema imunológico forte; se você não está separando ativamente o fato da propaganda em curso na grande mídia, então você ainda não descobriu que tipo de ameaça estamos enfrentando. O mundo livre está sob ataque, e a sua liberdade e de seus filhos estão sobre ameaças neste instante, mas não é exatamente pelo um vírus que é muito menos mortal que uma gripe sazonal, mas ameaçada pelo seu próprio governo.

Esse é o plano deliberadamente criado para levar a completa extinção das pessoas pobres do planeta no qual a Organização Das Nações Unidas (ONU), afirma em seu site que acabaria com a pobreza até o ano de 2030 (agenda 21/30), que agora está se cumprindo e que representam os precursores necessários para os objetivos da agenda 2030 é o extermínio humano global.

Esmagando as economias humanas existentes no mundo, incluindo a produção de alimentos, levando, em última instância, à fome em massa, falta de moradia e dependência total do governo.

Lançamento de novas leis e decretos de fascismo médico orwelliano que abriram o precedente para prisões em massa e relocação forçada em “campos de quarentena” para aqueles que resistirem. Esses campos, é claro, são na verdade campos de extermínio e instalações de processamento para eliminar seres humanos.

Forçar o cumprimento dos mandatos globais de vacinas que, é claro, serão usados ​​para alcançar infertilidade global e mortes aceleradas por doenças e infecções subsequentes. Enquanto um patógeno não pode atingir uma taxa de mortalidade de 90% por conta própria, o patógeno modificado (o coronavírus Covid-19) foi capaz de ser usado para levar as pessoas à conformidade da vacina em massa, durante a qual podem ser injetadas diretamente com substâncias tóxicas, rastreamento da conformidade da vacina nanotecnologia (pontos quânticos) e sequências de mRNA que alteram a biologia que literalmente sequestram as células do corpo e as reprogramam para produzir quaisquer sequências de proteínas que são projetadas nas vacinas de mRNA.

Como as vacinas possivelmente vão exterminar as pessoas silenciosamente e depois será rotulado de que foi segunda onda de COVID espalhada por não vacinados


As vacinas vão possivelmente exterminar as pessoas silenciosamente e possivelmente será rotulada de onda de Covid-21, o que justificará as autoridades forçarem mais bloqueios sobre as populações, e possivelmente vacinação obrigatória, e os que negarem serão pegos e levados para  um campo de quarentena forçada. Também possivelmente culparão os não vacinados de espalhar segunda, ou terceira onda de Covid, porém as autoridades não dirão que os vacinados não estão realmente imunizados, logo culparão os não vacinados de contamina-los, logo a vacina não é para imunização como dizem, mas para seu próprio extermínio voluntário a vacina.

O extermínio em massa via vacinas consiste em duas estratégias:

  • Enlaçar as vacinas com novas cepas virais de bioarmas para garantir a continuação da narrativa do “surto” que provavelmente será rotulado de segundo, terceira e assim por dias de onda de COVID-21. Notavelmente, isso requer apenas menos de um por cento das vacinas administradas para serem aplicadas.
  • Projetar as vacinas para causar uma taxa de mortalidade muito alta nas pessoas vacinadas e após a exposição a uma infecção secundária futura, em uma reação fatal chamada “tempestade de citocinas”, que é um evento de hiperinflamação que leva à morte rápida.

Assim, as pessoas não cairão mortas logo após tomar as vacinas. Em vez disso, eles parecerão bem até que a próxima grande pandemia de armas biológicas os atinja, momento em que a taxa de fatalidade será extremamente alta (talvez tão alta quanto 75% em média em todas as faixas etárias de idade).

A próxima cepa a ser liberada por meio das vacinas será a COVID-21, e a cepa COVID-21 pode ser considerada corretamente a segunda metade de um sistema de armas binárias que alcançará taxas de morte extremamente altas para seres humanos em todo o mundo.

É importante ressaltar que as mortes em massa justificarão ainda mais os bloqueios governamentais, quarentenas e autoritarismo médico que concede aos governos o poder de vacinar as pessoas à força, sequestrar, prender pessoas e até mesmo exterminar pessoas à vontade em prol de supostamente conter a contaminação. A agitação em massa com a onda repentina de mortes também alimentará diretamente a justificativa do aumento da censura pelos gigantes da tecnologia, o que desestabilizará qualquer um que discuta a verdade sobre como todo esse esquema foi planejado desde o início.
Compartilhar
Ajude-nos abrindo uma publicidade - Cique aqui
Ajude-nos abrindo uma publicidade - Cique aqui
Continue lendo após publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se inscrever acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Siga nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram

Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram