Incrível Mapa Farmacêutico da década de 1930 de 'Curas Herbais' liberado para o público

Mapa de plantas medicinais dos Estados Unidos da América.” Edwin Newcomb e National Wholesale Druggists 'Association, 1932 Antes do surgimento de medicamentos químicos patenteados, os remédios naturais eram usados ​​como padrão de atendim…

Mapa de plantas medicinais dos Estados Unidos da América.” Edwin Newcomb e National Wholesale Druggists 'Association, 1932
Mapa de plantas medicinais dos Estados Unidos da América.” Edwin Newcomb e National Wholesale Druggists 'Association, 1932

Antes do surgimento de medicamentos químicos patenteados, os remédios naturais eram usados ​​como padrão de atendimento em todo mundo. 

Antes da Grande Pharma se tornar o monstro mundial de medicamentos químicos, a medicina através das plantas eram comum naquela época de 1932, como você pode ver no mapa liberado para o publico sob o nome (O serviço de Farmácia)

"É importante que o público não perca de vista o fato de que as profissões de Farmácia, Medicina e Odontologia, cada uma delas presta um serviço essencial, que não deve ser prejudicado ou destruído por tendências comerciais. O público e as profissões sofrerão igualmente. se esses serviços deteriorar-se.Na farmácia, o público deve entender algo da amplitude do conhecimento exigido do farmacêutico.Algumas pessoas percebem até que ponto as plantas e os minerais entram na prática da farmácia e como são vitais para a manutenção da saúde pública: foi afirmado que mais de 70% de todos os medicamentos empregados são produtos vegetais. "

Fomos manipulados em acreditar que o único sistema de médico, e medicamentos, depende inteiramente de produtos químicos patenteados da Grande Pharma, no qual estão bem longe da conhecida, Farmácia de Deus – e cura real.  Existem numerosas substâncias , benignas e disponíveis em nossas prateleiras de especiarias, que foram comprovadas por incontáveis ​​milênios de experiência humana para mitigar, prevenir e em alguns casos curar doenças consideradas incuráveis nos dias de hoje.

Como os historiadores Arthur Daemmrich e Mary Ellen Bowden escrevem, o início da década de 1930 foi um ponto de virada na indústria farmacêutica. Nas décadas anteriores, os químicos que trabalhavam para grandes empresas começaram a inventar sistematicamente novos medicamentos pela primeira vez, desenvolvendo aspirina sintetizada e vacinas para doenças como tétano e difteria. A Lei de Alimentos, Drogas e Cosméticos de 1938 traria um nível elevado de regulamentação federal para a produção de novos medicamentos. E nos anos 1930, 1940 e 1950, os pesquisadores iriam inventar uma série de novos antibióticos, psicotrópicos, anti-histamínicos e vacinas, cada vez mais confiando.em química sintética para fazê-lo. A relação direta do farmacêutico com a preparação do medicamento diminuiria de acordo. Clique aqui e veja a imagem com Zoom
Publicidade

Notícia Em: / / / /


Fabio Allves

Fundador: Fabio Allves
Fundador do Coletividade Evolutiva; Um autodidata ávido pensador livre, eu parti em uma missão em busca da verdade de qualquer forma que ela venha. Desde meu despertar há vários anos, minha paixão por conhecimento e justiça me levou a uma jornada em busca de pesquisas profundas. A informação está livremente correndo nas mãos do público, então o meu objetivo é ajudar a facilitar o fluxo complexo de informações, de modo que outros posam facilmente alcançar seu próprio despertar e fazer parte da inevitável mudança que acontece ao desperta a sociedade. Saber Mais