Notícias Recentes

Jennifer Jaynes, autora de best-seller, que escreveu livros sobre o estado profundo das vacinas foi morta a tiro

Jennifer Jaynes, autora de best-seller, que escreveu livros sobre o estado profundo das vacinas foi morta a tiro

Eu particularmente não conhecia o trabalho de Jennifer Jaynes, porém segundo alumas pesquisas, ela escreveu livros de romances, no qual aparentemente se baseia em uma grande rede de corrupção, mafiosos de corporações, relacionados a indústria de vacinas e farmacêutica, então como temos alertado aqui sobre essa veracidade, resolvi trazer até os leitores do Coletividade Evolutiva esse acontecimento terrível e estranhamente suspeito, que mais parece ter sido mandato de apagar das luzes por partes das corporações que se sentiu ameaçadas, o que levou a essa triste realidade com essa escritora brilhante.
Jennifer Jaynes

Segundo o Naturalnews.com Jennifer Jaynes, autora de Malice e outros romances que expõem o estado profundo das vacinas, foi encontrada morta a tiros na segunda-feira, 25 de novembro. Jaynes foi um autor célebre cujos livros alcançaram o status de best-seller do USA Today. Seus romances mostravam a criminalidade, abuso infantil e fraude profundamente enraizada da indústria de vacinas.Ela também escreveu livros infantis que focavam em ensinar às crianças a importância de consumir alimentos nutritivos. Veja seu site, livros, DVDs e muito mais em www.JenniferJaynes.net.

Seu livro mais recente, Malice , explora a batalha da ética médica de um personagem chamado Dr. Daniel Winters, que tenta expor uma vacina perigosa que o estabelecimento médico sabe que está prejudicando e matando crianças. Seu thriller Malice também está disponível como um livro em áudio no Audible.com . Veja quatro de seus títulos de livros neste link em GoodReads.com .

Jaynes foi encontrado com dois tiros na cabeça, segundo AmarketNews.com . (Não é um tiro, mas dois.) A morte foi declarada um "suicídio", o que levanta a questão de como uma pessoa pode levar um tiro na cabeça duas vezes .

Muitos de seus fãs suspeitam que Jaynes possa ter sido assassinado pela indústria de vacinas, que tem um longa história em defesa de fraudes , subornos e propinas, experiências médicas estranhas em crianças humanas , fraudes científicas coordenadas e outros crimes hediondos.

Amber Smith
Assustador! “O autor best-seller do USA Today que escreveu sobre corrupção na indústria de vacinas encontrado morto com dois tiros na cabeça, decidiu: Se você escolhe vacinas, escolhe a morte. Mas se você optar por lutar contra vacinas, então você é ... https://www.caudle-rutledge.com/m/obituaries/Jennifer-Jaynes/Memories ...

Tabitha Melton

Uma mãe muito franca no Medical Freedom Movement e autor de best-sellers. Encontrado morto com 2 ferimentos de bala na cabeça. e eles consideraram um "suicídio".

Tentando esconder a verdade ....

Segundo as informações, ainda não se saber tem algum tipo de esforço organizado para investigar sua morte ou ajudar a angariar fundos para sua família, mas aqui estão alguns endereços disponíveis ao público que podem ajudá-lo a organizar ou compartilhar a palavra sobre esses esforços:

Instagram @jenniferjaynesauthor
Twitter @ jenniferjaynes7
Facebook @JenniferJaynesAuthor
E-mail: info@jenniferjaynes.net


Seu publicitário de livros parece ser Ashley Vanicek, que trabalha para a Thomas & Mercer, uma marca de propriedade da Amazon.com - uma empresa que se juntou recentemente à Big Pharma para começar a vender medicamentos perigosos que serão entregues por drones. O contato de Vanicek é listado publicamente como amazonpublishing-pr@amazon.com - que parece ser um endereço de email genérico.

O agente literário de Jaynes é listado publicamente como Italia Gandolfo, que trabalha para Gandolfo Helin & Fountain ( GHliterary.com ). A agência tem uma página pública descrevendo os trabalhos de Jennifer Jaynes neste link: https://ghliterary.com/clients/jennifer-jaynes/

Não publicamos essas informações para incomodar o editor ou agente de Jaynes, é claro: esperamos ajudar a estimular uma investigação mais profunda sobre sua morte , considerando todas as mortes suspeitas de indivíduos que corajosamente se manifestaram contra o "estado profundo da vacina", que bastante literalmente consiste em assassinos e esquadrões de execução que procuram e silenciam indivíduos que representam uma ameaça à narrativa controlada da vacina.

Ironicamente, a própria descrição da indústria de vacinas criminais sobre a qual Jaynes escreveu em seus próprios livros é realidade , não ficção. E muitos fãs de Jaynes acreditam que a procuraram e a mataram.

Como denunciante e jornalista investigativo, fui forçado a prosseguir milhares de horas de treinamento em combate de pistolas, espingardas e espingardas na última década, a fim de garantir minha própria segurança contra os cartéis criminosos de vacinas. Estou armado o tempo todo e não posso falar em público sem contratar um mínimo de quatro agentes de segurança armados para me vigiar.

Parece que Jennifer estava prestes a lançar um projeto de mídia muito maior, pois ela é a proprietária da Ink Bug Media, que possui um domínio da web que ainda não é preenchido com conteúdo: InkBugMedia.com

A base de fãs de Jaynes fica, é claro, horrorizada ao descobrir que essa mulher talentosa e corajosa foi morta. Jaynes teve um público muito fiel de leitores e fãs que falaram muito bem de seu trabalho ... e honrou seu compromisso de explorar a verdade sobre a indústria de vacinas criminais, mesmo que isso significasse escrever os chamados "romances de ficção" para divulgar.

Como um leitor da Amazon.com escreveu:

Minha filha mais velha e seu irmão mais novo tiveram reações a vacinas. Ler sobre Suzie quase me deixou hiperventilando. O cenário foi quase idêntico ao que aconteceu com minha filha mais velha. As convulsões que começaram depois de receber uma injeção de bebê “necessária” nunca desapareceram… ​​Não acho que o que ela escreveu como ficção esteja muito longe da verdade em relação às empresas farmacêuticas hoje. Basta ouvir alguns comerciais de drogas e realmente ouvir a longa lista de efeitos colaterais.
O livro recebeu ótimas críticas de leitores que consideraram sua história convincente e enraizada nas verdades sobre o setor de vacinas criminais. Outros leitores escreveram:
Até agora, esse livro, Malice, era seu melhor romance. Fui atraído para este livro da página um até a página final. Um grande thriller psicológico que leva você a uma jornada tão emocionante que você não pode esperar para ler o que acontece a seguir. Esta história é escrita de uma maneira que o enredo é crível e o material é bem pesquisado. Houve uma reviravolta que eu não esperava, e isso mudou o jogo !! Eu não poderia largar este livro! Soberba novela !!
Leia mais em NaturalNews.com 

Receba as notícias do Coletividade Evolutiva em primeira mão. Siga-nos nas redes sociais! Facebook - Twitter - Instagram - Receber por e-mail - Ajudar o Site



Fabio Allves

Fundador:Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)