Notícias Recentes

Pandemia global de diabetes aumentam graças a adoçantes artificiais

Pandemia global de diabetes aumentam graças a adoçantes artificiais

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que 16 milhões de brasileiros sofrem de diabetes. Ainda de acordo com um estudo, a taxa de incidência da doença cresceu 61,8% nos últimos dez anos. O diabetes é uma epidemia global e o Brasil ocupa o 4º lugar no ranking dos países com o maior número de casos, atrás de China, Índia e Estados Unidos. Vários fatores desempenham papel importante para este crescimento em países em desenvolvimento, como consumir frequentemente adoçantes artificiais adicionados a bebidas e alimentos ou presentes em produtos light, diet ou zero, pode causar algumas doenças como o câncer -  entre outros fatores causa, como obesidade, sedentarismo, alimentação inadequada. Além disso, as complicações (retinopatia, doença renal do diabetes, amputações, infartos e derrames) ainda são frequentes.

Surpreendentemente, em 2030, a OMS está prevendo que o diabetes se tornará a sétima principal causa de morte em todo o mundo. Então, qual é o principal ingrediente que alimenta essa crise de saúde de distúrbios metabólicos? Não procure mais do que o consumo de adoçantes artificiais .
Um estudo do Imperial College de Londres descobriu que as pessoas que bebem um único refrigerante de 350 ml por dia aumentam o risco de diabetes tipo 2 em 18% - em comparação com aqueles que evitam o refrigerante. Recomendado: Agente da FDA admitiu promover aspartame para reduzir a população do planeta

Um estudo da Harvard Medical School e do Brigham and Women's Hospital em Boston descobriu que mulheres que bebem um refrigerante por dia dobram o risco de desenvolver diabetes tipo 2 - em comparação com mulheres que bebem menos de um refrigerante por mês.

Quando pesquisadores do Instituto de Ciência Weizmann, em Rehovot, Israel começaram a estudar os efeitos do aspartame, sucralose e outros adoçantes artificiais no corpo, o que eles acharam surpreendente. Os dados adquiridos através do estudo revelaram uma mudança significativa na composição e função das bactérias 'boas' no intestino de camundongos alimentados com uma medida constante de vários adoçantes artificiais não calóricos.

Como essas bactérias desempenham um papel importante no metabolismo da digestão e da glicose, ameaçar esse equilíbrio de bactérias boas e ruins, no intestino, pela ingestão de adoçantes artificiais pode levar à intolerância à glicose ao longo do tempo.

Além de alterar a composição bacteriana intestinal, os adoçantes artificiais também foram associados a níveis mais altos de açúcar no sangue . Verificou-se que as pessoas que consomem regularmente substitutos químicos do açúcar têm maior dificuldade em regular o açúcar no sangue, e as pessoas que normalmente não consomem adoçantes artificiais experimentam níveis mais altos de açúcar no sangue depois de fazer isso por apenas uma semana.

Além disso, se essas citações (abaixo) não fizerem você pensar duas vezes antes de consumir adoçantes artificiais ... então nada fará.

“Infelizmente, muitos pacientes em minha clínica e outros consultados desenvolveram complicações metabólicas, neurológicas e outras graves que poderiam ser especificamente atribuídas ao uso de produtos de aspartame. Isso foi evidenciado pela perda do controle do diabético, a intensificação da hipoglicemia, a ocorrência de presumidas 'reações à insulina' (incluindo convulsões) que provaram ser reações ao aspartame e a precipitação, agravamento ou simulação de complicações diabéticas (especialmente visão e neuropatia prejudicadas) ) ao usar esses produtos ... melhoria dramática de tais recursos após evitar o aspartame, e a recorrência previsível e imediata desses problemas quando o paciente retomou os produtos de aspartame, consciente ou inadvertidamente. ” - HJRoberts, MD, FACP, FCCP
“Em vista de todas essas indicações de que o potencial causador de câncer do aspartame é um assunto que foi estabelecido muito além de qualquer dúvida razoável, pode-se perguntar: Qual é o motivo da aparente recusa do FDA em invocar esse aditivo alimentar? a chamada Delaney Emenda à Lei de Alimentos, Medicamentos e Cosméticos? Não está claro, sem sombra de dúvida, que o aspartame causou tumores cerebrais ou câncer cerebral em animais? ” - Dr. Adrian Gross, ex-toxicologista da FDA
“Portanto, no caso de bebidas dietéticas em latas de alumínio, o composto tóxico do fluoreto de alumínio do cérebro coexiste com várias toxinas encontradas no aspartame, criando assim a mais poderosa sopa tóxica aprovada pelo governo que se possa imaginar. Com a forte associação entre alumínio, excitotoxinas, complexos de fluoreto de alumínio e doença de Alzheimer, seria completamente irresponsável incentivar as pessoas a consumir essa mistura tóxica. ” - Russell Blaylock, MD

Consumidores desinformados, em um esforço para reduzir a ingestão de açúcar e reduzir o risco de diabetes, tendem a pensar que os adoçantes artificiais oferecem algum tipo de alternativa "segura" ao açúcar processado. Mas, como sabemos agora, as evidências científicas são abundantemente claras - os adoçantes artificiais que consomem realmente aumentam o risco de obesidade , diabetes e muitos outros problemas de saúde.

As fontes deste artigo incluem:
Clinical.Diabetesjournals.org
Nature.com

Receba as notícias do Coletividade Evolutiva em primeira mão. Siga-nos nas redes sociais! Facebook - Twitter - Instagram - Receber por e-mail - Ajudar o Site



Fabio Allves

Fundador:Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)