Dieta vegana melhora o microbioma intestinal em 4 meses

Dieta vegana melhora o microbioma intestinal em 4 meses

O microbioma intestinal, ou microbiota, é o conjunto de microrganismos que vivem dentro de nosso intestino. O microbioma é fundamental não apenas para a saúde do sistema digestivo, mas para todo o corpo, porque influencia o sistema imunológico e tem um papel decisivo no aparecimento de muitas doenças, incluindo tumores. Quando o intestino é povoado por bactérias "boas", todo o nosso corpo é beneficiado. Do contrário, um microbioma caracterizado por bactérias "ruins" pode comprometer nossa saúde e ter efeitos negativos também no humor.

A composição do microbioma é influenciada por muitos fatores, incluindo a nutrição. Os alimentos que ingerimos desempenham um papel decisivo na proliferação de uma espécie bacteriana em vez de outra e, como as bactérias competem entre si, adotando uma dieta que favorece os bons microorganismos, desencoraja simultaneamente a proliferação de espécies nocivas ou patogênicas.

De acordo com um estudo recente, seguir uma dieta vegana promove a saúde intestinal, pois promove a proliferação de boas bactérias. A pesquisa, cujos resultados foram apresentados na semana passada durante a reunião anual da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes, envolveu 147 participantes divididos em dois grupos.

O estudo


O primeiro grupo seguiu uma dieta vegana com pouca gordura por 16 semanas, enquanto o segundo grupo não mudou sua dieta. Após quatro meses, os pesquisadores compararam as mudanças no microbioma nos dois grupos, mostrando uma população bacteriana intestinal mais saudável e diversificada naqueles que consumiram apenas alimentos à base de plantas. Além disso, o grupo que seguiu a dieta vegana também mostrou uma diminuição no peso corporal, massa gorda e gordura visceral.

O estudo mostrou que uma dieta baseada em vegetais, graças ao aumento da ingestão de fibras, antioxidantes e fitonutrientes, é capaz de modificar a população bacteriana intestinal muito rapidamente e para melhor.

Embora a dieta vegana tenha provado ser benéfica para a microbiota e, consequentemente, para todo o organismo, para ter um intestino que funcione bem, não é necessário eliminar drasticamente todos os alimentos de origem animal.

Como ser vegano


Inicialmente, é suficiente introduzir cada vez mais alimentos à base de plantas em sua dieta, variando tanto quanto possível entre todos os tipos de frutas e vegetais disponíveis e preferindo-os em vez de alimentos de origem animal.

Aqueles que não estão acostumados a comer muitos vegetais podem experimentar inchaço abdominal, mas não devem desanimar: basta esperar que o corpo se adapte à nova rotina alimentar para não ter mais essas doenças.

Ao eliminar ou reduzir alimentos de origem animal também fica fácil incorrer no erro de seguir uma dieta monótona, pobre em nutrientes ou rica em alimentos embalados, refinados ou processados, erros que comprometeriam a saúde intestinal em vez de melhorá-la. Para ter uma microbiota saudável, você precisa comer alimentos que sofreram poucas transformações (ou seja, mais in natura e menos, ou zero, industrializados).

Uma dieta baseada em vegetais é o caminho para manter-se saudável por mais tempo, mas a transição de uma dieta onívora para uma dieta vegana para alguém pode parecer muito difícil. Essas pessoas podem consultar um nutricionista que desenvolverá uma dieta variada e equilibrada, levando em consideração seu estilo de vida, hábitos e gostos culinários.



Coletividade Evolutiva

Site: Coletividade Evolutiva
O Coletividade Evolutiva, esta ligado ao dever e justiça de informar a sociedade de forma que ajudarão a viver melhor, enxergar através das cortinas que nos limitam o pensamento, quebrando assim as velhas formas de pensar. Examinamos o que percebemos como os problemas mais importantes em nossa sociedade atual, discutimos possíveis soluções e alternativas que podem nos ajudar a reconstruir nossa sociedade.Publicamos informações que nos desafiam o pensamento e os nossos preconceitos. (Saber Mais)