Coronavírus; Empresas de vacinas se unem para criar vacinas em tempo recorde

Receba nosso conteúdo no | Telegram



Várias empresas de vacinas estão trabalhando em uma injeção de coronavírus enquanto a indústria farmacêutica se prepara para lucrar com uma arma biológica construída por engenheiros genéticos

Em apenas poucos dias de pandemia do coronavírus ou 2019-nCoV de Wuhan na China, já assassinou centenas de pessoas, e infectou milhares, e crescendo. Nessa linha de processo, a grande mídia tem feito grandes propagandas de medo em todo o mundo, levando a um convencimento em toda a população em aceitar qualquer nova vacina e medicamentos para se protegerem, da "nova doença". Não é novidade que grandes investidores e empresas privadas lucram muito com a calamidade. Recomendado: O coronavírus é outro truque para manipular a sociedade, e vender mais vacinas?

Todo esse processo de propaganda de medo da grande mídia mundial, parece uma boa jogada para integrar aqueles, cujo hoje são rotulados de anti-vacinas a serem pros-vacinas. ou criar leis obrigatórias de vacinação em massa, ou até mesmo pegar a força sobre o pretexto de "imunizar o rebanho". No entanto, o coronavírus que aparentemente era desconhecido e que surgiu do nada, tem realizado um processo de redução populacional intencional, logo que, evidências apontam que o coronavírus, que era supostamente desconhecido, é, na verdade, uma arma biológica criada em laboratório.

Com isso, empresas como a GlaxoSmithKline (GSK), uma companhia farmacêutica internacional, produtora de produtos biológicos, de saúde e vacinas, fornecedora para vários países inclusive no Brasil, e é a quarta maior empresa farmacêutica do mundo ― empresas como Novavax, entre outras, então formando uma Coalizão, ou público-privado, que estão realizando pesquisas sob o amparo da Organização Mundial da Saúde (OMS) que inclui organismos públicos, como o Instituto Pasteur francês, e empresas privadas, como Takeda ou Sanofi.

A empresa Novavax anunciou recentemente que, devido à sua extensa história de trabalho com outros tipos de coronavírus, incluindo MERS e SARS, ela tem o que é necessário para lidar com esse problema com facilidade. "Usando a tecnologia de vacina recombinante de nanopartículas da Novavax, a empresa espera desenvolver uma vacina a partir da sequência genética do coronavírus Wuhan".



A notícia causou um aumento quase instantâneo no valor das ações da Novavax, que subiu 60% no mesmo dia. Desde então, vários outros fabricantes de vacinas anunciaram que também planejam desenvolver suas próprias vacinas para o coronavírus.

Uma delas é a Johnson & Johnson (J&J), que está enfrentando uma investigação criminal sobre a presença de amianto tóxico em seus produtos de talco para bebês.

As empresas de biotecnologia Inovio Pharmaceuticals e Moderna também estão entrando na briga de tentar desenvolver suas próprias vacinas para essa ameaça viral emergente, que até a presente data infectou tem infectado milhares de pessoas.

Cientistas na China também estão trabalhando em uma vacina contra o coronavírus e atualmente estão investigando como os anticorpos monoclonais, que foram desenvolvidos pela primeira vez para SARS, ou síndrome respiratória aguda grave, podem ser reutilizados para desenvolver vacinas e medicamentos antivirais para o novo coronavírus.

Esses cientistas descobriram um anticorpo que pode ser ligado à superfície do novo coronavírus, de modo a neutralizá-lo, que eles esperam conseguir combater a doença mais cedo ou mais tarde.


Mas espere: não leva muito tempo para lançar uma nova vacina no mercado? E os testes em humanos, não precisam ser a longo prazo para evitar um possível efeito colateral ainda mais devastador do que o próprio coronavírus?


O problema de tentar lidar com surtos como esse da maneira convencional - com vacinas e produtos farmacêuticos, em vez de remédios naturais como o óleo de orégano - é que há um longo processo para levar medicamentos e jabs ao mercado.

O que isso significa é que nada disso estará pronto a tempo para o surto atual - ou seja, a menos que produtos farmacêuticos e vacinas para novos coronavírus sejam lançados no mercado, como alguns relatórios já indicam.

Os ensaios clínicos de uma das primeiras vacinas estão programados para daqui a três meses, cujos locais ainda não foram determinados.

"Os cientistas levaram 20 meses para desenvolver uma vacina contra a SARS para testar em humanos, mas o NIH (Institutos Nacionais de Saúde) espera ter uma vacina pronta para testes em humanos em abril", relata o The Wall Street Journal



Como relatado no artigo anterior 


Com efeito, a vacinação com essa cepa específica de coronavírus faz com que os indivíduos sejam mais facilmente mortos pelo resfriado comum e outras cepas de coronavírus não-pandêmicas que circulam na natureza.
Isto é confirmado no seguinte artigo científico publicado na revista científica PLoS ONE: A imunização com vacinas contra o coronavírus SARS leva à imunopatologia pulmonar em desafio com o vírus SARS. 

Essa constatação horrível surgiu quando pesquisadores chineses estavam tentando fazer uma vacina contra a SARS após o surto de SARS de vários anos atrás. Eles descobriram que a vacina contra a SARS aumentou as mortes em vez de salvar as pessoas. Estudos posteriores revelaram que a sequência SARS inserida no coronavírus tornou o vírus muito mais mortal, transformando-o efetivamente em uma arma biológica, intencional ou não.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste