Notícias Recentes

Açafrão previne doenças do fígado e reverte gordura no fígado

Açafrão previne doenças do fígado e reverte gordura no fígado

A doença gordurosa hepática, também conhecida como esteatose hepática, é uma condição de acúmulo anormal de gordura no fígado, e que tem grandes riscos de morte.  Normalmente é causado pelo o alto consumo de álcool, mas não somente esse ato pode causa-lá. 

Esse acúmulo de gordura pode levar à inflamação no fígado, causando danos e criando cicatrizes. Casos graves de doença hepática gordurosa podem até levar à insuficiência hepática. Para reduzir esse acúmulo anormal de gordura no fígado geralmente envolve exercícios físicos regulares e outras mudanças no estilo de vida saudável, como comer uma dieta equilibrada e reduzir a ingestão de açúcar. Agora, uma pesquisa recente revela que o composto do açafrão conhecido como cúrcuma pode ajudar a reverter a doença e trazer saúde do fígado de volta .

Curcumina é um polifenol na dieta com propriedades modificadoras de lipídios, antioxidantes e anti-inflamatórios. Recomendado: Os benefícios do açafrão.

A curcumina oferece benefícios surpreendentes à saúde


O fígado é o principal órgão desintoxicante do seu corpo. Metaboliza drogas e atua como um filtro para o sangue proveniente do trato digestivo, "limpando" o sangue antes de passar para o resto do corpo. E acontece que seu fígado também gosta de curcumina.



Recentemente, pesquisadores do Instituto de Pesquisa em Saúde Natural randomizaram 87 pessoas com doença hepática gordurosa não alcoólica (DHGNA) em um de dois grupos. Um grupo recebeu um suplemento de curcumina duas vezes ao dia (para um total de 1.100 miligramas por dia) e o outro grupo recebeu um placebo duas vezes ao dia. Após 8 semanas, os pesquisadores descobriram alguns efeitos surpreendentes:

  • O grupo que recebeu o suplemento de curcumina apresentou fígados com melhor funcionamento, medidos em testes dos níveis séricos sanguíneos de enzimas hepáticas (hepáticas).
  • O grupo que recebeu curcumina apresentou menor índice de massa corporal (IMC) e menores circunferências de peso. Esta é uma descoberta enorme (sem trocadilhos), uma vez que sabemos que a obesidade é um importante fator de risco para DHGNA.
  • Embora mais de um quarto dos pacientes no grupo placebo tenha aumentado os níveis de gordura no fígado, menos de 5% das pessoas que recebem curcumina tiveram esse problema.
  • Por fim, em comparação com o grupo placebo, as pessoas que receberam suplementação diária de curcumina melhoraram significativamente o fluxo sanguíneo hepático, o diâmetro das veias hepáticas e o volume hepático.

O estudo revela que a curta suplementação de curcumina pode efetivamente reduzir a quantidade de gordura hepática presente em pacientes com DHGNA. Os resultados também confirmam a capacidade da curcumina de melhorar as medidas corporais e ajudar na função hepática adequada. Os pesquisadores acrescentaram que seu estudo merece mais pesquisas explorando os efeitos promissores desse "composto milagroso".


Esta é uma notícia promissora para pessoas que lutam com doenças crônicas do fígado. Mas as boas notícias não param por aí.

A curcumina é um potente antioxidante e anti-inflamatório e também demonstrou: melhorar a saúde do cérebro, aumentando os níveis do fator neurotrófico derivado do cérebro (também conhecido como "fertilizante para o cérebro"), diminua o risco de doenças cardíacas , além de ser um poderoso combatedor do câncer, artrite, e muito mais.


Receba as últimas notícias do Coletividade Evolutiva em primeira mão. Siga-nos nas redes sociais! Facebook - Twitter - Instagram - Receber por e-mail - Ajudar o Site




Publicidade