Cuidado: Os analgésicos podem causar câncer, e autismo em crianças e TDAH

Receba nosso conteúdo no | Telegram
Cuidado: Os analgésicos podem causar câncer, e autismo em crianças

A indústria farmacêutica agradece todos os anos por ver milhões de pessoas doentes, precisando dos seus "remédios" de não curar, mas "anestesiador" de sintomas de problemas que uma pessoa possa ter. "Revistas especializadas" "médicos e especialistas", a "grande mídia" e suas propaganda ilusória etc… Todos da escala da indústria farmacêutica parecem sair ganhado, no entanto, os únicos a perderem com isso é à própria sociedade. De fato os analgésicos — substância indicada para aliviar dores e febre são um dos "medicamentos" mais consumidos no mundo, no entanto, também um dos mais controversos, logo no que lhe concerne, é altamente perigoso, devido aos seus efeitos colaterais e sequelas graves a longo prazo, como vários estudos têm provado essa afirmação.

Um estudo inovador descobriu que o Tylenol (conhecido também pelos nomes químicos acetaminofeno e paracetamol) não apenas atenua a dor, mas tem efeitos colaterais psicotrópicos altamente relevantes para a conexão e comportamento social humano, como embotar tanto estímulos emocionais positivos quanto negativos. Conhecido como "afetar o achatamento" na terminologia psiquiátrica.

Investigações anteriores, por exemplo já haviam sugerido uma ligação entre tomar paracetamol durante a gravidez e um risco aumentado de transtorno do deficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e transtorno do espectro do autismo (TEA) nos seus filhos, mas sem chegar a conclusões sólidas. Um estudo recente, publicado na JAMA Psychiatry e noticiado pelo espanhola La Vanguardia, afirma que o consumo de paracetamol pode causar danos ao feto.


No entanto, para este novo caso, quase mil mães e crianças entre 1998 e 2018 foram analisadas com o objetivo de detectar biomarcadores de paracetamol no sangue do cordão umbilical.
Os resultados indicam que um terço das crianças teve um desenvolvimento intelectual e congnitivo normal. Um em cada quatro tinha TDAH, cerca de um em cada sete tinha TEA e um em cada 25 tinha ambos. Três em cada dez tiveram outras deficiências de desenvolvimento.


Além de efeitos colaterais e sequelas graves, o paracetamol estar sendo considerado cancerígeno


Em SACRAMENTO, Califórnia, nos EUA, estão considerando a possibilidade de listar o medicamentos de venda livre mais comuns do mundo como cancerígeno.

Isso está ocorrendo graças a uma lei estadual conhecida como Proposição 65, que diz que a Califórnia deve alertar as pessoas sobre qualquer substância química que cause câncer ou toxicidade reprodutiva. A lista do estado cresceu para cerca de 900 produtos químicos, incluindo pesticidas tóxicos e retardantes de chamas, e é mais extensa do que qualquer outra nos EUA. Alguns críticos dizem que os reguladores da Califórnia têm sido excessivamente zelosos, exigindo etiquetas de aviso para inúmeros produtos que confundem em vez de informar os consumidores quando o risco de câncer é disputado.

Segundo o Yahoo o medicamento é o acetaminofeno, conhecido fora dos EUA como paracetamol e usado no tratamento de dores e febres. É a base de mais de 600 medicamentos prescritos e vendidos sem receita para adultos e crianças, encontrados em marcas conhecidas como Tylenol, Excedrin, Sudafed, Robitussin e Theraflu.

As preocupações com seu potencial vínculo com o câncer vêm de sua relação com outro medicamento: a fenacetina. Esse medicamento, que já foi um tratamento comum para dores de cabeça e outras doenças, foi banido pela Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos EUA, em 1983 porque causou câncer.

Os reguladores estaduais revisaram 133 estudos sobre o acetaminofeno, todos publicados em revistas especializadas. Alguns estudos relataram um risco aumentado de alguns tipos de câncer, enquanto outros não. No geral, a revisão observou que o acetaminofeno tem sido difícil de examinar porque é difícil isolá-lo de outras variáveis ​​que podem contribuir para o câncer, como o tabagismo.
Continue lendo após a publicidade
Continue lendo após a publicidade
Estar havendo uma extrema censura por parte dos gigantes da tecnologia. Por isso, incentivamos que todos que desejam receber nosso conteúdo valioso , a se inscreverem na nossa lista de e-mail. - Depois de se increver acesse sua caixa de entrada ou de spam para confirmar sua inscrição.
Se conecte com nós nas redes | Instagram | Facebook |Twitter |Telegram


Fabio Allves

Fabio Allves
Criador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade e despertar. Desde meu autoconhecimento há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Questionando as raízes que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. Tem como objetivo trazer às informações que está livremente correndo nas mãos do público, para ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar. | Telegram

Talvez você goste