Notícias Recentes

Doença misteriosa que paralisa crianças está se espalhando

Doença misteriosa que paralisa crianças está se espalhando

Médicos e pesquisadores estão tentando decifrar uma estranha doença misteriosa chamada de mielite flácida aguda, que está se espalhando nos EUA, alegando que não têm ideia do que está causando isso. Mas a resposta mais óbvia para isso, pode ser as vacinas. A doença vem se espalhando lentamente mas constantemente pelos EUA nos últimos anos, com sintomas muito semelhantes à poliomielite.  De fato, a mãe de uma das vítimas dessa doença descreveu-a na mídia como "a poliomielite de nossa geração".


Os casos desta doença são parecidos com doenças causadas por vírus como o enterovírus (entre eles, o causador da poliomielite), adenovírus, vírus do Nilo ocidental e o vírus da herpes. A mielite flácida aguda é marcada por inflamação súbita e grave no tecido da coluna vertebral, que pode paralisar o pescoço, a face ou o diafragma de uma pessoa, bem como os pulmões. Esses sintomas não apenas se assemelham à poliomielite, mas também são característicos da meningite e da síndrome de Guillain-Barré. Embora ainda seja considerado raro, a mielite flácida aguda, está aumentando.Recomendado: OMS admite que vacina da poliomielite causou surto nas Felipinas


De acordo com os Centro Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, houve 120 casos confirmados de mielite flácida aguda em 2014, enquanto em 2015 houve apenas 22 casos. Em 2016, esse número saltou de volta para 153 e novamente caiu em 2017 para 37. No ano passado, em 2018, esse número aumentou novamente, desta vez para um pico de 236 casos. Recomendado: O CDC admite que 98 milhões de pessoas receberam o vírus do câncer através da vacina poliomielite

"Não consigo pensar em uma única doença que tenha esse padrão que estamos vendo, com os modernos diagnósticos de laboratório que não descobriram", diz Nancy Messonnier, diretora do Centro Nacional de Imunização e Doenças Respiratórias do CDC.

Desde as preocupantes alegações, o CDC formou uma força-tarefa composta por 17 neurologistas, pediatras e epidemiologistas, além de outros especialistas médicos dos departamentos de saúde e hospitais de ensino de dez estados, para investigar qual poderia ser a causa da mielite flácida aguda. Este esforço está sendo financiado em parte pela Fundação Bill & Melinda Gates, bem como pelos Institutos Nacionais de Saúde. Recomendado: Vacinas carregadas de DNA de suínos e células de rins de macacos… A verdade que as indústrias escondem

É hora de acordar e deixar de envenenar as crianças com vacinas perigosas


No entanto, é improvável que essa força-tarefa do CDC chegue a conclusões honestas sobre a natureza da 
mielite flácida aguda, visto que o CDC nunca ousaria tocar o elefante na sala conhecida como vacinação infantil. Recomendado:O fascismo da campanha de vacinação contra o sarampo

Embora já esteja sendo relatado , pelo menos em outros países, que as vacinas orais contra a poliomielite estão causando surtos de doenças semelhantes à poliomielite, que são basicamente apenas outro nome para a 
mielite flácida aguda, o CDC ainda está reivindicando ignorância sobre o assunto.

O interessante da 
mielite flácida aguda é que ela também tem sido referida como paralisia flácida aguda não poliomielite, que há vários anos estava se espalhando rapidamente pela Califórnia. Quando esse surto específico de paralisia flácida aguda não poliomielite estava sendo relatado, observou-se que as únicas pessoas afetadas por ele eram aquelas que haviam sido vacinadas com vacinas contra a poliomielite.

As autoridades de saúde foram rápidas em negar qualquer ligação entre as vacinas contra a poliomielite e o 
paralisia flácida aguda não poliomielite, chegando a colocar a palavra “não-poliomielite” no título desta doença misteriosa. Mas as evidências falaram por si só, revelando que as vacinas contra a poliomielite eram o maior elo entre todos os casos de paralisia flácida aguda não poliomielite relatados.
"Aposto que esta doença está relacionada às vacinas que eles dão a essas crianças", escreveu um comentarista do WND em resposta às notícias, especulando sobre o óbvio.
“Uma equipe italiana de cientistas isolou células cancerígenas humanas em vacinas MMR. Está começando a parecer que essas teorias da conspiração da Agenda 2030 podem ser verdadeiras. ”

Receba as notícias do Coletividade Evolutiva em primeira mão. Siga-nos nas redes sociais! Facebook - Twitter - Instagram - Receber por e-mail



Fabio Allves

Fundador:Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)