Notícias Recentes

O povo que busca seus direitos, outros calam-se diante da tirania governamental

Chile - Jovem chilena é presa por policiais durante protesto no dia do trabalho em Santiago. Foto: Reuters

Uma palavra usada por muitos candidatos à presidência é "mudança". De fato, nos últimos ciclos eleitorais, tem sido uma palavra de destaque usada em todas as campanhas presidenciais. No entanto, tão notável na maioria dessas campanhas é o fato de que os candidatos que falam de "mudança" não nos dizem especificamente sobre quais mudanças estão falando, se é para o bem social, ou para o bem corporativo. Outros dizem em "reformas", mas o interessante é que reformar algo, significa otimizar algo que está ruim, mas não é exatamente isso que nós últimos anos temos visto. Outros alegam esquerda versos direita, mas não percebem que entre lados aqui se encontra o povo versos governo, - de um lado agentes protegendo o estado, e do outro a sociedade buscando por seus direitos, no final agentes do estado  e a sociedade civil estão no mesmo "barco furado".

Para alguns, trata-se de uma subida repentina no preço de uma passagem de metrô. Para outros, eleições fraudulentas. Ou um país roubado.A sociedade está em um alto nível de protesto no momento em todo o mundo. Uma insatisfação dos acordos políticos e econômicos do poder oligárquico que governam as pessoas e em diferentes partes do mundo". As pessoas acordaram para o que se diz governantes, o que levaram a desencadear um movimento de luta pelos os seus direitos mais amplos, em busca pela a não desigualdades mais profundas, frustrações e falta de autonomia que remontam a décadas.

De fato, em todo o mundo, pessoas estão acordando das incansáveis injustiças, estão saindo às ruas em busca por seus direitos e liberdades, que estão sendo amplamente destruídos por todo o mundo, enquanto uns, lutam pelos os seus direitos, outros os ver e se calam diante da tirania governamental da patocracia, enquanto outros, os deixam serem destruídos o que custou décadas de lutas e sacrifícios para conseguirem, povo dividido nação esfalecida, povo unido nação poderoso - persistentes e altamente organizados os governantes psicopatas estão ativamente trabalhando para destruir a liberdade do povo, levando a uma lacuna altamente gigantesca entre pobres e ricos, escravidão moderna - pobres cada vez mais pobres! E ricos cada vez mais ricos.

Também não há muita diferença entre o caos causado nas vidas inocentes por criminosos indiferentes, insensíveis, egoístas, irresponsáveis, parasitas e funcionários eleitos que mentem para seus eleitores , trocam favores políticos por contribuições de campanha, fecham os olhos para os desejos da sociedade, engana os cidadãos com dinheiro suados, favorece a elite corporativa, e poupar pouco o impacto que suas ações impensadas e a legislação aprovada às pressas podem ter sobre cidadãos indefesos.



Todos sabemos que algo está errado com a nossa nação - muito errado -, mas coletivamente não podemos concordar com o que precisa ser feito para mudar as coisas, apesar do fato de que a resposta para nossos problemas é evidente. O que precisamos é retornar às raízes constitucionais fundamentais que fizeram da nação brasileira o que era na maior parte do século passado. Em outras palavras, precisamos de um governo constitucional, incluindo freios e contrapesos projetados para garantir que as mudanças erradas não ocorram e nosso governo se comporte da maneira que a sociedade deseja- em nosso nome e em nome de nossa república .

Mas, embora seja isso o que os brasileiros desejam fundamentalmente. Não é isso que líderes psicopatas querem. Nossos líderes querem ser livres e para que sejam verdadeiramente livres - para usar o poder do governo como acharem melhor, e não como a maioria achar necessário - eles precisam estar livres de nossa Constituição e livres de responsabilidade para com a sociedade. E as duas melhores maneiras de alcançar essa liberdade são através da perda da liberdade da sociedade e de um sistema econômico que nos transforma em escravos econômicos.

Deve-se ficar claro, que se um grupo de pessoas pode controlar nosso os investimentos de dinheiro e nossa economia, ele controla tudo - inclusive nosso governo. Não há equívocos aqui: ou controlamos nosso governo através de nossa Constituição ou banqueiros privados, corporações poderosas o controlam através do poder do dólar. E, infelizmente, a natureza da corrupção política é tal que os dólares sempre superam um juramento de cargo, e, nesse caso, a sociedade é deixada com um governo que presta serviços de boca a nossa Constituição e mente para nós sobre tudo, enquanto atua em nome de megaempresas de bancos privados. - Esses é os nossos governos do fascismo moderno de psicologia.

Receba as notícias do Coletividade Evolutiva em primeira mão. Siga-nos nas redes sociais! Facebook - Twitter - Instagram - Receber por e-mail



Fabio Allves

Fundador:Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)