Bebidas energéticas têm efeitos colaterais de alto risco


O consumo de bebidas energéticas é cada vez maior. além de se tornar um vício, são muito perigosas para a saúde, principalmente por acelerar o ritmo cardíaco e desencadear outros problemas de alto risco a saúde. 

Um crescente corpo de evidências científicas alertam que as bebidas energéticas podem ter sérios efeitos à saúde, principalmente em pessoas que rotineiramente consomem em festas. Segundo este relatório , milhares de pessoas enfrentaram efeitos colaterais graves, às vezes mortais, como resultado do consumo de bebidas energéticas, e um número alarmante dessas vítimas são adolescentes. De fato, o principal autor da pesquisa publicada no Journal of American Heart Association disse: 'o público deve ficar ciente do impacto das bebidas energéticas em seu corpo, especialmente se tiverem outras condições de saúde subjacentes ”.

Os efeitos colaterais graves dessas bebidas incluíram convulsões, pressão arterial elevada e batimentos cardíacos irregulares e danos no figado. E o fato permanece: a maioria dessas pessoas nem sabiam o que estava consumindo. Para ser claro, a maioria dessas bebidas é carregada de açúcar e cafeína - uma receita para o desastre total.

Os fabricantes também misturam com outros compostos como l-carnitina, taurina, guaraná, aminoácidos e ginseng. Apesar desse verdadeiro mistério de ingredientes, estudos não descobriram que essas bebidas aumentam a energia, o foco ou a resistência melhor do que tomar uma xícara de café.Na verdade, o hype de marketing enganosas das corporações dessas bebidas não conta toda a história (feia) .

Uma outra revisão de estudos publicada na revista científica “Pediatrics” também concluíram que muitos dos compostos das bebidas energéticas eram pouco ou nada estudados e que o risco de sérios efeitos adversos obrigava a uma maior investigação e vigilância em relação ao seu consumo. “As bebidas não têm o efeito que prometem e podem expor as pessoas à maior perigo com predisposição a complicações.

Adolescentes que bebem bebidas energéticas tendem a ser mais violentas


Adolescentes que bebem grandes quantidades de bebidas energéticas, como a Red Bull, têm maior probabilidade de se envolver em comportamentos de risco e violentos, alertaram os pesquisadores.Em um estudo relacionado, os pesquisadores pesquisaram estudantes de 10 universidades da Carolina do Norte sobre o uso de álcool, incluindo a tendência crescente de misturar álcool com bebidas energéticas com cafeína. 

Os pesquisadores descobriram uma coleção de comportamentos conhecidos como "síndrome do atleta tóxico", estava correlacionada com o alto consumo de bebidas energéticas. A síndrome do atleta tóxico inclui sintomas como abuso de substâncias, sexo desprotegido e violência. Alguns pesquisadores sugeriram isso porque a cafeína nas bebidas energéticas tendem a fazer as pessoas se sentirem mais enérgicas, as pessoas que misturam as bebidas com o álcool não percebem o quão bêbadas estão e são mais propensas a correr riscos tolos.


Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)