Os Perigos da vacinação

Receba nosso conteúdo no | Telegram
Os Perigos da vacinação

Muitos são pagos pela indústria de vacinas e farmacêuticas, para fazer o belo marketing de vacinas, falado-se sobre os perigos de não vacinar os filhos ou a se próprio, mas que tal, abordarmos também os possíveis danos à saúde que podem ocorrer apos uma vacinação, ou apos alguns meses ou anos?

Em nossa sociedade hoje, as vacinas são promovidas pelas autoridades de saúde e pela grande mídia e por muitos médicos e escolhidas por muitos pais para seus filhos. Embora criado supostamente para fazer o bem, também existem efeitos colaterais indesejáveis ​​que podem ocorrer devido à vacinação. 

Uma infinidade de estudos e histórias diferentes mostram que resultados prejudiciais podem advir de certas vacinações. O Comitê do Instituto de Medicina dos Estados Unidos concluiu que as vacinas atuais recomendadas não foram totalmente testadas quanto à segurança. Ainda há algumas dúvidas quando se trata deste tópico.

Alguns sintomas que podem ocorrer após a vacinação incluem inchaço ou vermelhidão no local da injeção, urticária ou erupções cutâneas, estado de choque, choro, febre, fraqueza muscular, fadiga e paralisia. Além de efeitos colaterais físicos e emocionais básicos como esses, as injeções estão relacionadas a outras doenças e distúrbios mais sérios também. Diz-se que asma, Síndrome da doença diarreica aguda, Síndrome de Tourette, epilepsia e autismo estão possivelmente relacionados com as vacinações.

Uma vacinação específica em que os pais preocupados pensam é a MMR. Abreviação de “sarampo, caxumba e rubéola”, esta vacinação foi criada para proteger as crianças contra essas doenças específicas. O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA recomenda que as crianças recebam essa vacina em duas doses entre as idades de 12 meses e 12 anos . Com o aumento dos ASDs (transtornos do espectro do autismo) relatados, visto que mais crianças estão recebendo MMR, os pais estão começando a ver uma correlação entre o transtorno e o tratamento. Cada vacina administrada e confiada pelos médicos também apresenta um risco, como qualquer coisa. Esse risco pode variar de uma leve dor até a morte, em alguns casos.

Escolhendo não vacinar


O CDC já informa que as gestantes não tomam MMR, pois pode prejudicar o bebê - isso por si só deveria ser um alarme de que essa vacinação e outras podem não ser a opção certa para você e seus filhos. Antes de decidir injetar em seus filhos, tenha cuidado com os riscos que está correndo. Você pode estar salvando-os de uma doença mortal - mas, em vez disso, pode estar expondo-os a uma.

Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste