O magnésio é melhor que medicamentos prescritos para tratar sintomas da depressão

O magnésio é melhor que os medicamentos prescritos para tratar os sintomas da depressão

Graças a mídias independentes, assim como o Coletividade Evolutiva, muitas pessoas estão entrando em um conjunto coletivo de despertos, sobre como a indústria farmacêutica, visa na verdade o lucro com a doença das pessoas. Por isso cada dia pessoas estão ficando conscientes, de que a melhor forma para tratar e prevenir as doenças, são através da medicina alternativa. 

Não somente isso, cientistas também estão se voltando para essa cultura alternativa antiga, que na verdade nunca deveria ter sido esquecida. É o que nos mostra estudos, nesse caso para tratar a depressão – revela-se que uma dieta baseada em alimentos com potencial de magnésio, poderia ajudar a fazer algum progresso real no tratamento da depressão, no qual é uma ótima notícia para as 350 milhões de pessoas em todo o mundo que se acredita esta sofrendo com o problema. 

Os Antidepressivos da indústria farmacêutica carregam alguns dos efeitos colaterais que você pode ver em outras drogas populares conhecidas, como náuseas, insônia, ganho de peso, fadiga, constipação e problemas sexuais. No entanto, uma é uma quebra absoluta de negócio: ideação suicida (e, para algumas pessoas, conclusão). Você pensaria que os antidepressivos teriam o efeito oposto, mas a triste verdade é que a ameaça é tão real que muitos deles carregam um aviso de caixa preta informando os pacientes sobre isso. 

Embora tenhamos visto algumas alternativas naturais promissoras nos últimos anos, o magnésio está emergindo como um dos melhores. Vários estudos mostraram seus efeitos antidepressivos, e um recente estudo clínico controlado por placebo forneceu algumas das mais fortes evidências, no que pode fazer uma grande diferença. 

O estudo envolveu 126 homens e mulheres, cuja média de idade foi de 52 anos. Todos foram diagnosticados com depressão leve a moderada e apresentavam sintomas no momento do estudo. Alguns dos pacientes receberam 248 miligramas de magnésio elementar por dia durante um período de seis semanas. Seus sintomas de depressão foram avaliados quinzenalmente. 

Os pesquisadores descobriram que aqueles que tomaram o suplemento de cloreto de magnésio notaram uma melhora líquida clinicamente significativa em seus escores de depressão e ansiedade. O popular  Questonnaire-9 (PHQ-9) foi usado para encontrar seus escores de depressão. Aqueles que tomam magnésio viram suas pontuações melhorarem em 6 pontos; antidepressivos convencionais são considerados eficazes quando esse escore melhora em apenas 5 pontos.

Além disso, a adesão média dos pacientes aos suplementos de magnésio foi de 83% - muito maior do que a dos antidepressivos convencionais - e 61% dos participantes disseram que usariam o suplemento novamente no futuro.

Esses resultados se mostraram verdadeiros em homens e mulheres, independentemente da idade, dos níveis basais de magnésio e da gravidade da depressão, e do uso de outros tratamentos antidepressivos. Os efeitos foram visíveis em apenas duas semanas, levando os pesquisadores a concluir que é eficaz e funciona rapidamente.

O melhor de tudo, o magnésio foi bem tolerado no estudo, o que significa que os pacientes não precisarão ser monitorados de perto quanto à toxicidade, como fariam com os antidepressivos farmacêuticos.

Como consumir mais magnésio

O estudo indica que aqueles que sofrem de depressão severa podem encontrar alívio nos suplementos de magnésio. No entanto, também é possível obter este mineral de fontes alimentares. Na verdade, quando você consome alimentos saudáveis ​​e naturais, como aqueles que contêm magnésio, você pode melhorar sua saúde geral, que também é conhecida por afetar a depressão.

As verduras folhosas e verde-escuras são muitas vezes ricas em magnésio, então considere aumentar sua ingestão de alimentos como couve, espinafre, acelga e couve. Esta é uma maneira saudável e de baixo teor calórico para garantir que você está recebendo mais deste importante mineral.

Sementes de abóbora, amêndoas, castanha do Brasil e castanha de caju são outras ótimas fontes de magnésio que funcionam bem como lanches. O atum e o salmão são ótimas opções de pratos principais para aqueles que procuram aumentar a ingestão de magnésio, mas também de ácidos graxos ômega-3, que também têm sido associados a melhorias na depressão. Chocolate amargo rico em antioxidantes, bananas altamente portáteis e abacates saudáveis ​​para o coração são outras boas opções.

Mais uma vez, a natureza veio para a humanidade com uma solução eficaz para um problema de saúde comum. Alimentos e suplementos ricos em magnésio podem ser uma ferramenta muito útil para ajudar as pessoas a combater rapidamente a depressão sem os riscos dos antidepressivos.

Fontes:


Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. Ao longo da vida busquei explorar os mistérios e os conhecimentos ocultos que cercam o planeta e as origens da humanidade, questionando as raízes do que constitui aparentemente nossa “realidade”, e como o condicionamento social afeta nossa busca coletiva pela verdade em todos os aspectos da vida. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao despertar a sociedade (Saber Mais)